Menu
segunda, 26 de julho de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Expresso Mato Grosso - Promoção de Junho
Geral

Empresa altera classificação de produtos para importar equipamentos médicos ilegalmente

22 junho 2020 - 13h03Gesiane Sousa

A apreensão de 800 grades e 400 cabeceiras de camas hospitalares foi realizada na última quinta-feira (18), pela Alfândega da Receita Federal de Corumbá, durante o processo de despacho aduaneiro no Porto Seco.

A empresa dona da carga, tentou burlar a legislação vigente que proíbe importação de equipamentos médicos e higiene durante a pandemia no Brasil (Lei nº 13.993/2020), classificando incorretamente os materiais. A equipe percebeu a farsa quando fez a verificação física dos produtos.

As mercadorias permanecerão sob a guarda da Receita Federal, e a empresa foi autuada responderá legalmente pelo descumprimento da Lei.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Imunização
Quem pode se vacinar nesta segunda (26)
Operação Hefesto
Incêndio atinge linha férrea sobre o Rio Paraguai
Economia
Prefeitura reúne meios de hospedagem para sensibilização turística e uso do QR Code 
Plantão
Incêndio atinge aterro sanitário de Corumbá
Suspeito
Governo prorroga contrato com empresa investigada por pagar propina a filho de Reinaldo
Tráfico de Drogas
Mala com 14 quilos de pasta base é encontrada na rodoviária de Corumbá
Pedrada
Briga de família termina com mãe ferida e filho preso
Polícia Militar
Homem denuncia filho foragido
Alerta Infectologista
Vacinados contra Covid-19 devem aguardar 48 horas para ingerir bebida alcoólica
Oportunidade
Inscrições para estágio na Justiça Federal terminam nesta terça (27)

Mais Lidas

Seguiriam para Bolívia
Dois veículos que seriam atravessados para Bolívia são recuperados
Imunização
Sábado tem vacinação contra Covid até 12h no drive do Poliesportivo
Cidade Tranquila
Operação conjunta combate crimes fronteiriços em Corumbá e Ladário
Mais tempo
Exame toxicológico na emissão de CNH tem prazo ampliado para utilização do laudo