Menu
domingo, 13 de junho de 2021
Andorinha - Maio
Andorinha - Maio
Geral

André nega acusações e diz que são matérias requentadas

11 maio 2017 - 09h37Sylma Lima

O ex governador André Puccinelli, (PMDB) nega todas as acusações e que são matérias requentadas, pois já prestou depoimento sobre as mesmas coisas, não há nada novo no caso e que tudo que tinha que falar sobre o assunto já foi dito. Disse que se surpreendeu com a operação e está a disposição da justiça, “ Estou terminando depoimento que por sinal repetem se às mesmas perguntas de depoimentos anteriores”, disse por telefone ao site Capital do Pantanal.

O ex governador foi encaminhado a sede da Polícia Federal em Campo Grande nesta manhã de quinta-feira,11, para prestar esclarecimento, sobre a operação “ lama asfáltica” que investiga  desvio de recursos públicos em licitações públicas, superfaturamento de obras públicas, aquisição fictícia ou ilícita de produtos e corrupção de agentes públicos. “ Os recursos desviados passaram por processos de ocultação da origem, resultando na configuração do delito de lavagem de dinheiro” , diz nota da PF.

A operação começou e 2016 após escutas telefônicas e prisões de várias pessoas citadas no caso, que posteriormente foram liberadas pela justiça até o final das investigações. Puccinelli teve bens bloqueados, apesar dos indíicios não apontarem como partícipe no esquema. Nesta manhã de quinta,11, quarta fase da operação, foram expedidos 44 mandados de buscas e apreensão além de prisões preventivas e coercitivas como o caso do ex governador que foi por livre e espontânea vontade acompanhado por seus advogados, e disse estar à disposição da justiça. Entretanto, a polícia teria optado por colocar no ex governador uma tornozeleira eletrônica para acompanhar seus passos, o que não foi confirmado por Puccinelli que encerrou o depoimento e teria que pagar fiança no valor de R$ 1 milhão, porem advogados dizem ser impossível, uma vez que ele esta com os bens bloqueados.

Preventivamente foram presos André Cance, ex-secretário-adjunto da Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda) e o dono da gráfica Alvorada, Micherd Jafar Junior. A Operação Lama Asfáltica foi deflagrada no dia 9 de julho de 2015, neste período, pelo menos 15 pessoas foram para cadeia e soltas posteriormente. Durantes as investigações já foram feitos bloqueios judiciais na conta do ex governador André Puccinelli na ordem de R$ 43 milhões em 2015. Na época o André lamentou o episódio afirmando que todo gestor sai chamuscado da vida pública e que encerraria sua carreira política.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLICIAL
Ação Policial entre as Polícias Civis de SP e do MS resultam na apreensão de 107 quilos de droga
TEMPO
Tempo contribui para clima agradável com sol e friozinho no dia dos namorados
TEMPO
Tempo contribui para clima agradável com sol e friozinho no dia dos namorados
CORONAVÍRUS
Detran-MS suspende atendimento presencial em 43 cidades com bandeira cinza
POLICIAL
Homem é preso por violência doméstica no Ceac
POLICIAL
PM prende homem por invasão de domicílio no Popular Nova
GERAL
Presidente da Cassems faz alerta sobre o crescente número de casos de Covid-19 em MS
POLICIAL
Menina de 11 anos com DST diz ter sido estuprada pelo avô
GERAL
Com nova deliberação do Prosseguir, Governo restringe atendimento presencial em alguns setores
CORONAVÍRUS
Saúde atende pedido da Assomasul e prorroga início da reclassificação de risco do Prosseguir

Mais Lidas

POLICIAL
Ação Policial entre as Polícias Civis de SP e do MS resultam na apreensão de 107 quilos de droga
CORONAVÍRUS
Detran-MS suspende atendimento presencial em 43 cidades com bandeira cinza
TEMPO
Tempo contribui para clima agradável com sol e friozinho no dia dos namorados
TEMPO
Tempo contribui para clima agradável com sol e friozinho no dia dos namorados