Menu
quinta, 20 de junho de 2024
Câmara - Queimadas 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Geral

Além da morte do motorista, seis passageiros ficaram feridos na colisão com ônibus clandestino

Ônibus transportava cerca de 40 bolivianos, sem documentação legal para entrar no país

29 setembro 2022 - 08h13Gesiane Sousa

As últimas informações sobre a colisão entre o ônibus que realizava transporte clandestino de bolivianos e uma carreta na BR 262, na tarde de ontem (28), é que além de resultar na morte do motorista do coletivo Francisco Rodolfo Krabbe Junior, de 52 anos, outras seis pessoas ficaram feridas.  As vítimas foram encaminhadas para unidades de saúde em Corumbá e ainda não há mais detalhes sobre o quadro clínico de cada uma delas.  

Entre os feridos está o ajudante de motorista, de 46 anos. Os dois trabalhadores dividiam a condução do ônibus de transporte de passageiros fretado, que tinha como destino São Paulo, mas acabou sendo atingido por uma carregada de minério no trevo que dá acesso à região de Maria Coelho, a cerca de 30 quilômetros de Corumbá, onde o trânsito requer atenção devido o trafego de grande número de veículos pesados de carga. 

Com a força do impacto, Francisco Rodolfo, o motorista do ônibus, morreu na hora preso entre às ferragens. Já o condutor da carreta não se feriu. Ele foi encaminhado para prestar esclarecimentos na 1ª Delegacia de Polícia Civil de Corumbá. 

De acordo com informações apuradas pelo Capital do Pantanal cerca de 40 bolivianos, sem documentação legal para entrar no país, seguiam viagem no coletivo considerado clandestino.  

Fiscalização não atende a demanda 

Apesar da ANTT afirmar que realiza ações de combate ao transporte não-autorizado interestadual de passageiros, no eixo que liga Corumbá aos dois principais pontos de entrada no estado de São Paulo (Três Lagoas e Bataguassu), a fiscalização não é suficiente para frear os ônibus que saem diariamente de Corumbá transportando imigrantes, em grande maioria clandestinos no país.  

De acordo com a ANTT, em 2022, até o dia 31 de agosto, 102 veículos com irregularidades foram apreendidos, e 342 autos de infração foram confeccionados através de fiscalizações realizadas por fiscais de agência.  

O Capital do Pantanal, em sua responsabilidade social, cobra por medidas enérgicas das autoridades fiscalizadoras e reguladoras do trânsito e transporte rodoviário, tragédias decorrentes da clandestinidade continuam acontecendo com frequência cada vez menor.   

Deixe seu Comentário

Leia Também

Meio Ambiente
Falta de navegabilidade já impacta atuação de combate ao fogo no Pantanal
Programação
Arraial do Banho de São João em Ladário acontece de 20 a 23 de junho
Estado
Aprovados no concurso público da Saúde de MS são convocados para posse
Incêndios
Reunião entre Governo do estado e MMS alinham ações para ampliar atuação no Pantanal
Queimada
Fogo cresce na região do Bracinho e brigada da Apa Baía Negra fica sob alerta
Emprego e Renda
Vereador sugere estrutura para transformar terminal em um centro comercial
Maus Tratos
Civil resgata cães abandonados em imóvel fechado no bairro Guatós
Arraial
Termina hoje inscrição para Concurso de Quadrilhas; Andores e Miniandores prazo é amanhã
Ladário
Incêndio atinge região da Apa Baía Negra
Confira
Banho de São João faz mudanças no trânsito de Corumbá

Mais Lidas

Bombeiros
Plantão registra cinco enxames de abelhas e três incêndios em terrenos baldios
Queimadas
Fogo destrói ponte de madeira na Estrada Parque
Queimada
Fogo cresce na região do Bracinho e brigada da Apa Baía Negra fica sob alerta
Dsdobramentos
Prefeitura divulga resultado preliminar da avaliação psicológica do Concurso da Guarda Municipal