Menu
segunda, 25 de outubro de 2021
Andorinha - Setembro e Outubro
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Empresas de vistoria têm regulamentação do Contran

MS é modelo para outros estados

27 julho 2020 - 08h40Sylma Lima

As Empresas de Vistoria Veicular (ECVs) credenciadas pelo Detran atuam à luz da Resolução Nº 466/2013, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), órgão máximo de trânsito, cumprindo rigorosas exigências. As vistorias realizadas pelas ECVs do Estado alcançaram um alto índice de qualidade e confiabilidade e tornaram-se referência para diversos outros estados que buscam implementar o mesmo sistema. A vistoria realizada em MS é modelo, inclusive, para o Conselho Nacional de Vistoria Veicular (CNVV), com sede em Brasília, que encaminhou ofício ao Detran-MS, manifestando essa condição.

Prevista pelo Código de Trânsito Brasileiro, a vistoria veicular é exigida em algumas situações específicas, com o objetivo de garantir a autenticidade da identificação do veículo e da sua documentação; a legitimidade da propriedade; se os veículos dispõem dos equipamentos obrigatórios, e se estes estão funcionais; se as características originais dos veículos e seus agregados foram modificados e, caso constatada alguma alteração, se esta foi autorizada, regularizada e se consta no prontuário do veículo na repartição de trânsito.

Para se cadastrarem, as empresas passam por um rigoroso processo e cumprem uma série de exigências, desde a constituição, podendo desenvolver exclusivamente a atividade de vistoria. Nas ECV's do Estado o processo da vistoria é todo digital, com registro de fotos, vídeos, monitorados e interligados com Detran e Denatran. Um processo tecnológico, com sistema digital de inclusão das informações, que garante confiabilidade e otimiza a base de dados do Estado.

“As exigências se tornaram ainda maiores nos últimos anos, antes eram oito fotos necessárias para compor o laudo, agora fazemos 18 e diversos vídeos captando todos os ângulos do carro, exigências às quais nos adequamos, o que exigiu o aumento do quadro de colaboradores e investimentos por parte das empresas. Sem falar da estrutura, com pessoas capacitadas, alta tecnologia, além de locais para espera climatizados, com água e café, tv, jornais e revistas, tudo para deixar o consumidor confortável enquanto espera sua vistoria ”, explica o presidente da Associação das Empresas de Vistorias de Mato Grosso do Sul (Assovis), José Renato Cantadori.

A partir de 17 de agosto o serviço de vistoria veicular prestado pelo Detran-MS passa a ser realizado pelas empresas credenciadas, em uma primeira etapa, nas cidades que dispõem de vistoriadoras. O objetivo é facilitar a vida do consumidor, que terá a comodidade de localizar a empresa que melhor atender sua necessidade, tanto com relação a valores quanto à localização, evitando se deslocar até uma agência do Departamento. Com a mudança, os servidores do Detran, que hoje atuam nas vistorias, passarão a realizar a função de auditores das empresas credenciadas.

Atualmente, o Estado conta com 39 empresas credenciadas e outras dez já encaminharam pedido de credenciamento junto ao Detran-MS e aguardam parecer favorável para atuar como ECV´s. As empresas realizam, em média, 15 mil vistorias todos os meses e empregam, diretamente, mais de 400 colaboradores. As empresas respondem por cerca de 50% da demanda de vistorias e só em Campo Grande a população pode escolher onde realizar o serviço nos quatros cantos da cidade, com 11 empresas.

Com a pandemia da Covid-19, José Renato Cantadori ressalta que as empresas habilitadas seguem procedimentos orientados em cartilha para profilaxia e controle do fluxo, conforme estabelece a norma sanitária de cada município. “Disponibilizamos ainda álcool em gel para os clientes e tomamos todos os cuidados no manuseio de objetos como documentação e chaves. Realizamos a higienização total dos veículos na parte interna, além de itens externos de contato, como as maçanetas, seguindo até a entrega do veículo ao proprietário, além do uso dos EPIs por parte dos colaboradores”, explica José Renato.

Segundo dados do Detran-MS, nos últimos cinco anos a frota do Estado cresceu mais de 20%. Em 2004 haviam 1.316.028 veículos registrados em Mato Grosso do Sul, em 2019 o número saltou para 1.617.042.

 

--

Deixe seu Comentário

Leia Também

Imunização
Veja quem pode se vacinar contra Covid em Corumbá nos próximos dias
Acidente
Rapaz sofre fraturas após ser atropelado na saída da quermesse em Ladário
R$ 350 mil
Bia Cavassa entrega duas viaturas semiblindadas à PRF
Transtornos
Quase 1 milhão de raios atingiram MS neste fim de semana
Procurados
Membros do PCC presos na fronteira com MS são entregues à polícia brasileira
Eldorado
Tempestade derruba fios elétricos e 51 animais morrem eletrocutados em fazenda
Até 4 de Novembro
IFMS segue com inscrições abertas para cursos subsequentes e Proeja
Mundo Novo
Jovem é preso por disparos e porte ilegal de arma de grosso calibre
Meio Ambiente
Semana do Lixo Zero com coleta de vidros e entrega de medicamentos vencidos começa hoje em Corumbá
Reta Final
Última semana para pagar licenciamento de veículos com placa terminada em zero

Mais Lidas

Causa não definida
Motorista de ônibus fretado com 42 passageiros perde o controle e colide na mureta da ponte
Dom Bosco
Homem baleado pede socorro em escola, mas não resiste e morre
Desdobramento
Embarcação que naufragou e fez sete vítimas no rio Paraguai não era de transporte turístico
Boletim Epidemiológico
MS volta a registrar mortes por Covid-19