Menu
terça, 11 de maio de 2021
Andorinha - Maio
Andorinha - Maio
Geral

Corrida de Trilha passa pelo patrimônio histórico e belezas naturais do Pantanal

23 novembro 2016 - 09h23Redação

Com 436 inscritos, a Corrida de Trilha é a segunda modalidade com mais participantes do Pantanal Extremo, ficando atrás apenas do Mountain Bike, que tem 500 competidores. O esporte vem conquistando adeptos por todo o País por unir fortes emoções e contato com a natureza. Na Capital do Pantanal, a Corrida de Trilha também vai premiar os corredores com uma visão privilegiada da rica arquitetura local.
 
A largada e chegada acontecem no Porto Geral de Corumbá, área tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) como Patrimônio Histórico Nacional. O Porto é tão antigo quanto a cidade, que em setembro completou 238 anos. Em 1853, por decreto imperial, o porto corumbaense foi habilitado para o comércio. Em 1856 estabeleceu-se o trânsito livre de barcos nacionais e estrangeiros no rio Paraguai e o local, com sua importante posição geográfica, começou a se tornar um centro econômico de destaque no continente.
 
A navegação, além de romper o isolamento da região, serviu para fixar o domínio pelo império na fronteira oeste do Brasil. Em 1914 foi o 3° maior Porto da América Latina. Desembarcavam aqui transatlânticos com mercadorias para compra e venda vindos da Europa e Argentina. Abrigava grandes empórios, 25 bancos internacionais, curtumes e a primeira fábrica de gelo do Brasil.
 
Hoje o Porto Geral é um dos principais pontos turísticos da cidade pantaneira e recebe embarcações de pequenos pescadores até hotéis pesqueiros. É nessa área privilegiada que os corredores começam e terminam a prova.  Os atletas também passarão pela região conhecida como Cacimba da Saúde, local banhado pela Baía do Tamengo e que reúne muito da beleza da fauna e flora da maior planície alagável do Planeta.
 
O Mirante da Capivara e no Parque Marina Gattass, pontos de passagem obrigatória tanto para quem vai correr o percurso de 7 quilômetros ou de o 13 km, reservam uma vista privilegiada do Rio Paraguai. Mas é bom os competidores não se distraírem com o belo visual, pois essa é só a metade da prova. A volta ainda reserva algumas das ladeiras mais íngremes da quente Corumbá.
 
A previsão é de a temperatura seja superior aos 30ºC no dia da corrida. Também por isso, o evento contará com toda infraestrutura necessária para garantir a logística, segurança e qualidade da prova. A organização vai disponibilizar guarda-volumes, banheiros químicos, atendimento médico emergencial, pontos de água durante o percurso, entrega de fruta, e isotônico no final da corrida, que conta com a supervisão da Federação de Atletismo de MS.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLICIAL
PRF apreende mais de 7 toneladas de maconha em MS
POLICIAL
PF realiza prisão por tráfico interestadual de drogas e apreende 200 kg de maconha
EDUCAÇÃO
IFMS investe no aprimoramento de atividades não presenciais
MEIO AMBIENTE
Parque Municipal de Piraputangas recebe observação de aves
HOMENAGEM
Câmara homenageia OAB de Corumbá pelo seu 63º aniversário de fundação
CIDADANIA
Abertas as inscrições para a 2ª edição do programa Juventude Empreendedora
GERAL
Após recomendação da Anvisa, Estados e prefeituras mudam vacinação de grávidas
GERAL
CPI da Covid questiona presidente da Anvisa sobre vacinas nesta terça
ECONOMIA
Produtividade cai 2,5% no primeiro trimestre de 2021, aponta pesquisa da CNI
GERAL
Maio da Diversidade LGBT+ terá mais de 100 ações do Governo MS

Mais Lidas

POLICIAL
PM encerra festa clandestina em casa abandonada e prende foragido da justiça
POLICIAL
Homem é preso por infração de medida sanitária e desobediência
POLICIAL
Casal é preso após briga no bairro Dom Bosco
POLICIAL
PRF recupera veículo e liberta homem que estava mantido em cárcere privado