Menu
quinta, 28 de outubro de 2021
Cassems - Melhores e Maiores - Edição 2021
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Assomasul reafirma no MPE orientação de seguir decreto do governo contra a Covid-19

12 março 2021 - 09h27Da Redação

A Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul) reafirmou nesta quinta-feira (11) em evento no MPE-MS (Ministério Público do Estado), em Campo Grande, sua posição de orientar os prefeitos a seguirem o decreto do governo estadual com medidas restritivas contra a Covid-19 (novo coronavírus).

Editado na quarta-feira (10) pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB), o decreto institui, entre outras normas, o toque de recolher, das 20 horas às 5 horas, em todos os municípios do Estado.

Com isso, fica proibida a circulação de pessoas e de veículos, salvo em razão de trabalho, emergência médica ou urgência inadiável.

Como o tema é polêmico e divide opiniões, uma vez que cada região tem a sua peculiaridade, o MPE-MS decidiu reunir autoridades públicas para ouvir de cada uma seu posicionamento.

Durante a reunião, o MPE-MS avisou que vai agir forte na fiscalização em favor do cumprimento da lei e pediu a integração de todos para que cumpram exemplarmente o decreto governamental.

O prefeito de Terenos, Henrique Wancura Budke, representou no ato o presidente da Assomasul, Valdir Júnior, que cumpre agenda oficial em Nioaque, cidade que administra. Ele estava acompanhado do diretor-geral da Assomasul, Rogério Rosalin.

Ao fazer uso da palavra, Henrique Budke disse que, apesar de posições divergentes entre os gestores, a diretoria da entidade municipalista orientou adotar medidas semelhantes em todos os municípios do Estado.

Na quarta-feira (10), o presidente Valdir Júnior assinou nota oficial, publicada no site da Assomasul, contendo os motivos pelos quais a entidade decidiu apoiar as normas editadas pelo governador.

Após o encontro, o prefeito de Terenos alertou aos demais colegas a respeito do não cumprimento do decreto.

“Boa noite amigos, acabamos de sair da reunião no MP, ficou decidido que os municípios devem seguir na íntegra o decreto estadual. O não seguimento pode implicar em ação do MP, e o decreto será revisto em 7 dias”, escreveu ele no grupo de WhatsApp dos prefeitos.

NOTA OFICIAL

Em nota técnica, a Associação expõe uma série de fatores e orienta os prefeitos a seguirem tais determinações, lembrando, entre outros aspectos, que as autoridades em saúde pública regionais, que por intermédio do ofício nº 1.152/GAB/SES/2021, de 8 de março de 2021, recomendaram a adoção de medidas restritivas de mobilidade no território sul-mato-grossense.

"Orienta que os municípios associados cumpram às medidas de prevenção estabelecidas no Decreto Estadual nº 15.632, tendo em vista seu manifesto caráter de proteção à saúde e a segurança sanitária e epidemiológica, a fim de que a atual crise sanitária possa ser conduzida de forma harmônica entre os Entes da Federação, evitando-se maiores e mais graves prejuízos sociais e econômicos.

A Assomasul considera ainda "a relevância da colaboração dos gestores públicos municipais para efetividade das medidas sanitárias de enfrentamento à disseminação da Covid-19, com o desenvolvimento de planejamento regional e local harmônico, aptos à consecução de ações e políticas eficazes, direcionados a promover o gerenciamento das situações críticas e evitar danos ainda maiores"

"Por fim, a Assomasul permanecerá acompanhando todas as novas deliberações a respeito do tema, sem prejuízo de posterior mudança de entendimento e adoção das medidas necessárias", acrescenta o texto assinado pelo presidente Valdir Júnior.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Sexta e Sábado
Bairros Cervejaria e Guatós recebem mutirão da dengue
Consumidor
Carne bovina deve ficar mais barata com suspensão das exportações para a China
Alerta
Aneel inicia processo para reajuste e Energisa pode cobrar R$ 463 milhões de consumidores em MS
Apoio
Bia Cavassa destina R$ 150 mil para projeto direcionado a população LGBTQIA+ de MS
Ronda Policial
Evadido é capturado com trouxinhas de pasta base no bairro Aeroporto
Últimos dias de Pesca Aberta
Operação Dia de Finados da PMA intensifica fiscalização à pesca predatória
Bombeiros
Queda de árvore danifica muro e telhado de casa no bairro Universitário
Segurança
Vereador busca informações sobre condições atuais do Arthur Marinho
Reconhecimento
Câmara de Corumbá homenageia servidores públicos pelo seu dia
Operação Hefesto
Novos focos de incêndio são identificados em pelo menos três regiões

Mais Lidas

Qualificação
Senac Corumbá abre inscrições para cursos nas áreas da informática, saúde e beleza
Apelo Popular
MPT-MS vai investigar assédio moral de gerente que humilha funcionário em Carrefour da Capital
Inicio do Defeso
Última semana para pesca nos rios de Mato Grosso do Sul
Formalização
Corumbá lança campanha de incentivo ao cadastro de profissionais do setor de turismo