Menu
domingo, 25 de julho de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Expresso Mato Grosso - Promoção de Junho
Geral

Com duas categorias, Prefeitura divulga resultado do Concurso de Andores Juninos

23 junho 2021 - 13h31PMC

A Prefeitura de Corumbá, por meio da Fundação da Cultura e do Patrimônio Histórico, divulga o resultado final do Concurso de Andores de São João 2021. Neste ano, o evento foi totalmente online e dividido em duas categorias: Tradicional e Originalidade. Em ambas, a premiação do 5º ao 1º colocado vai de R$ 500 a R$ 1.000,00.

Na categoria Tradicional, o vencedor foi o andor Andor “Tradição e fé”, de Karla Helena Bastos dos Santos (Dona Epifânia), que somou 1.616 pontos. Em segundo ficou o “São João de fé, alegria, paz esaúde”, de Alisson Assunção Vieira da Cunha, com 1.388 pontos. Com 785, o “Festa de São João de volta às origens”, de Dilza Maria Franco, foi o terceiro.

Na quarta colocação ficou o andor “São João, rogai por nós”, de Tatiana Amorim, com 688 pontos, e na quinta o “São João milagroso”, de Denilce Fátima de Oliveira Rojas, que somou 647 pontos.

Já na categoria Pluralidade, o vencedor foi o andor “São João da Terra”, de Bianca Machado “Shá Onça”, com 1.614 pontos. Na segunda colocação ficou “Nhô Zamo”, de Catarina de Souza Nunes, com 780 pontos. Nilza Hellensberger, com o andor “A nossa vitória”, ficou a na terceira colocação com 739 pontos.

Com 732 pontos, o andor “São João, o maior casamenteiro da cidade”, de Mayara Luíza Silva Gonçalves, foi a quarta colocada e o andor “São João imuniza Corumbá”, de Elisangela Pinto de Oliveira, foi a quinta classificada com 718 pontos. Os primeiros cinco colocados de cada categoria devem comparecer à sede da Fundação da Cultura e do Patrimônio Histórico de Corumbá, no MUHPAN (entrada pela ladeira José Bonifácio) para uma premiação simbólica.

Classificação

O Concurso de Andores de São João 2021 contou com a participação de 23 andores concorrentes, divididos nas duas categorias. A eleição dos cinco premiados de cada categoria contou com Votação Popular e, também, da análise e respectivos votos dos 10 membros da Comissão Avaliadora. Os dois processos de votação tiveram pesos iguais, portanto cada etapa equivaleu a 50% para o cômputo da nota final.

Foram registradas 2831 respostas ao formulário eletrônico de votação. Como havia a possibilidade de um mesmo eleitor votar em até três andores em cada categoria, a total de votos recebidos foi 3.399 (Categoria Tradicional) e 3.428 (Categoria Pluralidade).

Já os membros da Comissão Avaliadora receberam todas as informações constantes no Edital 004/2021 FCPH, bem como um formulário eletrônico de votação específico para o seu julgamento. Como material de base para avaliação, todos receberam as mesmas fotografias colocadas no site do Banho de São João 2021 e um vídeo curto de cada um dos andores concorrentes, para visualização melhor dos detalhes.

Além de votar, obrigatoriamente, em três andores de cada categoria, os membros da Comissão Avaliadora tinham a opção de tecer comentários no final de cada etapa do formulário. A comissão avaliadora foi composta por 10 membros:

Adelino Antônio da Silva Junior, Artista Plástico; Aguinaldo Tiburcio Soares, Jornalista da TV Morena Corumbá; André Vilela Pereira, Arquiteto e Urbanista, representante da Superintendência do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em Mato Grosso do Sul (IPHAN/MS); Carlos Augusto Espíndola, Professor e Gestor de Projetos da Fundação de Turismo do Pantanal e membro do Conselho Municipal de Política Cultural de Corumbá;

Cryseverlin Dias Pinheiro Santos, Professora de História do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul, Campus de Corumbá; Douglas Alves da Silva, Historiador, servidor da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS); João Carlos de Souza, Doutor em História e Professor aposentado da Universidade Federal da Grande Dourados;

Lucia Monte Serrat Alves Bueno, Mestre em Arte Educação e coordenadora do Museu de Arte Contemporânea (MARCO) de Mato Grosso do Sul; Luciana Scanoni Gomes, Cientista Social e Pesquisadora do Banho de São João; e Márcia Raquel Rolon, Mestre em Estudos Fronteiriços, Educadora Social, e Diretora-Executiva do Instituto Moinho Cultural Sul-Americano.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Seguiriam para Bolívia
Dois veículos que seriam atravessados para Bolívia são recuperados
Mais tempo
Exame toxicológico na emissão de CNH tem prazo ampliado para utilização do laudo
Empreendedorismo
Cinco erros que o empresário deve evitar no Marketing e Vendas
Imunização
Sábado tem vacinação contra Covid até 12h no drive do Poliesportivo
Investigaçã
Famosos em MS, grupos de venda estão 'recheados' de produtos roubados
Saúde
Anvisa suspende estudos clínicos da Covaxin no Brasil
Sorte
Mega-Sena pode pagar R$ 7 milhões no sorteio deste sábado
Cidade Tranquila
Operação conjunta combate crimes fronteiriços em Corumbá e Ladário
Tempo
Ar seco e quente pode marcar o sábado em Mato Grosso do Sul
Acidente
Motociclista fratura clavícula após perder controle em lombada

Mais Lidas

Seguiriam para Bolívia
Dois veículos que seriam atravessados para Bolívia são recuperados
Imunização
Sábado tem vacinação contra Covid até 12h no drive do Poliesportivo
Cidade Tranquila
Operação conjunta combate crimes fronteiriços em Corumbá e Ladário
Mais tempo
Exame toxicológico na emissão de CNH tem prazo ampliado para utilização do laudo