Menu
terça, 16 de abril de 2024
Andorinha - Novos ônibus - agosto 2023
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

Vereador pede disponibilização de sessões eleitorais em áreas remotas do Pantanal

02 abril 2024 - 10h59Assessoria, Câmara de Corumbá

O vereador Nelsinho Dib busca junto ao Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul, a disponibilização de sessões eleitorais em regiões remotas do Pantanal corumbaense, para atender o eleitorado residente principalmente na região das águas.

A solicitação foi feita direto ao desembargados Paschoal Carmello Leandro, para que realizados todos os estudos, análises, tratativas e encaminhamentos necessários e cabíveis, para que eleitores residentes nestas regiões de difícil acesso, tenham garantido seus diretos de voto.

Explicou que isso vai atender comunidades rurais tradicionais e ribeirinhas, como agricultores, pescadores, catadores de iscas, quilombolas, peões e outros trabalhadores das inúmeras fazendas existentes no Pantanal, e que encontram dificuldades de locomoção para a região urbana de Corumbá, em dias de eleição.

“Sem sessões eleitorais, estas pessoas acabam impedidas de exercer o direito ao voto e, dessa forma, acabam excluídos da participação na grande festa da democracia, restando-lhes ficar alijados em sua cidadania”, enfatizou, diante das dificuldades em custear as viagens até a cidade, que são bastante onerosas.

Escadinha da 15

Informações referentes às obras de conclusão, inclusive dos serviços de estabilização da encosta da conhecida Escadinha da 15 de Novembro, é o que busca o vereador Nelsinho Dib junto à Prefeitura, de forma que um dos principais espaços públicos que liga o centro ao Porto Geral, possa voltar a ser utilizado pela população.

A solicitação do vereador foi feita durante sessão ordinária de ontem, segunda-feira, 1º, na Câmara, e direcionada ao prefeito Marcelo Iunes. No documento ele busca informações sobre a conclusão de todos os serviços, conforme o que consta no processo n.º 13.518/2023 (dispensa de licitação), e no contrato administrativo de execução de obras e serviços de engenharia n.º 046/2023, firmando entre a Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos e a empresa 2D Construção e Segurança Ltda., no valor de R$ 440.875,25, com prazo de conclusão de cinco meses.

“O término completo dessa obra possibilitará que outras intervenções aconteçam no mesmo local, como a reforma e adequação referentes à acessibilidade da escadinha, de forma que, esse importante e histórico espaço público de ligação entre o centro e o Porto Geral possa, finalmente, ser devolvido à população corumbaense, assim como àqueles que visitam a nossa cidade”, comentou.

Passarela

Em outro requerimento, Nelsinho cobrou informações junto ao Poder Executivo, sobre os motivos da paralisação das obras da passarela elevada sobre a linha férrea, na região do Bairro Previsul, que será importante ligação com os bairros Maria Leite e Padre Ernesto Sassida.

No documento ele busca também informações s obre a retomada da obra e o prazo para sua conclusão. Reforçou que se trata de um importante equipamento público, que vai refletir diretamente na acessibilidade de todos que residem na região.

Recapeamento

Por meio de indicação, Nelsinho solicitou ao prefeito Marcelo Iunes, o recapeamento asfáltico da Rua Cuiabá, trecho entre as ruas Edu Rocha e Marechal Deodoro, no Bairro Dom Bosco, como forma de recuperar o pavimento bastante castigado pelas ações do tempo, e por intervenções por parte da Sanesul, visando correções de vazamentos e outros serviços.

Explicou que a reivindicação partiu dos próprios moradores e de condutores de veículos que trafegam pela via, que reclamam dos buracos existentes, aumentando os riscos de acidentes. Lembrou que no local, acontecem as feiras-livres de quartas-feiras, e que é preciso melhorar as condições da rua, para propiciar condições de trafegabilidade a todos.

Sem energia

À direção da Energisa, Nelsinho Dib solicitou providências no sentido de solucionar problema de falta de energia na localidade conhecida como Porto Morrinho, às margens do Rio Paraguai. Disse ter recebido informações de que desde domingo, dia 31, a comunidade está às escuras, sem energia elétrica, causando transtorno e prejuízos a todos.

O pedido foi direcionado ao gerente local da Energisa, Marcos Antônio Luglio, com cópia ao prefeito Marcelo Iunes. Explicou que recebeu reclamações de moradores dando conta do problema e que o fornecimento de energia foi interrompido em toda a região.

A comunidade questiona o tempo de demora para o restabelecimento do fornecimento, e que isso tem causado problemas como perda de alimentos, além de outros itens produzidos em suas propriedades, que dependem de conservação refrigerada, e de equipamentos elétricos.

Receba as notícias no seu Whatsapp. Clique aqui para seguir o Canal do Capital do Pantanal.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Em Corumbá
Homem é multado em R$ 4.842 pela pesca ilegal de Dourados no rio Paraguai
Oportunidade
Processo seletivo abre 24 vagas para o HRMS
Destaque
TJMS lança ferramenta para devolver R$ 314 milhões à população
Sancionado
Lei estadual: número de série de bicicleta deve constar no documento fiscal na hora da compra
Termo de Cooperação
Fundo Municipal da Criança destina R$ 87 mil a dois projetos sociais de Ladário
Praça
Vereador denuncia vandalismo nos brinquedos do Jardim da Independência
Destaque
Prefeito empossa 31 aprovados em concurso público da Rede Municipal de Educação
Destaque
Prefeitura divulga relação dos locais de realização das provas do concurso da Guarda Municipal
As provas serão realizadas no próximo domingo, dia 21, no período vespertino
Exército
Menor de idade é flagrada com droga presa ao corpo e escondida na bagagem
Comemorativo
Banda de Música do Exército faz apresentação no Poliesportivo nesta terça-feira (16)

Mais Lidas

Vila Guarani
Autor de homicídio morre em confronto com a Polícia
Policial
Carro que saiu de Corumbá com 98 kg de cocaína é interceptado na BR 163
Tráfico de Drogas
Brasileiras são flagradas com 10 kg de cocaína na BR 262
Preço baixo
De perfumes a eletrônicos, leilão da Sefaz/MS abre visitação