Menu
sexta, 18 de junho de 2021
Andorinha - Maio
Andorinha - Maio
Geral

Marinha simula retomada de área dominada por facção no Pantanal

27 março 2017 - 09h42Redação

A Marinha do Brasil, por intermédio do Comando do 6º Distrito Naval, realizou de 20 a 23 de março, na região de Cáceres-MT, uma Operação Ribeirinha, contando com meios navais, aeronavais e fuzileiros navais.

A tarefa atribuída, simuladamente, era a de restabelecer a lei e a ordem, prendendo invasores de uma facção criminosa, que dominavam uma área no rio Paraguai, onde realizavam extração ilegal de minério, crimes ambientais, entre outros.

A simulação de combate no Pantanal teve a participação de oito navios, dois helicópteros, lanchas, viaturas, destacamento do Comando da Força de Fuzileiros da Esquadra (FFE) e tropas do Grupamento de Fuzileiros Navais de Ladário (GptFNLa). Também houve a participação de embarcações e militares do 2° Batalhão de Fronteira de Cáceres, do Exército Brasileiro, na última fase da operação.

Diante da situação, uma equipe de operações especiais se infiltrou na área dominada, inclusive com paraquedistas, para levantar informações detalhadas e identificar a base de operação daquela facção.

Fuzileiros Navais saltaram de helicópteros da Marinha

Simultaneamente, a Força Naval avançava, realizando batimento de margem. Esta ação consistia em desativar qualquer armadilha instalada, como correntes passadas pelo rio, pelas “forças paramilitares” para evitar a chegada desses meios a sua base.

Posteriormente, Fuzileiros Navais desembarcaram do Navio-Transporte Fluvial “Almirante Leverger” e do Navio-Transporte Fluvial Paraguassu percorrendo, por rio e terra, aproximadamente cinco quilômetros, até chegar à posição estabelecida pela facção criminosa.

Após ataque terrestre, aéreo e fluvial, no dia 23 de março foi retomada a área invadida e neutralizada a ação do interposto logístico da “facção criminosa”.

A importância dessa operação resulta em um maior conhecimento dos militares do bioma pantaneiro e das suas especificidades.

Cabe ressaltar o trabalho realizado pelo Grupo de Controle, por ter avaliado os aspectos positivos e negativos das ações, sempre com o objetivo de melhorar o desempenho conjunto e individual de cada militar.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLICIAL
PRF apreende 450 mil maços de cigarro contrabandeados na Capital
GERAL
MPF aponta risco de desaparecimento de espécies no Rio Paraná
Rio Paraná Energia, empresa da holding China Three Gorges Corporation (CTG), é acusada de descumprir regras ambientais e levar à beira do desaparecimento peixes como Pintado e Dourado
SAÚDE
SES prepara distribuição das 70.160 doses de vacina contra a covid-19 em MS
GERAL
Fórum apresenta avanços do Plano Estratégico em MS
POLICIAL
PMA e Bombeiros resgatam ave em extinção ferida
GERAL
Contribuintes têm até o dia 3 de agosto aderir ao REFIS 2021
EDUCAÇÃO
Terminam hoje as inscrições do Encceja 2020 para privados de liberdade
GERAL
Homem fica ferido após queda de cavalo no Pantanal
EDUCAÇÃO
MEC cria grupo de trabalho para atualização do Enem e do Encceja
GERAL
Bombeiros combatem incêndio em concessionária no Centro

Mais Lidas

POLICIAL
PM de Corumbá prende autores de roubo logo após o crime no Popular Nova
GERAL
Empresa irregular junto a ANTT monta guichê na rodoviária de Corumbá
POLICIAL
PM de Corumbá durante rondas recupera veículo furtado na área central
POLICIAL
Homem é preso por perturbação da tranquilidade no Cristo