Menu
domingo, 18 de abril de 2021
Andorinha Fevereiro
Andorinha Fevereiro
Geral

Justiça determina exoneração de mais um comissionado da prefeitura de Corumbá

10 junho 2017 - 09h05Gesiane Medeiros

Esta é a quinta vez que a justiça de Corumbá determina a exoneração de servidores na Prefeitura. O motivo é quase sempre o mesmo, a nomeação de prestadores de serviço para cargos de confiança do executivo, fazendo com que as pessoas recebam por duas folhas, a de servidor e de fornecedor.

A determinação de afastamento preventivo desta vez é para Cleber de Miranda, até então assessor na Funec (Fundação de Esporte de Corumbá). Cleber também é proprietário de um site de notícias na cidade e está inserido na folha de pagamentos de prestadores de serviço do município.

A liminar publicada em Diário Oficial nesta sexta (9) dá o prazo de cinco dias para o cumprimento da determinação, caso não seja obedecida, o município fica sujeito a multa de R$ 500 por dia que a pessoa for mantida no cargo. A prefeitura tem até 20 dias para apresentar provas que justifiquem a nomeação de Cleber, na tentativa de reverter a exoneração, mas até lá, a nomeação fica suspensa e o servidor afastado.

Nomear prestadores de serviço parceiros de campanha política, como servidores municipais é uma prática conhecida da atual gestão de Corumbá, o método foi utilizado por Ruiter Cunha em suas outras duas gestões a frente do executivo municipal e nesta mais uma vez.

A lista de exonerações por determinação judicial na prefeitura de Corumbá iniciou no mês de março, quando a saída de Name Antônio Faria de Carvalho deu o que falar, o engenheiro era nomeado como Gerente de Engenharia da Unidade Executora do Fonplata (Fundo Financeiro de Desenvolvimento da Bacia do Prata), sua função iria administrar nada menos que US$ 80 milhões de dólares para financiar o PDI (Programa de Desenvolvimento Integrado) de Corumbá, mesmo tendo sido preso em operação da Polícia Federal em 2011 e ser réu por improbidade administrativa em ação da Justiça Federal.

O segundo afastamento ocorreu já no mês seguinte, em abril, quando Lucinéia Moreira Barreto, conhecida por Lú Barreto, dona de site de notícias na cidade, também fornecedora, teve de deixar o cargo de assessora-executiva III.

Sem muito espaço para respirar, a terceira e a quarta exoneração ocorreram em meados do mês de maio. Adenilce de Araújo, sócia de empreiteira que também presta serviços para a cidade, teve que ser retirada do cargo de assessora governamental. Rosania Ibanez Metran Miranda também foi exonerada da função de gerente da Fundação de Cultura e Patrimônio Histórico de Corumbá porque é proprietária de um site que recebe verba publicitária da Prefeitura.

Dados importantes da publicação não foram incluídos nesta matéria, por conta da interrupção de acesso ao banco de dados do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ-MS), que através de comunicado em seu portal, informa que uma manutenção foi iniciada a partir da zero hora deste sábado (10). A previsão é que o acesso retorne no período vespertino deste domingo (11).

Deixe seu Comentário

Leia Também

KIT INTUBAÇÃO
Cooperativa médica adota medidas emergenciais para otimizar uso de medicamentos em falta no mercado
GERAL
Presos brigam em cela e um acaba morto em presídio de MS
SAÚDE
Dia Mundial da Hemofilia: condição genética dificulta coagulação
UEMS
UEMS oferta 78 bolsas no valor de R$ 400 para Projetos de Ensino
SAÚDE
Com mais um drive thru na Praça CEU, Prefeitura retoma vacinação contra a Covid-19
GERAL
Dupla-Sena da Páscoa sorteia prêmio de R$ 30 milhões neste sábado
GERAL
Pandemia e isolamento aumentam procura por cultivo de plantas em casa
ECONOMIA
Prorrogação de imposto alivia orçamento de bares e restaurantes, avalia Abrasel
PANTANAL
Com mais de 50 programas, apresentador divulga belezas do Pantanal na TV
GERAL
Servidores da Agepen recebem primeira dose da vacina contra Covid-19

Mais Lidas

GERAL
Presos brigam em cela e um acaba morto em presídio de MS
PANTANAL
Com mais de 50 programas, apresentador divulga belezas do Pantanal na TV
CORONAVÍRUS
Coronavírus: variante P1 já é predominante em Mato Grosso do Sul
SAÚDE
Com mais um drive thru na Praça CEU, Prefeitura retoma vacinação contra a Covid-19