Menu
sábado, 18 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Corumbá estuda medidas rigorosas para conter avanço da dengue

29 março 2021 - 09h20ASCOM Câmara Municipal

Adoção de medidas enérgicas estão sendo estudadas de forma conjunta pelos poderes Executivo e Legislativo, para conter o avanço da dengue em Corumbá, e todas passam por punições mais rigorosas contra aquelas pessoas que colocam a saúde pública em risco.

A intenção é buscar manter a cidade limpa, sem focos de proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, Chikungunya, Zika vírus e febre amarela, além de outras doenças endêmicas que possam afetar a população já tão sofrida diante da pandemia da Covid-19.

As medidas que estão em estudos visam penalizar todas as pessoas que mantém seus imóveis abandonados, sujos, sem os cuidados necessários para evitar proliferação do mosquito. As penalidades serão aplicadas também contra quem descarta lixo de forma inadequada.

O assunto foi discutido durante reunião na última sexta-feira, 26, entre representantes da Prefeitura de Corumbá, com vereadores que integram o Comitê de Assuntos Relevantes da Câmara que estão à frente das ações de enfrentamento à Covid-19 e dengue.

O encontro aconteceu na Câmara de Corumbá e contou com as participações dos vereadores Chicão Vianna (presidente da comissão), Manoel Rodrigues, Samyr Qualhada e Alexandre Vasconcellos (Daniel Brambilla estava em viagem). O vereador Elinho Verde Fruti também esteve presente na reunião.

Pela Prefeitura participaram a secretária adjunta de Saúde, Mariluce Gonçalves Leão; o secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos,  Luiz Fernando Moreira; o secretário de Relações de Políticas de Governo, Luiz Antônio da Silva; o chefe do Setor de Postura e coordenador do Grupo de Fiscalização Integrada (GFI), Luciano Cruz, além de Beatriz Assad e Marcelo Araújo, da pasta da Saúde, entre outros.

Um dos principais assuntos do encontro foi justamente a quantidade de imóveis abandonados, sujos (terrenos principalmente) existentes na área urbana, um risco para a saúde pública. Luiz Fernando lembrou que a Prefeitura tem realizado ações para manter a limpeza, mas destaca que há necessidade de maior conscientização, já que a limpeza dos imóveis é de responsabilidade dos proprietários. Além  disso, o descarte irregular de lixo e outros materiais, também tem contribuído para o aumento de casos de dengue, preocupando o Poder Público.

MAIOR RIGOR

O encontro aconteceu justamente para tratar desse tema. Os vereadores concordam que é preciso ações mais rigorosas, inclusive com atualização dos valores de multas aplicadas hoje para quem coloca a saúde pública em risco, previstas na Lei Complementar n° 102/2007, que dispõe sobre medidas específicas voltadas para a prevenção, controle e combate a febre amarela e a dengue.

A lei é aplicada todos os anos com o Município notificando os proprietários de terrenos baldios e imóveis abandonados para que promovam a manutenção da limpeza de seus imóveis. É dado um prazo para regularização e, se mesmo assim nada for feito, a Prefeitura executa a limpeza desses terrenos, cobra pelo serviço e inda emite multa ao responsável. O Código de Postura do Município também prevê punições.

Uma sugestão foi a implantação em Corumbá do IPTU progressivo, instrumento utilizado pelos municípios, que faz com que aqueles imóveis que estão abandonados recebam um aumento no valor da parcela do imposto de forma progressiva. Isso, além de desestimular especulação imobiliária, faz com que o proprietário cuide melhor de seu imóvel, sob risco inclusive de desapropriação.

Todos as questões tratadas no encontro serão alvo de estudos por parte da Prefeitura, inclusive pelo setor jurídico, e a Câmara já se colocou à disposição para trabalhar em parceria, visando criar mecanismos eficazes, e tentar conter o avanço da dengue na cidade, bem como de outras doenças.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tentativa de Homicídio
Adolescente é socorrido com perfuração de bala na coxa
Auditoria
Brechas favorecem corrupção em mais de 90% das organizações públicas de MS, revela TCU
Espancamento
Rapaz vítima de agressão é socorrido inconsciente no bairro Camalote
Trânsito
Motociclista é socorrido com fratura na perna
Limpeza
Centro e Aeroporto recebem mutirão da dengue
23 vagas
Inscrição para o processo seletivo da Saúde de Corumbá termina às 17h de hoje
Imunização
Veja quem pode se vacinar nesta sexta (17) em Corumbá
PMA
Usina é multada em quase R$ 2 milhões por incêndio em áreas protegidas por lei
Cursos Grátis
Confira programação das carretas do Cidade Empreendedora em Corumbá
Repasses
MEC lança Painel de Investimentos em Educação Básica

Mais Lidas

"Branca Pura"
Operação apreende 47 quilos de cocaína; carga é avaliada em R$ 650 mil
Criminoso
Polícia investiga incêndio na ponte do Saran na Estrada Parque
Bodoquena
Assentamento é multado em R$ 60 mil por incêndio no Pantanal
Campo Grande
Tesouro Nacional reprova administração do prefeito Marquinhos Trad e secretário