Menu
quinta, 05 de agosto de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Expresso Mato Grosso - Maio
Geral

Vereador propõe inclusão de noções básicas da Lei Maria da Penha na matriz curricular

07 agosto 2019 - 09h49Câmara de Corumbá

Projeto de Lei que dispõe sobre a inclusão da temática contra a violência às mulheres e meninas nas escolas da Rede Municipal de Ensino de Corumbá foi apresentado na sessão de ontem, terça-feira, 07 de agosto, do Poder Legislativo corumbaense, pelo vereador Manoel Rodrigues.

A ideia do vereador é que, a partir do próximo ano letivo, as escolas da Reme incluam, em caráter complementar, na respectiva matriz curricular, base diversificada ou diretriz curricular municipal, conteúdo programático de informação e orientação sobre prevenção e combate à violência às mulheres e meninas, tornando obrigatório o ensino de noções básicas sobre a Lei Maria da Penha.

Segundo o vereador, “será uma forma de impulsionar as reflexões sobre o combate à violência contra a mulher, conscientizar crianças, adolescentes, jovens e adultos, estudantes e professores que compõem a comunidade escolar, da importância do respeito aos Direitos Humanos, notadamente os que refletem a promoção da igualdade de gênero, prevenindo e evitando, dessa forma, as práticas de violência contra a mulher”.

O Projeto de Lei prevê que, se aprovado, será executado por meio de uma parceria entre a Secretaria Especial de Cidadania e Diretos Humanos e a Secretaria de Educação de Corumbá, bem como com outras entidades governamentais e não governamentais, ligadas às temáticas da Educação e dos Direitos Humanos.

Cita ainda que as equipes das escolas deverão ser capacitadas de forma contínua e permanente quanto às estratégias metodológicas no desenvolvimento do trabalho pedagógico sobre o tema, com apoio do da Coordenadoria de Políticas Públicas para Mulheres e demais instituições de fortalecimento à implementação das políticas para mulheres.

O conteúdo programático será desenvolvido conforme currículo de cada unidade de ensino, com a realização de uma programação ampliada específica em alusão ao Agosto Lilás. Os conteúdos referentes a informação e orientação sobre prevenção e combate à violência às mulheres e meninas, noções básicas sobre a Lei Maria da Penha, serão ministradas conforme o currículo de cada unidade de ensino.

O Projeto de Lei foi apresentado justamente no dia 07 de agosto, data em que a conhecida Lei Maria da Penha foi assinada 13 anos atrás (Lei nº 11.340, de 07 de agosto de 2006), uma merecida homenagem à mulher que se tornou símbolo de resistência a sucessivas agressões de seu ex-companheiro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

9 de agosto
Evento virtual do IFMS abordará o Dia dos Povos Indígenas
3ª edição
Neste sábado tem Feira Segura com produtores de assentamentos
Incentivo
Pista de skate do Poli pode ganhar reforma após destaque do esporte nas Olímpiadas
Legislativo
Recuperação asfáltica e fornecimento de água no São Gabriel são pautas na Câmara Municipal
Volta às Aulas
Legislativo investiga qualidade da merenda nas escolas do município
Vacinação
Butantan recebe matéria-prima para 8 milhões de doses de vacina
Força Tarefa
Detran-MS abre mais de 200 vagas para exames teóricos em Corumbá
Dia Nacional da Saúde
Estado apresenta balanço positivo nos investimentos em hospitais e combate à pandemia
Na madrugada
Rapaz não resiste a facadas e morre no Pronto Socorro
Na Capital
Foragido é recapturado com drogas, arma e munições

Mais Lidas

Como fica?
Universidades de MS devem manter aulas presenciais suspensas até o fim do ano
De volta!
Câmara de Corumbá adota medidas mais flexíveis e retoma atendimento presencial
Arte Popular
Jardim do Artesanato expõe e comercializa trabalhos de artesões da cidade
Fiscalização
Vereador solicita inclusão de Corumbá na CPI da Energisa na Assembleia