Menu
domingo, 17 de outubro de 2021
Andorinha - Setembro e Outubro
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Situação da Santa Casa volta a ser pauta de discussão na Câmara de Corumbá

01 setembro 2021 - 09h11Redação

Os vereadores de Corumbá continuam preocupados com a atual situação da Santa Casa de Corumbá e o assunto foi amplamente debatido na sessão ordinária de ontem, terça-feira, 31 de agosto, após apresentação de requerimentos questionando o retorno das cirurgias eletivas no único hospital da região pantaneira que atende a população corumbaense, ladarense e até mesmo bolivianos que residem nas cidades que fazem fronteira com o Brasil. 

O presidente da Câmara, vereador Roberto Façanha, voltou a comentar sua preocupação com a atual situação financeira e administrativa do hospital. Favorável à transformar a Santa Casa m um Hospital Regional, mantido pelo Estado, ele foi categórico ao afirmar que a “saúde de Corumbá passa por um momento crítico com a situação da instituição que tem que ser melhor administrada, em todos os sentidos”. 

Segundo ele, o primeiro passo é cortar os gastos. “Não tem como sobreviver gastando mais do que se recebe. É uma questão que tem que ser melhor administrada. Não tem como sobreviver iniciando os meses sempre no vermelho”, reiterou. Citou que há um enorme desgaste e que é preciso verificar todos os procedimentos necessários. 

Conclamou todos os vereadores a dar sua “parcela de contribuição, buscar os seus contatos políticos, buscar uma gestão com os deputados estaduais, federais, senadores, com o Governo do Estado, para resolver o problema do hospital que é imediato. É preciso zerar o déficit do hospital e zerar também a questão da cirurgia eletiva que vai ocorrer no mutirão do Governo do Estado”, continuou. 

Reforçou que, com a fila zerada, é preciso “cobrar atitudes mais enérgicas para que o hospital não entre no vermelho. Não adianta todos colaborarem, todos ajudarem e colocar dinheiro. Não adianta nada arrumar R$ 1 milhão hoje se não houver um comprometimento de redução de custos para equiparar. É isso que a gente tem que trabalhar para que o hospital possa realmente caminhar com os recursos das contratualizações, das emendas estaduais e federais, dos recursos próprios do Município”. 

Assunto em Pauta  

A retomada das cirurgias eletivas já havia sido questionada dias atrás pelo vereador Chicão Vianna. Na segunda-feira, 30, Allex Dellas sugeriu à Prefeitura, aderir ao projeto Caravana da Saúde do Governo do Estado, que prevê retorno das atividades em outubro. Ontem, o vereador Bira apresentou dois requerimentos solicitando uma série de informações sobre os motivos sobre a não retomada desse procedimento até o momento. 

Durante a discussão para aprovação dos requerimentos, o vereador e líder do Governo, Manoel Rodrigues, anunciou que o Município já fez a adesão e que Corumbá receberá novamente a Caravana da Saúde, importante para reduzir a fila de cirurgias eletivas e outros procedimentos. 

Cobrança de Responsabilidade  

Mas, o foco das atenções ficou por conta da atual situação do hospital. Bira elogiou a decisão da Prefeitura, mas cobrou responsabilidades tanto do hospital como também da classe médica, para acabar com o que ele classificou de jogo de ‘empurra-empurra’. “Por isso queremos ouvir os dois lados, para que todos se pronunciem, visando chegar a um consenso, e as cirurgias serem  retomadas no hospital, para o bem da população que mais precisa, e está sofrendo nesse momento”. 

Bira destacou que é preciso saber o número de pacientes que estão aguardando o procedimento. Foi acompanhando por Manoel Rodrigues que reforçou a necessidade de zerar a fila existente no atual momento, que aumentou muito durante a pandemia. 

O vereador Chicão Vianna, que assinou os requerimentos com Bira, disse que é preciso trabalhar coletivamente, pra zerar a fila de espera na Santa Casa de Corumbá, além de dar transparência sobre todas as cirurgias que estão previstas, incluindo os exames que devem ocorrer aqui, evitando ficar na lista de espera para realizar os procedimentos em Campo Grande. 

A vereadora Raquel Bryk destacou a iniciativa de trabalhar pela volta das cirurgias eletivas e lembrou que a Santa Casa possuem setor de regulação onde constam o número de pessoas que aguardam pela cirurgia, e que o Município é responsável pela regulação dos exames. Sugeriu que a Comissão de Saúde da Câmara “busque essas informações e torne público, já que quem tem acesso a essas informações, são apenas as pessoas com senha para acessar o sistema”. 

O vereador Allex Dellas elogiou a iniciativa do Município em aderir ao programam do governo, e que será importante para zerar a fila de espera pelas cirurgias, desafogar o hospital, para que consiga voltar à sua normalidade. 

 

Informações da Ascom Câmara Municipal de Corumbá
 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tragédia
Médico do interior de SP é um dos sobreviventes de barco que naufragou; quatro parentes morreram
Atualizações
Dois dos corpos encontrados no rio Paraguai são identificados
Inédito
Tempestade de areia: Energisa recebeu 4 mil chamados em Campo Grande
Dia Mundial da Alimentação
Em MS, 69% da população está com excesso de peso e 36% com obesidade
Ensino Superior
UEMS investe mais de R$ 13 milhões em bolsas e auxílios para estudantes
Transporte
Expresso Queiroz tem autorização suspensa por incapacidade de atender passageiro
Defesa Civil
Tempestade de poeira e vendaval causaram estragos em pelo menos sete nos municípios
Cidade em alerta
Ventos de 64 km/h destelharam 20 casas em Corumbá
Previsão Meteorológica
Tempo continua fechado com chance de mais chuva para grande parte do Estado
Tragédia
Naufrágio no rio Paraguai deixou sete pessoas desaparecidas

Mais Lidas

Tragédia
Médico do interior de SP é um dos sobreviventes de barco que naufragou; quatro parentes morreram
Tragédia
Naufrágio no rio Paraguai deixou sete pessoas desaparecidas
Atualizações
Dois dos corpos encontrados no rio Paraguai são identificados
Cidade em alerta
Ventos de 64 km/h destelharam 20 casas em Corumbá