Menu
sábado, 24 de julho de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Expresso Mato Grosso - Promoção de Junho
Geral

Vereador busca apoio da bancada federal para agilizar religação de energia

01 junho 2018 - 09h55Câmara de Corumbá

Alteração na Resolução Normativa da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANELL) para retomar os serviços de religação de energia elétrica num prazo de até quatro horas, é a luta do vereador Cristóvão Contador, para atender o consumidor, evitando inclusive que o mesmo acabe sofrendo consequências mais graves, inclusive em caso de saúde, por falta de energia em sua residência.

Dias atrás, Cristóvão havia solicitado à direção da Energisa, o retorno das religações de luz em regime de urgência. Segundo ele, a demora desse serviço acaba causando transtornos principalmente às pessoas idosas acamadas, portadores de diabetes dependente de insulina, crianças de colo que, muitas vezes dependem de nebulização, além de outras necessidades fundamentais que, sem energia, ficam desprovidas de um melhor atendimento.

A Energisa informou que segue uma Resolução Normativa da ANEL, 414/2010, que diz que a distribuidora deve restabelecer o fornecimento nos seguintes prazos, contados ininterruptamente: 24 horas, para religação normal de unidade consumidora localizada em área urbana; 48 horas, para religação normal de unidade consumidora localizada em área rural; 4 horas, para religação de urgência de unidade consumidora localizada em área urbana; e 8 horas, para religação de urgência de unidade consumidora localizada em área rural.

Ocorre que a Resolução, em seu artigo 102, inciso 5º, cita que é facultado à distribuidora a implantação do serviço de religação de urgência, e isso não está disponível para o Mato Grosso do Sul, assim como para os estados da Paraíba, Sergipe, Tocantins e Mato Grosso.

Para fazer com que o serviço volte a ser realizado na cidade, Cristóvão está solicitado intervenção dos representantes sul-mato-grossenses na Bancada Federal, para alterar a Resolução, por meio de uma emenda no artigo 102, inciso 5º, fazendo com que o serviço de religação de urgência se torne obrigatório, e que ele ocorra em um prazo de 4 horas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Seguiriam para Bolívia
Dois veículos que seriam atravessados para Bolívia são recuperados
Mais tempo
Exame toxicológico na emissão de CNH tem prazo ampliado para utilização do laudo
Empreendedorismo
Cinco erros que o empresário deve evitar no Marketing e Vendas
Imunização
Sábado tem vacinação contra Covid até 12h no drive do Poliesportivo
Investigaçã
Famosos em MS, grupos de venda estão 'recheados' de produtos roubados
Saúde
Anvisa suspende estudos clínicos da Covaxin no Brasil
Sorte
Mega-Sena pode pagar R$ 7 milhões no sorteio deste sábado
Cidade Tranquila
Operação conjunta combate crimes fronteiriços em Corumbá e Ladário
Tempo
Ar seco e quente pode marcar o sábado em Mato Grosso do Sul
Acidente
Motociclista fratura clavícula após perder controle em lombada

Mais Lidas

Sem contrato
Santa Casa de Corumbá perde serviço de Urologia
Investigação
Caso Maria Stella Coimbra: jovem teria fotografado documento do suposto estuprador
Acidente
Motociclista fratura clavícula após perder controle em lombada
Município
Decreto prorroga por mais 14 dias medidas para diminuir contaminação pela Covid-19