Menu
sexta, 14 de junho de 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Geral

União de esforços garante resposta rápida no combate a focos de incêndio na Serra do Amolar em 2022

30 setembro 2022 - 16h53Assessoria

Com a atuação presente da Brigada Alto Pantanal e do Corpo de Bombeiros, aliada à adoção de novas tecnologias de monitoramento, a região da Serra do Amolar não teve nenhum grande incêndio neste ano.

Os poucos focos de fogo registrados no local foram controlados em pouco tempo, o que evitou que tomassem proporções maiores na região. 

“Neste ano, ficou claro como a atuação presente e contínua da Brigada Alto Pantanal na Serra do Amolar traz resultados efetivos, principalmente para a conservação do meio ambiente. A tecnologia instalada na região, neste ano, otimizou o trabalho dos brigadistas e permitiu uma resposta ainda mais assertiva. O resultado da união de todos esses esforços pode ser visto agora. Passamos pelo período mais crítico para a incidência de incêndios no Pantanal com o registro de poucos focos de fogo no Amolar”, afirma o presidente do IHP, Coronel Ângelo Rabelo.

A Serra do Amolar é considerada uma das áreas mais preservadas do Pantanal e foi duramente atingida durante os incêndios de 2020, o maior já registrado na história do bioma. Estudos apontam que, naquele ano, mais de 17 milhões de animais morreram no Pantanal devido aos incêndios florestais. 

A Brigada Alto Pantanal foi criada em 2020, como resposta aos incêndios florestais. Desde então, o trabalho é mantido com doações, tanto de empresas quanto de pessoas físicas. Além de atuar diretamente nos casos de incêndios, a brigada também faz um trabalho preventivo contínuo na Serra do Amolar, que incluem orientações às comunidades sobre o uso do fogo e a limpeza e abertura de novos aceiros.

“O trabalho preventivo é primordial para o combate às chamas. A tecnologia, por meio das câmeras de monitoramento instaladas neste ano na região, permite ver a localização exata dos focos de incêndio, mas é, através dos aceiros ou outros caminhos, que os brigadistas conseguem chegar até o local necessário. E todo este trabalho de monitoramento de rotas, abertura de aceiros, identificação de pontos de água é feito dentro do trabalho preventivo realizado pela Brigada Alto Pantanal, com o apoio de empresas como a Jeep, por exemplo, que nos cedeu três veículos”, explica Rabelo.

Em junho deste ano, entrou em operação o software Pantera®, que, com o auxílio de câmeras de monitoramento, detecta precocemente focos de incêndio. A detecção ocorre através de um algoritmo de inteligência artificial que, a partir do envio de imagens por câmeras de alta resolução instaladas no topo de torres de comunicação, identifica focos de incêndio de forma automática e notifica os operadores do sistema.

Cada câmera tem a capacidade de detectar focos de incêndio em questão de segundos, com identificação do local exato do foco, acelerando os protocolos de identificação e combate.

Há, ainda, a detecção back-up de pontos de calor por satélites, que podem complementar a proteção de áreas que sofram menor pressão humana, assim como índice de risco de incêndios, que juntos contemplam a solução completa Pantera®.

Outro reforço que a região ganhou foi a presença de bombeiros militares. A cada 12 dias, sobe uma equipe formada por oito integrantes do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul. Eles utilizam as instalações construídas pelo IHP na Serra do Amolar. A presença contínua dos bombeiros na região começou no mês de agosto e segue até novembro. 

Focos de calor

Dados do Programa BD Queimadas, do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), apontam que, neste ano, houve uma redução de 93% nos focos de calor no Pantanal, em comparação com 2020, ano mais crítico da história do bioma em relação a incêndios florestais. 

Entre os dias 1° de janeiro e 29 de setembro deste ano, foram identificados 1.149 focos de calor no Pantanal.No mesmo período de 2020, o número chegou a 17.577. Já em 2021, foram 5.211 focos de calor no período.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Capacitação
Qualifica Ladário está com inscrições abertas até 20 de junho
Novidade
Sorveteria de Caio Castro inaugura loja nesta sexta em Corumbá
Evento
Sábado tem Festival de Pipa em Ladário
Em até 9X
Ladário: prazo para incluir taxa do lixo na fatura de água encerra dia 14
Economia
Reunião aprovou prioridades e novas áreas de financiamento do FCO para 2025
Cidadania LGBTQIA+
Certidão de nascimento garante cidadania, direitos e renascimento de novas histórias
Viva a São João
Estão abertas as inscrições para concursos de Andores, Miniandores e Quadrilhas Juninas
Praça da Independência
Cerimônia cívico-militar comemora os 157 da Retomada de Corumbá
Edital
Sindicato convoca trabalhadores da J&F Mineração para Assembleia Geral
Economia
Em novo recorde para o mês, Junta Comercial registrou abertura de 960 empresas em maio

Mais Lidas

Edital
Sindicato convoca trabalhadores da J&F Mineração para Assembleia Geral
Infraestrutura
Moradores falam de melhor qualidade de vida após lajotamento de vias no Cravo Vermelho
24 horas
Colisão entre carro e bicicleta faz duas vítimas na manhã desta quinta
Meio Ambiente
Estudo alerta para escassez hídrica e aumento de mais de 1000% em incêndios no Pantanal