Menu
sexta, 22 de outubro de 2021
Andorinha - Setembro e Outubro
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Concen pede ação da Polícia Civil no combate ao furto de fios de energia em MS

21 setembro 2021 - 08h59Redação

A presidente do Conselho dos Consumidores da Área de Concessão da Energisa MS, Rosimeire Costa, esteve na tarde desta segunda-feira, 20 de setembro, com o delegado-geral da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, Adriano Garcia Geraldo e delegada-geral adjunta,Rozeman Geise Rodrigues de Paula. Na ocasião, protocolou uma carta solicitando “especial combate aos furtos de cabos da rede de energia elétrica de Mato Grosso do Sul”.

No caso do furto de fios da rede de energia, além dos graves riscos de acidente, o prejuízo também recai sobre o consumidor nos reajustes tarifários anuais (RTAs), computado como “perdas não técnicas”. 

“Embora seja um crime de menor potencial ofensivo, esperamos que as ações da Polícia Civil, que já ocorrem por meio de operações, sejam intensificadas. É importante que as pessoas registrem boletim de ocorrência para que a Polícia possa mapear a ação dos criminosos”, alerta Rosimeire. 
 
As ações dos criminosos vêm sendo registradas por câmeras de segurança de moradores vizinhos de obras e também de residências desocupadas, que estão para locação, por exemplo. Também têm como alvo o poder público, com furtos de tampas de bueiros,  de fios usados em semáforos, além de lixeiras e outros itens de metal. 
 
O Concen ressalta que o valor de mercado dos metais, em especial do cobre, é um chamariz para envolvidos nos crimes, por isso é preciso atuar junto aos receptadores e identificar toda a cadeia envolvida no crime até a ponta, ou seja, quem absorve o material produto de fruto. 
 
Além do furto de fios, o consumidor também arca com as perdas geradas pelo furto de energia elétrica, que para o processo de RTA de 2021 somou R$ 48,9 milhões, sem contar incidência de impostos. O volume de energia furtada  na área de concessão da Energisa de Mato Grosso do Sul seria suficiente para abastecer 107 mil residências por um ano, ou uma cidade como Corumbá por um mês. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Região Central
PM prender autor de furto e recupera objetos
Outubro Rosa
Bia Cavassa faz doação em apoio a campanha Lenço Solidário
Colônia do Bracinho
Pantaneiro denuncia construção de barragem no Rio Taquari
11.817 mil testes analisados
Estudo da Janssen na região de fronteira mostra eficácia de 50% da vacina e redução de 90% em óbitos
Oportunidade
Inscrições abertas para concurso público de procurador do Estado, com salário de R$ 25 mil
Agenda Política
Presidente Regional do Democracia Cristã visita cidades do interior de MS
Retomada da Economia
Setor de bares e restaurantes aumenta as contratações e retoma movimento
246 quilos de cocaína
Dracco assume investigação da queda do helicóptero do tráfico em Ponta Porã
Dois brasileiros foram presos
Denunciado por participação no roubo de aeronaves em Aquidauana é preso na Bolívia
Imunização
Veja quem pode se vacinar contra Covid em Corumbá nesta quinta e sexta

Mais Lidas

Qualificação
Ministério da Educação anuncia formação para professores da educação infantil
Previsão Meteorológica
Tempo fica firme, mas nova frente fria promete mais chuva para o final de semana
Acidente de Trânsito
Mulher sofre fratura na perna em queda acidental de moto
Destaque
Vereador pede fim do toque de recolher e do uso de máscara em ambientes abertos