Menu
sábado, 24 de julho de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Expresso Mato Grosso - Promoção de Junho
Geral

Vereador solicita informações da Prefeitura sobre gastos com pessoal

24 outubro 2018 - 10h41Câmara de Corumbá

O vereador Gabriel Alves de Oliveira está solicitando informações por parte da Prefeitura Municipal, necessárias para acompanhar os gastos com pessoal conforme o que determina a Lei Nº 101/00 (Lei de Responsabilidade Fiscal - LRF).

O pedido foi feito durante sessão ordinária do Poder Legislativo, por meio de requerimento direcionado ao prefeito Marcelo Iunes, com providências ao secretário de Finanças e Gestão, Mário Sergio Aguiar Siqueira.

O vereador, no documento, deseja saber quais medidas foram tomadas pelo Poder Público Municipal e, principalmente, pela Comissão de Controle Financeiro (COFIN), no intuito de reduzir o percentual com gastos de pessoal, tendo em vista que o Relatório de Gestão Fiscal do 2º Quadrimestre, publicado no Diário Oficial de Corumbá, em 28 de setembro de 2018, revelou percentual de 53,13% com gastos de pessoal, acima do Limite Prudencial previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal.

Outra informação solicitada se refere ao artigo 13 do Decreto Nº 1.985/2018, que estabelece medidas de preservação do equilíbrio das contas públicas, contenção, redução e controle de gastos e institui a Comissão de Controle Financeiro, responsável sobre a revisão salarial e reajuste geral anual.

“Estamos solicitando informações, mesmo com o índice acima do Limite Prudencial, sobre a existência de estudos ou mesmo de projeto para o reajuste a título de revisão geral, dos vencimentos dos servidores públicos, uma vez que a data-base para a concessão do benefício foi em maio, conforme prevê o Estatuto dos Servidores Municipais”, observou.

Gabriel pede ainda informações sobre o cumprimento do Artigo 4º do Decreto Nº 1.985/2018, tendo em vista que as nomeações em cargos de comissão, conforme o Diário Oficial de Corumbá, continuam acontecendo, mesmo sendo veiculado que estariam suspensas durante a vigência do Decreto.

O vereador explicou que o requerimento apresentado tem por finalidade “exercer, de forma ampla, a atribuição de fiscal que cabe o vereador, em acompanhar os gastos com pessoal sob o ponto de vista fiscal da LRF, uma vez que o descontrole dos gastos com pessoal, além de causar desequilíbrio fiscal, causa impactos negativos nos investimentos públicos básicos como saúde, educação, segurança e infraestrutura”.

“A preocupação com o reajuste faz ainda mais sentido, pois estamos no mês que comemora o Dia do Servidor Público (28 de outubro) que ficou prejudicado sem ter o reajuste de acordo com os índices oficiais da inflação, sendo que Corumbá amargou uma greve dos professores municipais motivadas pela não concordância com os índices de reajuste apresentados à época pela Administração Municipal”, continuou em sua justificativa.

Lembrou ainda que “a proposta amplamente noticiada pela imprensa local dava conta que séries de medidas seriam tomadas a fim de diminuir o índice de gastos com pessoal, para que pudesse apresentar nova proposta de reajuste em setembro. Passado o mês prometido, os servidores municipais aguardam um posicionamento”, prosseguiu.

Gabriel informou também que “uma das principais fontes de receita do Município, o ICMS – Estadual, através de dados coletados no site do Banco do Brasil, nesse 2° Quadrimestre, arrecadou R$ 68 milhões, R$ 13 milhões a mais que no mesmo período em 2017, não cabendo justificar esse índice de 53,13% com queda de arrecadação”, concluiu.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Seguiriam para Bolívia
Dois veículos que seriam atravessados para Bolívia são recuperados
Mais tempo
Exame toxicológico na emissão de CNH tem prazo ampliado para utilização do laudo
Empreendedorismo
Cinco erros que o empresário deve evitar no Marketing e Vendas
Imunização
Sábado tem vacinação contra Covid até 12h no drive do Poliesportivo
Investigaçã
Famosos em MS, grupos de venda estão 'recheados' de produtos roubados
Saúde
Anvisa suspende estudos clínicos da Covaxin no Brasil
Sorte
Mega-Sena pode pagar R$ 7 milhões no sorteio deste sábado
Cidade Tranquila
Operação conjunta combate crimes fronteiriços em Corumbá e Ladário
Tempo
Ar seco e quente pode marcar o sábado em Mato Grosso do Sul
Acidente
Motociclista fratura clavícula após perder controle em lombada

Mais Lidas

Sem contrato
Santa Casa de Corumbá perde serviço de Urologia
Investigação
Caso Maria Stella Coimbra: jovem teria fotografado documento do suposto estuprador
Acidente
Motociclista fratura clavícula após perder controle em lombada
Município
Decreto prorroga por mais 14 dias medidas para diminuir contaminação pela Covid-19