Menu
quinta, 09 de dezembro de 2021
Governo do Estado - Dezembro
Mobile - Andorinha Dezembro
Geral

Empresa altera classificação de produtos para importar equipamentos médicos ilegalmente

22 junho 2020 - 13h03Gesiane Sousa

A apreensão de 800 grades e 400 cabeceiras de camas hospitalares foi realizada na última quinta-feira (18), pela Alfândega da Receita Federal de Corumbá, durante o processo de despacho aduaneiro no Porto Seco.

A empresa dona da carga, tentou burlar a legislação vigente que proíbe importação de equipamentos médicos e higiene durante a pandemia no Brasil (Lei nº 13.993/2020), classificando incorretamente os materiais. A equipe percebeu a farsa quando fez a verificação física dos produtos.

As mercadorias permanecerão sob a guarda da Receita Federal, e a empresa foi autuada responderá legalmente pelo descumprimento da Lei.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Auto de infração
Deteriorado pelo tempo Centro de Convenções do Pantanal pode ser interditado
Na Câmara
Vereador busca emenda para viabilizar 'ambulancha' para atender famílias ribeirinhas
Economia
13º e salário de dezembro dos servidores do município devem injetar R$ 30 milhões no comércio
Covid-19
Corumbá inicia hoje a aplicação da 2ª dose da Janssen
Ronda Policial
Homem é preso em flagrante vendendo droga no Cristo Redentor
Corrida Eleitoral
Simone Tebet é lançada como pré-candidata do MDB pela Presidência da República
Primeira Semana
Deputado Paulo Duarte assume nove comissões na Alems e é relator do Refis ICMS
Tempo
Sol predomina e quinta-feira será de calor e tempo seco
Corumbá tem máxima de 37°C sem previsão de chuva
Solenidade
Empossado novo comandante do Corpo de Bombeiros de Corumbá
21 votos favoráveis
Polícia Penal de MS é aprovada com emendas e vai para sessão extraordinária

Mais Lidas

Barbaridade
Sargento aposentado estava bebendo antes de matar a mãe de 72 anos em Campo Grande
Fiscalização
Máquina de construção asfáltica roubada é impedida de entrar na Bolívia
Solenidade
Empossado novo comandante do Corpo de Bombeiros de Corumbá
21 votos favoráveis
Polícia Penal de MS é aprovada com emendas e vai para sessão extraordinária