Menu
segunda, 19 de abril de 2021
Andorinha Fevereiro
Andorinha Fevereiro
Geral

Vereador pede solução para problemas de sinal de internet em Corumbá

21 fevereiro 2018 - 09h45Assessoria de imprensa

As constantes oscilações e quedas de sinal de internet estão causando transtornos em Corumbá, com prejuízos direto para a população local, como também aos turistas que visitam a região. A situação tem preocupado a Câmara Municipal e isto levou o vereador Chicão Vianna a cobrar uma posição das empresas de telefonia para buscar uma solução para os problemas que vem ocorrendo já há algum tempo.

Durante sessão ordinária da Câmara, o vereador solicitou por meio de requerimento, a elaboração de um estudo detalhado do sistema atual, no que se refere a suporte técnico, suporte de sinal e pessoal da Empresa de Telefonia OI em Corumbá, apresentando nesse estudo as possíveis soluções para o frequente problema de sinal na região.

O vereador lembrou que o estudo foi solicitado à Oi, pelo fato dela ser a principal fornecedora e prestadora do serviço de internet da cidade, e que deve prestar “um serviço com qualidade que se espera”.

“A oscilação e queda constante do sinal, além de prejudicar os usuários comuns de telefonia fixa, móvel, internet e tv, também prejudica todo comércio, indústria e as repartições públicas da região, causando prejuízos de larga escala. É necessário um posicionamento por parte dessa empresa, no sentido de apresentar um plano de melhoria na prestação de seus serviços”, continuou.

Chicão cita que o sinal fraco da internet móvel e a ausência dele, independente da operadora de telefonia, tem gerado dor de cabeça para os usuários. “Recentemente, durante o carnaval, os turistas também tiveram o mesmo problema e é preciso uma solução definitiva”, cobrou.

Como se sabe, em Corumbá, a operadora Oi é a responsável por toda a fibra óptica que fornece a internet que oscilado de forma constante. Chicão já adiantou que, devido à insatisfação geral dos usuários, vai procurar o Procon para solicitar uma audiência com a Oi e, se necessário, fazer uma CPI junto com o Procon e o Ministério Público Estadual (MPE). “A gente paga por esse sinal e devemos recebê-lo. Com a oscilação da internet, a população fica a Deus dará, inclusive os turistas que chegam a nossa cidade”.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLICIAL
Homem é preso por crime de ameaça e apreende arma de fogo
CORONAVÍRUS
Covid-19 tem leve estabilidade, mas patamar continua alto
GERAL
Farmacêutico e agente de farmácia são convocados em processo seletivo do HRMS
POLICIAL
Homem é preso por violência doméstica no bairro Popular Velha
DETRAN
Detran-MS abre leilão de sucata aproveitável nesta terça-feira com 260 veículos
POLICIAL
PM de Corumbá realiza visita surpresa em aniversário de menino fã da corporação
ECONOMIA
Atividade econômica cresce 1,7% em fevereiro, diz BC
SAÚDE
Anvisa autoriza novo ensaio clínico de vacina contra covid-19
EDUCAÇÃO
Começa hoje o prazo para matrículas em chamada única do Sisu
TURISMO
Fundação de Turismo divulga 2º boletim do Observatório do Turismo Meios De Hospedagem

Mais Lidas

GERAL
Presos brigam em cela e um acaba morto em presídio de MS
PANTANAL
Com mais de 50 programas, apresentador divulga belezas do Pantanal na TV
CORONAVÍRUS
Coronavírus: variante P1 já é predominante em Mato Grosso do Sul
SAÚDE
Com mais um drive thru na Praça CEU, Prefeitura retoma vacinação contra a Covid-19