Menu
quarta, 22 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

PMA e Força Tática autuam infrator por manter aves silvestres em cativeiro

22 dezembro 2018 - 09h00Sylma Lima

Policiais Militares Ambientais de Dourados autuaram um homem por manter sete aves silvestres ilegalmente em cativeiro. A PMA foi acionada pela Força Tática de Dourados ontem (20), no bairro Jardim Água Boa, após constatar a infração.

Seis aves da espécie curió (Oryzoborus angolensis) e uma da espécie canário-da-terra (Sicalis Faveola brasiliensis) estavam em gaiolas em uma residência e não possuíam documentação legal.

O infrator (47), residente em Dourados, foi autuado administrativamente e multado em R$ 3.500,00. Ele foi conduzido, juntamente com as aves e gaiolas apreendidas, à delegacia de Polícia Civil daquela cidade e responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de seis meses a um ano de detenção. Um pássaro foi devolvido ao dono que sabendo da apreensão, compareceu à Delegacia com a documentação de um curió, que havia fugido dias antes. Os demais animais serão encaminhados ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS), na Capital.

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Brasil quer atrair mais investimentos privados, diz presidente na ONU
21 de setembro
Incêndios continuam e Corumbá não tem motivo para celebrar o dia da árvore
Mudança no prazo
Saúde mantém vacinação para adolescentes em MS
Dados Estatísticos
Índices de criminalidade apresentam queda em Mato Grosso do Sul
Limpeza
Nos dias 22 e 23 tem ação de combate à dengue no bairro Cravo Vermelho
Evento Virtual
Semana Temática do Empreendedorismo acontece nos dias 28, 29 e 30 de setembro
Crime
Concen pede ação da Polícia Civil no combate ao furto de fios de energia em MS
Maratona
Prorrogadas inscrições para o Hackathon IFMS
Naviraí
Casal preso por tráfico de aves silvestres recebe multa de R$ 2,5 milhões da PMA
243 anos
Corumbá celebra aniversário com retomada de desenvolvimento

Mais Lidas

Naviraí
Casal preso por tráfico de aves silvestres recebe multa de R$ 2,5 milhões da PMA
243 anos
Corumbá celebra aniversário com retomada de desenvolvimento
21 de setembro
Incêndios continuam e Corumbá não tem motivo para celebrar o dia da árvore
Tempo
Inverno se despede com temperaturas acima dos 40°C e umidade do ar em níveis críticos