Menu
domingo, 18 de abril de 2021
Andorinha Fevereiro
Andorinha Fevereiro
Geral

Ruso quer seis meses para colocar a ‘casa’ em ordem

06 janeiro 2017 - 11h46Sylma Lima

Passados os primeiros dias da posse, com mais tranquilidade e mais próximo da realidade deixada pelo antecessor José Antònio assad e Faria, o novo prefeito de Ladário Carlos Anibal Ruso, faz um balanço parcial da situação geral do município e prioriza ações voltadas para os servidores e funcionamento da máquina.

Entre uma reunião e outra Ruso atendeu o Capital do Pantanal. Foto: CDP

 Em entrevista ao Capital do Pantanal Ruso adiantou que está com equipe de auditoria, fechando balanço, alterando legislações e não tem dados concretos de todas as pastas, “ isto leva tempo. No momento estamos acomodando o pessoal para dar início aos trabalhos da máquina” . O prefeito disse que recebeu a prefeitura com recurso, mas, que estava  empenhados e já foram quitados, “ hoje estamos recebendo verba federal, mas precisamos conter gastos, rever contratos e começar da estaca zero. Pedimos paciência da população porque não faremos tudo num estalar de dedos, porque não somos mágicos e é preciso paciência” , explicou que para isto é preciso uns seis meses.

Quanto ao lesgislativo ladarense ele disse que tudo será feito na base do respeito, “ a câmara é a voz do povo e vamos mandar projetos de interesses comunitários e esperamos que eles analisem o que for de interesse da comunidade e, aprovem para que Ladário não seja prejudicada” .

Quanto a polemica questão da delimitação territorial do município ele garantiu que na sua gestão isso será solucionado porque já tem em mãos documentos que estabelecem os valores legais, “ vamos sentar e fazer um acordo mutuo com Corumbá e ,já temos uma reunião com uma comissão formada pela sociedade civil, que está me cobrando posicionamento. Pedi ,gentilmente,os documentos ao diretor da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, que  nos enviou e vou chamar esta comissão e,  em parceria ,  sem ‘perder a ternura’ , sem perder a amizade  avançar no progresso do município” .

Ruso está iniciando a gestão empenhando combustível em seu nome (pessoa física) porque as viaturas oficiais estavam zeradas, para começar a limpeza das ruas mas, cobrando da população sua parcela de colaboração, “ o perigo fica para a própria família. Vamos orientar para que cada um faça sua parte. Eu sempre foquei para a sociedade que para o município crescer e prosperar faltava gestão  e transparência. Nos não podemos mentir, pois sempre fomos honrados em nossas convicções e não podemos empregar todos os moradores de Ladário, mas, gerar empregos através dos incentivos às empresas. Temos uma fonte no  turismo, porque vamos investir no turismo contemplativo e mostrar nossa atrações para o  mundo divulgando nossas riquezas. Temos o ‘arco do triunfo’ que é nosso cartão postal, o mirante do tuituiu, Apa, porto geral, morro do Urucum, e temos feito contato com o deputado Marun que tem muita proximidade do ministro do turismo Marxs Beltrão e durante nossa visita a Bonito já iniciamos uma  conversa bem produtiva. Vou trabalhar em harmonia com estado, município e governo federal” .

Durante toda a entrevista ele fez questão de enfatizar que é contra o nepotismo, “ não emprego parente, não falo uma coisa e faço outra porque não costumo jogar sujeira embaixo do tapete, ‘ nem tapete eu tenho’ . Não aceito e não admito. Não adianta gargantear da boca para fora e fazer outra coisa” .

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

KIT INTUBAÇÃO
Cooperativa médica adota medidas emergenciais para otimizar uso de medicamentos em falta no mercado
GERAL
Presos brigam em cela e um acaba morto em presídio de MS
SAÚDE
Dia Mundial da Hemofilia: condição genética dificulta coagulação
UEMS
UEMS oferta 78 bolsas no valor de R$ 400 para Projetos de Ensino
SAÚDE
Com mais um drive thru na Praça CEU, Prefeitura retoma vacinação contra a Covid-19
GERAL
Dupla-Sena da Páscoa sorteia prêmio de R$ 30 milhões neste sábado
GERAL
Pandemia e isolamento aumentam procura por cultivo de plantas em casa
ECONOMIA
Prorrogação de imposto alivia orçamento de bares e restaurantes, avalia Abrasel
PANTANAL
Com mais de 50 programas, apresentador divulga belezas do Pantanal na TV
GERAL
Servidores da Agepen recebem primeira dose da vacina contra Covid-19

Mais Lidas

GERAL
Presos brigam em cela e um acaba morto em presídio de MS
PANTANAL
Com mais de 50 programas, apresentador divulga belezas do Pantanal na TV
CORONAVÍRUS
Coronavírus: variante P1 já é predominante em Mato Grosso do Sul
SAÚDE
Com mais um drive thru na Praça CEU, Prefeitura retoma vacinação contra a Covid-19