Menu
terça, 27 de julho de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Expresso Mato Grosso - Promoção de Junho
Geral

Quatro servidores estaduais tornam-se réus em ação penal no STJ

18 janeiro 2019 - 15h28TJ/MS

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) julgou procedente recurso do Ministério Público Federal (MPF) e determinou o recebimento de denúncia em face de quatro servidores do Estado de Mato Grosso do Sul (Imasul) por omissão documental referente à obra de construção do anel rodoviário de Dourados (MS). Os servidores são acusados de não anexarem laudo antropológico necessário para o procedimento de licenciamento ambiental, ignorando a existência de terras indígenas próximas a BR-156 e o possível impacto ambiental a ser causado em razão da realização da obra.

Segundo a decisão, é papel da instrução penal averiguar se houve intenção, ou não, por parte dos servidores, em omitir os documentos de forma a ignorar os possíveis prejuízos a terras indígenas, caracterizando a mera existência de crimes como fator principal a ser considerado para recebimento da ação.

Entenda o caso – Em 2009, o MPF instaurou Inquérito Civil Público para investigar possíveis impactos ambientais causados pelas obras do anel rodoviário de Dourados. Foi constatado, durante apuração, a falta de anexação de estudo antropológico no processo de licenciamento ambiental – de responsabilidade do Imasul e também da Agência Estadual de Gestão e Empreendedorismos (Agesul) – para constatação de impactos socioambientais nas terras indígenas localizadas no entorno da obra.

No inquérito, o órgão ministerial aponta o conhecimento, por parte dos denunciados, quanto à proximidade de terras indígenas do local da obra. Além disso, delineia que a conduta ilícita dos servidores ficou clara mediante os procedimentos realizados para a emissão do licenciamento ambiental. Em diversas ocasiões os servidores diagnosticaram e resolveram pendências no trâmite procedimental, no entanto, o mesmo não foi feito em relação ao laudo antropológico. Até o momento não houve alteração que mostrasse a realização dos estudos necessários, o que caracteriza a omissão quanto aos prejuízos que poderiam ter de ser enfrentados por comunidades indígenas próximas ao local.

A Lei dos Crimes Ambientais (9.605/98) prevê, na seção de crimes contra a Administração Ambiental, que a apresentação de qualquer procedimento de caráter administrativo, como licenciamentos ou concessões ambientais, de caráter falso ou enganoso – inclusive em caso de omissão – é caracterizada como conduta ilícita. A pena pode chegar de 3 a 6 anos de reclusão, além de pagamento de multa.

Recurso – O MPF enviou recurso ao STJ após a denúncia ter sido rejeitada pela Justiça Federal de Dourados e pelo Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3). Agora, com o recebimento da denúncia, a ação tramitará na primeira instância, na 2ª Vara Federal de Dourados.

Saiba quem são os denunciados – Paulo Roberto Aquino, ex-gerente de Licenciamento Ambiental do Imasul; Alexandre Zanella, fiscal ambiental do Imasul; Márcia Pereira da Mata, ex-diretora de Licenciamento do Imasul; e Pedro Celso de Oliveira Fernandes, ex-chefe da unidade de Meio Ambiente da Agesul.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Em Corumbá
Receita Federal publica Edital para leilão de 82 lotes
Município
Primeira parcela do IPTU 2021 vence nesta sexta-feira; pagamento à vista vai até 10 de agosto
Distribuição
Corumbá e Ladário recebem novas doses da vacina contra Covid
Novo Parceiro
Santhiago forma nova dupla e retorna para música
Olimpíadas 2021
Da tampa de isopor ao ouro olímpico, a longa jornada de Ítalo Ferreira
Ação Social
Famílias ribeirinhas recebem cestas básicas e cobertores
Financiamento Estudantil
Fies abre inscrições nesta terça-feira (27)
Agressão
Homem é preso após arremessar cadeira contra esposa
Nova Remessa
Mais de 110 mil doses de vacina contra Covid chegam esta semana em MS
Em redução
Julho segue com a menor média de casos de Covid no ano em MS

Mais Lidas

Pedrada
Briga de família termina com mãe ferida e filho preso
Última semana
Julho termina com intensa massa de ar polar; saiba quais serão os dias mais frios no Estado
Oportunidade
Inscrições para estágio na Justiça Federal terminam nesta terça (27)
Tráfico de Drogas
Mala com 14 quilos de pasta base é encontrada na rodoviária de Corumbá