Menu
domingo, 17 de outubro de 2021
Andorinha - Setembro e Outubro
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Usina de ferro-ligas deve gerar até 300 empregos diretos e indiretos em Corumbá

16 março 2016 - 20h57Redação
Foi ativada nesta quarta-feira, 16 de março, a usina de ferro-liga da Granha Ligas em Corumbá. O empreendimento – adquirido pela empresa mineira e reinaugurada em 2013 após desativação de quase cinco anos e paralisado novamente em 2014 em função do cenário econômico mundial – deve gerar 100 empregos diretos e cerca de 200 postos de trabalhos indiretos na região. “Crise sempre aconteceu no País, mas nunca aconteceu ao mesmo tempo uma crise econômica e política como vemos agora. Até por tudo isso, esse momento precisa sim ser muito comemorado”, afirmou o prefeito de Corumbá, Paulo Duarte, durante a solenidade realizada na sede da empresa, no bairro Previsul. “Para as pessoas que estão aqui compreenderem, se não fosse feito isso, é preciso que se entenda, a empresa não ficaria aqui. Com esse incentivo, o Estado não está abrindo mão de receita, até porque não haveria receita se a empresa fosse para o Paraguai, Bolívia ou qualquer outro lugar que não fosse aqui em Corumbá”, continuou o prefeito, destacando o empenho dos vários agentes envolvidos na reabertura da empresa. “Esse procedimento, esse incentivo, viabilizou 100 empregos diretos, quase 200 indiretos. Então, governador Reinaldo Azambuja, secretário Marcio Monteiro (Fazenda) e todos aqui presentes, esse para nós é um momento histórico. Pode parecer não tão grande, mas para nossa cidade é, principalmente pelo momento que a gente vive”, completou. Ainda de acordo com o prefeito, a reativação da usina tem um significado muito maior por causa do atual momento que o País, os estados e os municípios atravessam. “Vocês não tem ideia do que é, hoje em dia onde se fala em desemprego, dizer que tem empregos que serão gerados. É dinheiro que vai girar na economia. E com isso o Estado também vai arrecadar mais em impostos, porque aqui tem consumo de óleo diesel, aqui tem prestação de serviços. É bom para todo mundo”.  Mais empreendimentos Ainda durante a reinauguração da usina da Granha Ligas, o prefeito de Corumbá destacou outros dois empreendimentos que, em breve, também estarão em funcionamento na cidade. “Essa rota que estamos aqui, na saída da BR-262, estamos reinaugurando esse empreendimento.  Daqui 20 quilômetros, teremos o maior frigorifico de jacarés do mundo, já está em estado adiantado, com metade dos recursos de empresários e outra metade do FCO”, afirmou. “Indo mais um pouco à frente, teremos um frigorífico de bovinos construído pela família Marinho. Ou seja, só em 20 quilômetros, teremos nesse ano três empreendimentos importantes que vão gerar emprego e renda para nossa cidade, que é isso que gente precisa. Crise se supera com trabalho, não inventaram outro jeito ainda”, finalizou Paulo Duarte.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tragédia
Médico do interior de SP é um dos sobreviventes de barco que naufragou; quatro parentes morreram
Atualizações
Dois dos corpos encontrados no rio Paraguai são identificados
Inédito
Tempestade de areia: Energisa recebeu 4 mil chamados em Campo Grande
Dia Mundial da Alimentação
Em MS, 69% da população está com excesso de peso e 36% com obesidade
Ensino Superior
UEMS investe mais de R$ 13 milhões em bolsas e auxílios para estudantes
Transporte
Expresso Queiroz tem autorização suspensa por incapacidade de atender passageiro
Defesa Civil
Tempestade de poeira e vendaval causaram estragos em pelo menos sete nos municípios
Cidade em alerta
Ventos de 64 km/h destelharam 20 casas em Corumbá
Previsão Meteorológica
Tempo continua fechado com chance de mais chuva para grande parte do Estado
Tragédia
Naufrágio no rio Paraguai deixou sete pessoas desaparecidas

Mais Lidas

Tragédia
Médico do interior de SP é um dos sobreviventes de barco que naufragou; quatro parentes morreram
Tragédia
Naufrágio no rio Paraguai deixou sete pessoas desaparecidas
Atualizações
Dois dos corpos encontrados no rio Paraguai são identificados
Cidade em alerta
Ventos de 64 km/h destelharam 20 casas em Corumbá