Menu
quarta, 21 de outubro de 2020
Prefeitura 1
Prefeitura 1 mobile
Geral

Disputa pela prefeitura de Ladário tem sete candidatos

18 setembro 2020 - 11h55Redação Capital do Pantanal

A definição dos candidatos a prefeito e vice-prefeito em Ladário aconteceu nos últimos dias autorizados pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para realização das convenções partidárias, o prazo foi encerrado na última quarta-feira (16). Apesar de bem menor, tanto em extensão territorial quanto em população, a cidade Pérola do Pantanal tem o mesmo número de candidatos à prefeitura que a vizinha Corumbá, são sete nomes concorrentes.

Nas eleições municipais deste ano, candidatos a prefeito em Ladário podem gastar até R$ 352.832,27 com a campanha eleitoral. Já candidatos a vereador podem investir até R$ 19.760,93. O primeiro turno das eleições está marcado para o dia 15 de novembro e os candidatos podem iniciar campanha a partir de 27 de setembro.

O partido Democratas (DEM) escolheu o atual prefeito Iranil Soares para disputar a reeleição, como candidato a Vice foi selecionado o nome de Hedyl Benzi (PDT), que já ocupou o cargo de vice-prefeito da cidade entre os anos de 2009 e 2012. Além do Partido Democrático Trabalhista, o DEM fechou coligação com Republicanos, Progressistas e Podemos.

O ex-prefeito José Antônio de Assad Faria (PSDB), que já havia confirmado que viria candidato oficializou seu nome junto com Emerson Petzold , mais conhecido como Neninho (PSB). Um terceiro partido integrará a coligação, o PSD.

Andreia Sampaio, viúva do ex-prefeito Mendes Sampaio, foi o nome escolhido pelo Cidadania, que não fechou coligação para a indicação de vice-prefeito, escolhendo integrante do próprio partido para disputar o cargo. Roberto Adão é o candidato a vice-prefeito do Cidadania.

O ex-vereador Helder Botelho é o candidato a prefeito pelo partido Avante, que também selecionou nome do próprio partido para compor a chapa como vice-prefeito, o escolhido foi o cantor Márcio Reis.

Munir Ramunieh, ex-vereador e empresário, foi o escolhido pelo MDB para disputar o cargo de prefeito nas Eleições Municipais deste ano. O candidato a vice, também do MDVB, é o médico Juliano de Oliveira. O partido fechou coligação com PSC e Patriota.

O PSL lançou a candidatura da psicóloga Cristiane Verlaine à prefeitura, que terá como vice-prefeita a policial militar Gleice Kelly, pelo mesmo partido.      

A professora Raquel do Prado foi o nome indicado pelo PT para disputar a prefeituta, o nome oficializado para vice é do mesmo partido, José Raimundo de Barros, conhecido como Bahia.  

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Operação Ceuci
Extração de madeira e pecuária estão entre ilegalidades praticadas em área de reserva indígena em MS
Evento
Visita virtual a Feiras de Ciência e Tecnologia do IFMS segue até sexta-feira
Economia
Produção industrial de MS tem melhor resultado para o mês de setembro desde 2010
Atualização Covid-19
MS registra óbito de adolescente de apenas 15 anos na Capital por coronavírus
Infraestrutura
Mais uma obra é licitada para implantação do corredor rodoviário no Pantanal
Descumpriu medida protetiva
Homem é preso por violência doméstica e ameaça na zona sul
Geral
Donos de frigorífico admitiram ‘medo de cadeia’ no grupo da família
Variedades
As maiores loterias do mundo
Bolívia
“Eu não sou Evo”, afirma Luis Arce em resposta as críticas de que o ex-presidente terá cargo em seu governo
Dependência Química
Usuário tenta esfaquear a própria mãe para comprar drogas

Mais Lidas

Reflexão Crítica
Quem são os candidatos "invisíveis" no horário político de Corumbá
Região Central
Homem é preso em cumprimento a dois mandados de prisão
Tecnologia nas Eleições
E-Título passa a ter foto do eleitor e pode ser usado como documento oficial para votar
Atualização Covid-19
Corumbá registra 12 positivos nas últimas 24 horas