Menu
quarta, 20 de janeiro de 2021
Andorinha Janeiro/Fevereiro
Andorinha Janeiro/Fevereiro Mobile
Geral

Vereador reivindica placas de sinalização dos espaços públicos na cidade

09 abril 2018 - 09h46Câmara de Corumbá

A ausência de placas sinalização dos espaços públicos existentes na área urbana de Corumbá fez com que o vereador Manoel Rodrigues solicitasse à Prefeitura, a execução de um projeto que visa a organização e oficialização desses locais, com numeração desses imóveis, bem como nomes dos logradouros públicos.

O pedido foi dirigido ao prefeito Marcelo Iunes, bem como ao secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Ricardo Ametlla. Segundo o vereador, é preciso um projeto para a organização e oficialização dos espaços públicos urbanos.

Ele cita que é preciso numerar os imóveis, além de denominar as avenidas, ruas, alamedas, becos, escadarias, praças, morros, entradas de assentamentos, etc., em todos os bairros que não contam com essa padronização, como forma de melhor orientar os pedestres, motoristas, turistas e também para os serviços de correios e entrega de comércio.

Recapeamento

Manoel solicita também o recapeamento das Ruas Nelson Dib, Comandante Wanderlei, Eugênio Cunha e Manoel Pereira, Alamedas São Cristóvão e Adelina, todas localizadas entre a Avenida Rio Branco e a Rua Afonso Pena, no Bairro Universitário, que se encontram em condições precárias, com buracos e pavimento desgastado em vários trechos. “Para a melhoria urbana, se faz necessária a restauração dessas vias”, pediu.

Outra reivindicação, também à Infraestrutura, foi a remoção de pedras que estão acumuladas em um terreno particular na Rua Edu Rocha, entre as Ruas Pernambuco e Ceará, no Bairro Guarani, atrás do barracão de Zinco. Ele explicou que após execução de obras no local, as pedras foram depositadas no terreno e a proprietária está solicitando a remoção, já que vai construir sua casa.

O vereador solicita ainda serviços de capina, poda de árvores e remoção da vegetação atrás da Praça Generoso Ponce. “Trata-se de um local bastante frequentado por turistas e pela nossa população, é um dos cartões postais da nossa cidade, mas a vegetação impede a visibilidade da beleza do Pantanal, além de acumular sujeira, propício para surgimento de animais peçonhento, e estar se transformando em um depósito de lixo de animais mortos, entre outras coisas”, justificou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Pandemia ainda não acabou: MS registra mais de mil casos em apenas um dia
GERAL
Batida de carro e moto deixa criança ferida no Popular Nova
POLICIAL
PRF recupera dois veículos em MS que seriam levados para a Bolívia
JUSTIÇA
Alexandre de Moraes nega HC para anular seis prisões e mandar Jamil Name para casa
p
ECONOMIA
Preço da gasolina começa o ano acima do valor registrado em todos os meses de 2020
Combustível está 19,5% acima da média do mês com preços mais baixos de 2020
DEFESA CIVIL
Com previsão de mais chuva, Defesa Civil orienta população que mora em áreas de risco
EDUCAÇÃO
Professores dão dicas para o segundo dia de provas do Enem
GERAL
MPT divulga nota técnica sobre medidas de proteção a trabalhadoras gestantes
GERAL
Comando do 6º Distrito Naval abre inscrições para concurso de nível superior
GERAL
INSS: prova de vida de aposentados é suspensa até fevereiro

Mais Lidas

POLICIAL
Empresário de MS é preso durante Operação da Polícia Civil contra crime organizado
SAÚDE
Servidora há 30 anos, Vitória aplicou primeiras doses da vacina contra COVID-19 em Corumbá
PRIMEIROS IMUNIZADOS
Corumbá e Ladário já tem os primeiros imunizados contra a Covid-19
GERAL
Justiça do Trabalho leva sinal de internet para guatós que vivem isolados no Pantanal