Menu
quinta, 21 de janeiro de 2021
Andorinha Janeiro/Fevereiro
Andorinha Janeiro/Fevereiro Mobile
Geral

Dia dos Pais deve movimentar volume 20% maior no comércio de MS

02 agosto 2019 - 08h13Kamilla Marques

Neste ano o Dia dos Pais deve movimentar R$ 163,7 milhões no comércio de Mato Grosso do Sul entre presentes e comemorações, um volume 20,38% maior que o estimado para 2018, conforme mostra a pesquisa sazonal de intenção de compras do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio-MS (IPF-MS). O levantamento foi realizado com 1.514 pessoas em 6 municípios de Mato Grosso do Sul (Campo Grande, Corumbá, Dourados, Ladário, Ponta Porã e Três Lagoas) entre os dias 15 e 23 de julho.

“A data se projeta como um importante momento para o comércio e também para o segmento de serviços, diante da disposição do consumidor, inclusive notamos que em alguns municípios como Dourados e Ponta Porã a movimentação do Dia dos Pais vai superar a o Dia das Mães”, observa o presidente do IPF-MS, Edison Araújo.

Conforme a pesquisa, aumentou tanto o percentual de consumidores que pretendem comprar presentes quanto os que vão comemorar a data. Do montante a ser movimentado com o Dia dos Pais, R$ 89,86 milhões são em presentes e R$ 73,94 milhões comemorações.

Roupas (29,46%), calçados (15,29%), perfumes e cosméticos (16,01%) aparecem no topo dos presentes preferidos pelos compradores e ainda há um percentual de 8,97% que não decidiram o que vão comprar.

Quanto aos locais de compra, mais consumidores pretendem ir ao shoppings (17% neste ano contra 10% em 2018), o centro perde parte da preferência, (de 72% para 60%) e também há aumento considerável no contingente que vai comprar na internet (5% a 12%).

Dos entrevistados, 43,8% pretendem pagar com dinheiro, queda em relação a anos anteriores, com 25,42% apontando que vão comprar no crédito, 16,14% no débito e 9,39% parcelado. “São números importantes e que balizam tomadas de decisão, por exemplo, quando perguntado ao consumidor quais elementos que podem definir as compras, o preço aparece reforçando a necessidade de uma estratégia de divulgação das promoções”, diz a economista do IPF-MS, Daniela Dias.

 

*Com informações da Assessoria de Comunicação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MEIO AMBIENTE
Onça resgatada em novembro no Pantanal com queimaduras, será solta em seu habitat
FRAUDE ELEITORAL
Ministério Público quer impugnação de candidatos do PRB em Ladário
COVID-19
Pandemia ainda não acabou: MS registra mais de mil casos em apenas um dia
GERAL
Batida de carro e moto deixa criança ferida no Popular Nova
POLICIAL
PRF recupera dois veículos em MS que seriam levados para a Bolívia
JUSTIÇA
Alexandre de Moraes nega HC para anular seis prisões e mandar Jamil Name para casa
p
ECONOMIA
Preço da gasolina começa o ano acima do valor registrado em todos os meses de 2020
Combustível está 19,5% acima da média do mês com preços mais baixos de 2020
DEFESA CIVIL
Com previsão de mais chuva, Defesa Civil orienta população que mora em áreas de risco
EDUCAÇÃO
Professores dão dicas para o segundo dia de provas do Enem
GERAL
MPT divulga nota técnica sobre medidas de proteção a trabalhadoras gestantes

Mais Lidas

FRAUDE ELEITORAL
Ministério Público quer impugnação de candidatos do PRB em Ladário
GERAL
Comando do 6º Distrito Naval abre inscrições para concurso de nível superior
GERAL
Confira a distribuição das doses de vacina contra a Covid-19 por município em Mato Grosso do Sul
GERAL
Batida de carro e moto deixa criança ferida no Popular Nova