Menu
quinta, 04 de março de 2021
Governo do Estado - Campanha de Março
Geral

Reunião acerta detalhes e Polícia confirma reforço de Campo Grande para segurança no carnaval

20 janeiro 2016 - 14h47Gesiane Medeiros
    Reunião com representantes de Escolas de Samba, Cordões e Blocos (oficiais, independentes e de sujo) se reuniram na manhã desta quarta-feira (20), em auditório da Polícia Civil, com Fundação de Cultura, Polícia Civil, Polícia Militar, Agetrat, Bombeiros e Seinfra, para os acertos finais da organização e segurança da maior festa popular do centro-oeste. A definição dos horários de saída dos blocos e cordões ainda são motivos de desentendimentos, alguns grupos desejam iniciar seu desfile mais tarde do que o horário estipulado pela Fundação de Cultura, e por isso ficou definido que até amanhã, quinta-feira, os representantes das agremiações e da Fundação irão se reunir para equacionar as pendências. O portal de saída dos blocos será na rua Treze de Junho e a linha de chegada na Major Gama, o presidente-diretor da Fundação de Cultura, Joílson silva, avisou ainda que será proibida a subida da bateria pela rua Major Gama, "no final do desfile a bataria deverá seguir direto para Avenida General Rondon", especifica Joílson. O Corpo de Bombeiros deixou claro que a fiscalização dos carros e trios utilizados nos desfiles será intensa, e as agremiações devem respeitar o número máximo de componentes que poderão desfilar encima e a frente do trio. "Quando detectado um número acima do estabelecido para segurança dos foliões, a polícia será acionada para auxiliar na retirada do excedente", disse Fernando  Jorge, coordenador municipal de segurança pública. Diretor-Presidente da Agretrat, Agência Municipal de Trânsito e Transporte, Alexandre do Carmo, assegurou que as vias por onde as Escolas de Samba e demais entidades desfilarão, não terão carros estacionados. “Será divulgado um mapa com as interdições que ocorrerão nos dias das festividades”, afirma o diretor. Este ano o horário limite para liberação das ruas pertencentes ao circuito carnavalesco será 16h.  Reforço no policiamento Em conversa com a delegada da mulher Paula Ribeiro, responsável pela regional até o retorno das férias do Delegado titular Gustavo Vieira, foi confirmado o reforço de policiamento para o período do carnaval 2016. “O reforço virá da delegacia especializada de Campo Grande, todas as equipes contarão com aumento de policiais para o trabalho, além da recente chegada de uma nova turma de efetivos no ano passado”, afirma a delegada. Além do reforço entre as equipes policias, os foliões poderão contar com a utilização de câmeras de segurança, instaladas pelo circuito carnavalesco, “ao todo a cidade já está com cinco dos equipamentos afixadas e até o início do carnaval a previsão é que totalize sete câmeras”, indicou Fernando Jorge, coordenador municipal de segurança pública. A Guarda Municipal é a responsável pelo videomonitoramento, que em conjunto com a Polícia Militar e Civil terão uma ferramenta poderosa para o enfrentamento da violência durante os dias de festividade na cidade.   Folia com saúde A secretária de saúde do município, Dinaci Vieira, também esteve presente na reunião e alertou a todos sobre os cuidados relacionados à saúde durante os dias da folia, para com o alto risco de endemias na cidade. “Peço que os representantes das agremiações, divulguem entre os componentes que não esqueçam de levar sacolas para armazenarem os lixos corretamente”, solicitou a secretária, alertando que a cidade está em situação preocupante e o aumento de pessoas circulando no município causa um alerta à saúde pública. Ainda segundo a secretária os números de ocorrências deste ano já assustam, “são mais de 823 casos de dengue, seis de chikungunya, zika vírus e leishmaniose e ainda quatro casos de H1N1, o poder público não consegue solucionar sozinho, precisa da ajuda da população”, afirma Dinanci. A saúde confirmou que durante os dias de folia, uma viatura do Samu e uma da Vigilância Sanitária estarão disponíveis para atendimento.   Proibição para menores Também presente da reunião, Delegado da Infância, Juventude e Idoso, Sam Ricardo Aranha, reforçou as obrigatoriedades a serem respeitadas quanto a proibição da venda de bebidas alcoólicas para menores de idade, a portaria que define os termos é a 001 de 2016. "Os órgãos fiscalizadores, Policias e Conselho Tutelar, estarão atentos as infrações, que serão devidamente cobraras com rigor", diz o delegado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BOLETIM COVID
O mês começa com média de 6 mortes por Covid a cada 24 horas
SAÚDE
MS é o estado que mais aplicou as duas doses da vacina contra a Covid-19
GERAL
Ministério Público denuncia servidores de Ladário por corrupção passiva
GERAL
Bombeiros continuam buscas por homem desaparecido na região do Paiaguás
CONSUMIDOR
Vereador pede relatório ao Procon sobre processos, multas e empresas penalizadas em 2020
ESPORTE
Fluminense estreia no Carioca de olho na final da Copa do Brasil
ECONOMIA
Governo adia para dia 31 reinício de bloqueio e suspensão de benefício
OPORTUNIDADE
Máscara + Renda já beneficiou mais de 1.900 costureiras em todas as regiões do país
RECONHECIMENTO
Câmara vai prestar homenagem às corumbaenses pelo Dia Internacional da Mulher
ACIDENTE DE TRÂNSITO
Colisão de carro e moto deixa mulher ferida no Maria Leite

Mais Lidas

GERAL
PMA realiza trabalhos de orientação sobre minhocas em casas de iscas no MS
ABANDONO
Ladário sofre com descaso e abandono das autoridades municipais
INFRAÇÃO ADMINISTRATIVA
PMA autua morador de Corumbá por transporte ilegal de pescado
GERAL
Reinaldo Azambuja autoriza concurso público com 250 vagas para Polícia Civil