Menu
domingo, 03 de março de 2024
Andorinha - Novos ônibus - agosto 2023
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

Vacinação é forma de prevenção contra o tipo mais perigoso de meningite

25 abril 2018 - 07h51Prefeitura de Corumbá

O Dia Mundial de Combate à Meningite, 24 de abril, foi estabelecido para alertar a sociedade sobre a doença e suas formas de prevenção. O Ministério da Saúde oferece a crianças e adolescentes vacinação contra a forma mais perigosa da doença, que é a meningocócica, causada pelo meningococo, bactéria muitas vezes fatal. Com sintomas parecidos com os da gripe, pacientes precisam ficar atentos e buscar ajuda médica o mais rápido possível.

 “A meningite é a inflamação da meninge, membrana que recobre o cérebro e o protege. A meninge está sujeita a vários tipos de infecção como alergias e hemorragias. As meningites infecciosas podem ser bacterianas, virais ou fúngicas. Geralmente, quando falamos que alguém está com meningite é a bacteriana, que é a mais grave e mais séria. No entanto, o maior número de casos de meningite é viral, como se fosse uma gripe, mas que inflama as meninges”, explicou o Dr. Emerson Moreira, médico coordenador do Pronto-Socorro e UPA.

Conforme ele, a doença, seja ela viral ou bacteriana, se transmite através do contato direto por meio de gotículas de saliva ou espirro. Alguns tipos de meningites são preveníveis com vacinas. A mais grave que pode ocasionar epidemias é a meningocócica. A vacina contra essa doença se chama Meningocócica C e deve ser aplicada aos três meses de vida da criança, depois aos cinco meses e a terceira com um ano de idade.

O Governo Federal abriu reforço contra a doença para adolescentes entre 11 e 13 anos, imunização geralmente feita juntamente com a vacina contra o HPV. Somente em caso de surto de meningite é que a vacina é liberada para o restante da população. Em Corumbá, a vacinação do público-alvo chegou aos 70% no mês de março, quando houve a campanha de imunização contra HPV e meningite estabelecida pelo Governo Federal.

Os sintomas clássicos da meningite são febre alta, dor de cabeça, vômito e rigidez da nuca que dificulta encostar o queixo no peito, pode ocasionar confusão mental, intolerância à luz e ruído, cansaço excessivo e pode haver manchar na pele. No bebê, os sintomas são febre alta, irritabilidade ou sonolência, choro agudo, podendo haver convulsões e a moleira pode tornar-se tensa ou estufada.

Em Corumbá, uma pessoa com os sintomas da doença pode procurar atendimento médico no pronto-socorro ou na UPA. Caso o médico suspeite que o caso se trate de meningite, ele realiza exame onde um líquido é retirado da espinha e avaliado. A coleta para exame é feito na própria cidade e o diagnóstico também.

“Há poucos casos de meningite em Corumbá porque temos uma boa cobertura vacinal. A prevenção é a vacina, evitar aglomerações e reforçar os bons hábitos de higiene. Lembrando que todas as meningites podem levar à morte, mas a que mais pode ser fatal e deixar sequelas é a bacteriana. As sequelas variam de surdez, problema psicomotor, dificuldade de cognição, entre outros”, afirmou Dr. Emerson Moreira.

Conforme o site Tua Saúde, especializado em informações da saúde, o tratamento para a meningite depende da sua causa, podendo ser tratada com antibióticos, antivirais ou corticoides em meio hospitalar. Dependendo da gravidade da doença, o paciente pode ser mantido na Unidade de Terapia Intensiva. O tratamento deve ser iniciado prontamente para diminuir o risco de complicações com tempo de duração de aproximadamente 5 a 10 dias, e nas primeiras 24 horas do tratamento, o indivíduo deve ser isolado para evitar a transmissão da doença para outros. É importante a vigilância dos seus contatos por um período mínimo de 10 dias.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dia D
Municípios de MS participam de mobilização nacional em combate à Dengue
Ecoa Pantanal
Relatório alerta sobre o efeito cumulativo das barragens no Pantanal
Plantão
Passageira sofre fratura exposta e é abandonada por motociclista
Em obras
Seilog garante que travesseia na ponte do rio Paraguai é segura
10 horas no trajeto
Criança é resgatada no Pantanal com miçanga no nariz
Em 5 cidades
Classificados para 3ª fase do Voucher Desenvolvedor participam de vivência no Senac
Campanha Nacional
Dia D contra a dengue convoca população a eliminar focos do mosquito
Atrasado
MEC divulga resultado da segunda chamada do Prouni
Aposta
Mega-Sena pode pagar R$ 185 milhões neste sábado
Destaque
Sistema E-Crie de MS é avaliado pelo Ministério da Saúde para implementação em nível nacional

Mais Lidas

Benefício
Prefeito assina decreto que regulamenta aumento no plantão de profissionais da saúde
Necessário
Recadastramento em programa do Governo que paga a conta de luz segue até 10 de maio
Em ônibus fretado
Três bolivianos são flagrados com 3,1 kg de cocaína nos calçados
Devido a obra
Travessia de caminhões cegonha na ponte do rio Paraguai ocorre com horários programados