Menu
terça, 22 de junho de 2021
Assembleia de MS - Campanha Mãos - Junho
Andorinha - Maio
Geral

Sobrevoo identifica fogo em mata fechada a 30 quilômetros do perímetro urbano

18 setembro 2020 - 09h16Gesiane Sousa com informações dos Bombeiros

Sobrevoo realizado no início da tarde desta quinta-feira (17), em helicóptero da Marinha do Brasil, fez reconhecimento de focos de incêndio na região pantaneira, ao norte do município de Corumbá. A localidade fica em mata fechada, a quase 30 quilômetros do perímetro urbano da cidade. As equipes foram deslocadas de aeronave e em seguida tiveram que enfrentar as dificuldades de acesso dfa mata para atingir o foco. 

1ª tenente Luisiana dos Bombeiros do Paraná, comenta dificuldade da topografia do Pantanal. Foto: Divulgação

Para 1ª tenente Luisiana do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Paraná, a maior dificuldade é para acessar o foco do incêndio. “O Pantanal é uma região diferente da que a gente conhece, foi nos passado as condições, mas somente quando se está no local conseguimos ter uma visão diferenciada da vegetação. O mais difícil é acessar o foco pela mata fechada”, explica a tenente que completa valorizando o uso da tecnologia, através de drone, para localizar focos.

A operação Pantanal II conta com 273 homens em atuação, entre eles, 68 efetivos do Corpo de Bombeiros de Corumbá, 15 Bombeiros Militar do Estado do Paraná, 28 brigadistas do Prevfogo/Ibama e 162 militares do 6° Distrito Naval da Marinha do Brasil. A movimentação do contingente é feita por meio de transporte aéreo, terrestre e fluvial com o objetivo de extinguir e minimizar os danos que os incêndios estão causando à fauna e bioma pantaneiro de Corumbá.

Combatentes encaram caminhadas exaustivas até acessar o foco do incêndio. Foto: Guilherme Pimentel/Governo MS 

Nas últimas 16horas, após reunir e recepcionar os Bombeiros Militares do Estado do Paraná,  as equipes de combate a  incêndio florestal composta por brigadistas do Prevfogo/Ibama e militares do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul e Marinha do Brasil dividiram esforços em pontos estratégicos da região da Manga, onde bombeiros do Mato Grosso do Sul e Paraná fizeram frente aos avanços das queimadas.

O Prevfogo/Ibama se deslocou para a região da Odila, onde não foi constatado incêndio em vegetação, sendo necessária a realocação dos brigadistas na região da Manga.

Nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (18) as equipes se reúnem para definidos os pontos de combates e a composição das equipes em seus deslocamentos e missões a serem realizadas, durante este dia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESPORTE
Copa América registra 140 casos de covid-19, diz Conmebol
GERAL
Sedhast realiza evento on-line com foco nos refugiados, migrantes e apátridas em MS
POLICIAL
PRF apreende 450.000 maços de cigarros em MS
ECONOMIA
Custos de produção de frangos aumentam quase 20% entre janeiro e maio
POLICIAL
Polícia Militar Ambiental de Corumbá autua infrator em R$ 5 mil por incêndio em terreno
GERAL
Sanesul informa interrupção no fornecimento de água em Ladário
PROJETO DE LEI
Vereadora prega conscientização sobre a menstruação e distribuição de absorventes higiênicos
ECONOMIA
Auxílio emergencial: nascidos em abril podem sacar 3ª parcela
NA PANDEMIA
Feiras livres como atividades essenciais é o que pede vereador na Câmara
ECONOMIA
Copom: Inflação persiste, mas economia evolui mais que o esperado

Mais Lidas

ATROPELAMENTO
Mulher é vítima de atropelamento e fica gravemente ferida
POLICIAL
Polícia Militar de Corumbá prende homem por disparo de arma de fogo
POLICIAL
Homem é preso por assédio contra criança no Conjunto Guatós
GERAL
Processo Seletivo para contratação de Analista de Medidas Socioeducativas está com inscrições aberta