Menu
quarta, 24 de abril de 2019
Câmara - Basta! Feminicídio não!
Andorinha - Viaje para Campo Grande com a Andorinha
Geral

Número de confirmações de influenza dobra após 1ª morte do ano

16 abril 2018 - 08h54G1

O número de confirmações de influenza em Mato Grosso do Sul dobrou desde o registro da primeira morte, divulgado pelo boletim epidemiológico da Secretaria do Estado de Saúde (SES) no dia 22 de março. Agora são seis confirmações, sendo cinco em Campo Grande, de acordo com a SES.

A morte ocorreu na capital sul-mato-grossense, onde foi registada a maioria dos casos. A mulher de 58 anos não se imuniza desde 2010, segundo a Secretaria Municipal de Saúde. Ela morreu em 17 de março com H3N2, seis dias depois de apresentar os primeiros sintomas.

Além dela, já havia a confirmação de H3N2 na cidade e uma situação de gripe A em Jardim, município na região sul do estado. Agora há confirmação de dois casos de influenza B e outro de H1N1 em Campo Gande, conforme o último boletim divulgado na sexta-feira (13).

A gripe é uma doença respiratória causada pelo vírus influenza que provoca febre, tosse, dor de garganta, dores no corpo e mal estar. O maior gravidade da infecção pelo vírus influenza são as complicações como pneumonias, dificuldades respiratórias que podem levar à internação e até mesmo ao óbito.

Campanha

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, em Mato Grosso do Sul, tem como público alvo imunizar 737.395 mil pessoas a partir do dia 23 de abril. A meta é vacinar pelo menos 90% do público alvo, o que representa 663.656 mil pessoas.

Segundo a SES, a campanha vai até o dia 1° de junho e no dia 12 de maio será realizado o dia de mobilização nacional, o Dia D. Para os demais grupos, a campanha estará disponível apenas no dia 21 de maio.

Fazem parte do público alvo: crianças de 6 meses a menores de 5 anos, gestantes, puérperas, professores, profissionais da saúde, povos indígenas, indivíduos com 60 anos ou mais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população carcerária e funcionários do sistema prisional, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais independente da idade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Capacitação
Senac MS lança programa de qualificação voltado para o comércio
Defesa do consumidor
Passageiros da Avianca, com voos cancelados, devem ser reembolsados
Policial
Homem é preso por furtar chinelo e desodorante em mercado
Policial
Assalto em dois Postos de combustíveis em Corumbá
Essa madrugada foi de intensa movimentação da Polícia Militar entretanto, não conseguiu localizar os assaltantes
Policial
PM prende dois foragidos da justiça nas últimas horas
Policial
Vendedora de ‘paradinha’ é presa com a ‘boca na botija’ pela PM
Alarme falso
Sobrecarga elétrica pode ter disparado alarme de incêndio no hospital da Cassems
Emergência Médica
Marinha socorre criança doente na região do Taquari
Devido a ‘baceiros’ no leito do rio a única maneira de deslocamentos é através de aeronaves
Oportunidade
IFMS abre 560 vagas para cursos técnicos a distância
Crime ambiental
PMA apreende redes de pesca e liberta peixes dos petrechos ilegais

Mais Lidas

Agrotóxicos
Conselho Estadual elabora plano para difusão do Manejo Integrado de Pragas em MS
Ranking
Na contramão da crise, MS fica entre os Estados com investimentos em 2019
Água e Esgoto
Câmara autoriza início das conversações para renovação de concessão com a Sanesul
Política
Após reunião com governo, caminhoneiros descartam paralisação