Menu
quarta, 20 de outubro de 2021
Andorinha - Setembro e Outubro
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Reconstrução da ponte queimada na Estrada Parque inicia em duas semanas

07 agosto 2020 - 08h21Silvio Andrade da Ascom do Governo com adaptações

O Governo do Estado confirmou que em duas semanas vai iniciar a reconstrução da ponte de madeira sobre a vazante da MS-228 (Estrada-Parque), que foi destruída pelo fogo na quarta-feira (5), em Corumbá. A determinação foi dada pelo governador Reinaldo Azambuja, em atendimento a classe produtora da região e ao segmento do turismo. A travessia é essencial também para o ir e vir das comunidades ribeirinhas.

Consumida rapidamente pelas chamas, a ponte de 70 metros foi reformada recentemente pela Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos), que tem realizado serviços permanentes de manutenção na referida estrada ecológica. O fogo teria surgido nos pilares da ponte, segundo moradores do local, provavelmente por combustão espontânea, devido a prolongada estiagem, ou ação humana.

Obra emergencial

Diante da importância da travessia para garantir o acesso às fazendas pantaneiras situadas na Nhecolândia, maior criatório de bezerros da planície, e aos atrativos turísticos – pousadas e pesqueiros -, a diretoria da Agesul decidiu, nesta quinta-feira, que a nova estrutura será construída com base nos decretos de situação de emergência ambiental e rural no Pantanal, assinados pelo governador Reinaldo Azambuja.

Com esse entendimento, a Agesul fará a contratação da obra em caráter emergencial dentro de duas semanas, conforme previsão da Diretoria de Manutenção Viária, com autorização imediata dos serviços. Enquanto isso, a Agesul restabeleceu o tráfego na MS-228 com a implantação de um desvio no local onde a ponte foi destruída. O acesso foi normalizado, mas requer atenção redobrada, alerta o regional de Corumbá, Luiz Mário Anache.

O presidente do Sindicato Rural de Corumbá, Luciano Leite, informou que as medidas anunciadas pelo Governo do Estado tranquilizam os pecuaristas pantaneiros, que temiam dificuldades de logística para escoamento da produção.

“Mais uma vez fica patente o compromisso do governo com a classe ruralista, em especial a do Pantanal, que tem sido beneficiada com uma nova integração rodoviária sonhada pelos nossos antepassados”, declarou Luciano, também secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Sustentável.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Flexibilidade
Com redução dos casos de Covid-19, Prefeitura altera Toque de Recolher em Corumbá
Monumento Histórico
Vereadores defendem resgate de antigo Farol do Balduíno no Rio Paraguai
Sem Emendas
Câmara aprova Moção em Apoio à regulamentação da profissão de podologia
Pobreza Menstrual
Vereadora pede apoio de deputados para derrubar veto presidencial na distribuição de absorventes
Em tramitação
Proposta cria programa de apoio a catadores de recicláveis em Corumbá
Briga Antiga
Anatel convoca a Oi para reunião sobre internet em Corumbá
Na Câmara
Vereador questiona índices do ICMS Ecológico estabelecidos para 2022
Desdobramento
Denúncia contra os nove indiciados pelo Dracco na Operação "Dark Money" vira processo judicial
Desdobramentos
PF apreende arma, munição e faz termo de conduta durante operação Mercês
Crime na Capital
Após disparos, polícia prende ladrões que fizeram idosa e cuidadora de reféns na Capital

Mais Lidas

Investigação
Polícia federal cumpre sete mandados judiciais por crimes praticados na eleição 2020
Desdobramentos
PF apreende arma, munição e faz termo de conduta durante operação Mercês
Monumento Histórico
Vereadores defendem resgate de antigo Farol do Balduíno no Rio Paraguai
Desdobramento
Denúncia contra os nove indiciados pelo Dracco na Operação "Dark Money" vira processo judicial