Menu
domingo, 11 de abril de 2021
Ambiental MS Pantanal - Aegea
Andorinha Fevereiro
Geral

Vereador busca apoio da bancada federal para agilizar religação de energia

01 junho 2018 - 09h55Câmara de Corumbá

Alteração na Resolução Normativa da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANELL) para retomar os serviços de religação de energia elétrica num prazo de até quatro horas, é a luta do vereador Cristóvão Contador, para atender o consumidor, evitando inclusive que o mesmo acabe sofrendo consequências mais graves, inclusive em caso de saúde, por falta de energia em sua residência.

Dias atrás, Cristóvão havia solicitado à direção da Energisa, o retorno das religações de luz em regime de urgência. Segundo ele, a demora desse serviço acaba causando transtornos principalmente às pessoas idosas acamadas, portadores de diabetes dependente de insulina, crianças de colo que, muitas vezes dependem de nebulização, além de outras necessidades fundamentais que, sem energia, ficam desprovidas de um melhor atendimento.

A Energisa informou que segue uma Resolução Normativa da ANEL, 414/2010, que diz que a distribuidora deve restabelecer o fornecimento nos seguintes prazos, contados ininterruptamente: 24 horas, para religação normal de unidade consumidora localizada em área urbana; 48 horas, para religação normal de unidade consumidora localizada em área rural; 4 horas, para religação de urgência de unidade consumidora localizada em área urbana; e 8 horas, para religação de urgência de unidade consumidora localizada em área rural.

Ocorre que a Resolução, em seu artigo 102, inciso 5º, cita que é facultado à distribuidora a implantação do serviço de religação de urgência, e isso não está disponível para o Mato Grosso do Sul, assim como para os estados da Paraíba, Sergipe, Tocantins e Mato Grosso.

Para fazer com que o serviço volte a ser realizado na cidade, Cristóvão está solicitado intervenção dos representantes sul-mato-grossenses na Bancada Federal, para alterar a Resolução, por meio de uma emenda no artigo 102, inciso 5º, fazendo com que o serviço de religação de urgência se torne obrigatório, e que ele ocorra em um prazo de 4 horas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza terá início na próxima segunda
MUDANÇA NO CTB
Nova Lei entra em vigor com alterações sobre uso de farol em rodovias
ECONOMIA
Cadastro de imóveis rurais será completamente digitalizado
GERAL
Corumbá recebe primeira remessa de queijos produzidos em assentamento rural
ESPORTE
Botafogo e Volta Redonda enfrentam-se neste sábado à noite
GERAL
CMDCA realiza neste sábado prova de conhecimento específico para Conselheiros Tutelares Suplentes
POLICIAL
PM captura foragido e aborda motociclista sem CNH no Guaicurus
POLICIAL
Casal vai para a delegacia após briga no Popular Nova
POLICIAL
Marido ameaça mulher, quebra objetos da casa e põe culpa em macumba
GERAL
Sorteio da mega-sena pode pagar R$ 27 milhões neste sábado

Mais Lidas

POLICIAL
Marido ameaça mulher, quebra objetos da casa e põe culpa em macumba
POLICIAL
Casal vai para a delegacia após briga no Popular Nova
SAÚDE
Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza terá início na próxima segunda
POLICIAL
PM captura foragido e aborda motociclista sem CNH no Guaicurus