Menu
quarta, 22 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Câmara aprova Projeto de Lei que prevê qualificação de mão-de-obra feminina

08 maio 2019 - 08h53Câmara de Corumbá

Projeto de Lei que institui Política Pública Pró-Mulher de Qualificação de Mão-de-Obra Feminina, foi aprovado ontem, terça-feira, 07 de maio, pela Câmara Municipal de Corumbá. A proposta é do vereador Tadeu Vieira e segue agora para apreciação do Poder Executivo.

O Projeto foi aprovado por uma unanimidade e, conforme o vereador, vai atender, prioritariamente, a mulher que tenha sob sua responsabilidade a direção, administração ou manutenção familiar, e que se encontre desempregada, ou em condições precárias de trabalho (mercado informal).

“É uma necessidade premente e a proposta que apresentamos, vai ao encontro dos anseios da população feminina”, comentou. Lembrou ainda que a qualificação proposta, vai permitir melhores condições de inserção da mulher no mercado, principalmente aquelas que sofrem algum tipo de violência doméstica, e acabam criando os filhos sozinhas, sustentando a casa, “evitando inclusive que os filhos sejam encaminhados para abrigos. Queremos evitar que isso aconteça, dando condições para essas mulheres ingressarem no mercado de trabalho”.

“O Projeto de Lei aprovado, incentiva o poder público municipal a trabalhar para mudar a realidade atual, na medida que alia o alto número de vagas de curso já ofertados pelo Município, vinculando-os as mulheres cadastradas no projeto. Outra vertente do projeto propõe a realização de um cadastro com empresas para captação e direcionamento de vagas a mulheres, em especial aquelas que são chefes de família”, explicou.

A proposta de Tadeu é que o a Política Pública Pró-Mulher seja desenvolvida, implantada e executada pelos órgãos municipais competentes, podendo estabelecer parcerias com outras secretarias e demais órgãos municipais, estaduais e federais.

Prevê também que os executores poderão celebrar convênios com universidades, empresas públicas ou privadas e organizações não governamentais, visando a implantação e a execução do projeto, inclusive com a criação, manutenção e atualização de banco de dados contendo um amplo cadastro não só do público alvo, mas também das empresas públicas ou privadas, órgãos e entidades públicas, universidades e organizações não-governamentais; bem como um cadastro sobre a oferta de emprego destinada as mulheres.

A proposta vai possibilitar a qualificação da mão-de-obra feminina, encaminhando as mulheres cadastradas para cursos que promovam a melhoria do nível educacional e cultural, assim como para cursos profissionalizantes, observando-se os parâmetros e a aptidão profissional da demanda; de empregos oferecidos pelos parceiros do projeto; divulgação constante sobre a oferta de empregos e cursos de qualificação, por meio de parceria com a imprensa em geral e com o Sistema Nacional de Emprego (SINE); e a geração de emprego, incentivo e fomento a formação de cooperativas de trabalho.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Serviço
Sesc inaugura nova unidade em Corumbá
Arma Apreendida
Polícia prende autor após perseguição e troca de tiros no Cristo Redentor
Em Campo Grande
MDB filia novos membros para juventude do partido
Luto
Armando Anache morre aos 91 anos no Rio de Janeiro
Campanha
Corumbaense pode descartar medicamentos em drive thru nesta quinta (23)
Em Corumbá
Abertas as inscrições para o Festival Internacional de Pesca Esportiva
"Dark Money"
Operação cumpre mandados contra esquema que desviou mais de 23 milhões dos cofres de Maracaju
Só piora
Cinco incêndios urbanos foram registrados nas últimas 24 horas
Fazendo xixi
Mulher cai em ribanceira de 10 metros na Avenida General Rondon
Vento Forte
Figueira cai sobre residência e danifica rede elétrica no Loteamento Pantanal

Mais Lidas

Naviraí
Casal preso por tráfico de aves silvestres recebe multa de R$ 2,5 milhões da PMA
243 anos
Corumbá celebra aniversário com retomada de desenvolvimento
21 de setembro
Incêndios continuam e Corumbá não tem motivo para celebrar o dia da árvore
Tempo
Inverno se despede com temperaturas acima dos 40°C e umidade do ar em níveis críticos