Menu
quinta, 20 de junho de 2024
Câmara - Queimadas 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Geral

Turista de São Paulo é autuado por pescaria proibida na Cachoeira do rio Apa

16 agosto 2022 - 09h45Gesiane Sousa

A Polícia Militar Ambiental (PMA) tem mantido o reforço na fiscalização em monitoramento aos cardumes que começam a se formar em todo o Estado. Equipes de Campo Grande, que atuam na região de Porto Murtinho com fiscalização e monitoramento a um cardume no local conhecido como Cachoeira do Apa, a 90 km da cidade de Porto Murtinho, autuaram um pescador paulista por pesca predatória no local, onde a prática é proibida pela legislação. 

O turista de 54 anos, residente em Valinhos (SP), foi abordado quando iniciava a pescaria e ainda não tinha capturado nenhum pescado. Com ele foi apreendido uma vara de pesca com molinete e um balde com iscas. Na região existem avisos de que é crime pescar no local, bem como os moradores sempre alertam os pescadores da proibição. 

O infrator foi autuado administrativamente e multado em R$ 700,00. Ele também responderá por crime ambiental, com pena prevista de um a três anos de detenção. As normas proíbem e consideram crime, a pesca a 200 metros a montante e a jusante das cachoeiras e corredeiras, pois é alta a vulnerabilidade dos cardumes nesses locais dos rios, principalmente com as condições de seca em que estão os rios. 

Sobre a Cachoeira do Apa 

O local conhecido como Cachoeira do Rio Apa, localizado a 90 km da cidade de Porto Murtinho, precisa de fiscalização constante por ser ponto em que os cardumes ficam muito vulneráveis, principalmente quando o rio está com o nível de água baixo. O local, uma longa corredeira (local com pesca proibida por lei) é ponto de pesca predatória, caso não se faça fiscalização preventiva intensiva como a PMA tem feito no local, tanto por brasileiros, como por paraguaios, pois faz fronteira do Brasil com Paraguai. 

A Polícia Militar Ambiental possui um posto na região, que também é um povoado. A população local, onde existem ranchos e pousadas de pesca é extremamente consciente e denuncia qualquer pessoa que cometa a prática de pesca na cachoeira, ou outro tipo de pesca ilegal na região. Apesar de bem sinalizada à proibição da pesca, algumas pessoas se arriscam na prática de pesca ilegal no local. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Meio Ambiente
Falta de navegabilidade já impacta atuação de combate ao fogo no Pantanal
Programação
Arraial do Banho de São João em Ladário acontece de 20 a 23 de junho
Estado
Aprovados no concurso público da Saúde de MS são convocados para posse
Incêndios
Reunião entre Governo do estado e MMS alinham ações para ampliar atuação no Pantanal
Queimada
Fogo cresce na região do Bracinho e brigada da Apa Baía Negra fica sob alerta
Emprego e Renda
Vereador sugere estrutura para transformar terminal em um centro comercial
Maus Tratos
Civil resgata cães abandonados em imóvel fechado no bairro Guatós
Arraial
Termina hoje inscrição para Concurso de Quadrilhas; Andores e Miniandores prazo é amanhã
Ladário
Incêndio atinge região da Apa Baía Negra
Confira
Banho de São João faz mudanças no trânsito de Corumbá

Mais Lidas

Bombeiros
Plantão registra cinco enxames de abelhas e três incêndios em terrenos baldios
Queimadas
Fogo destrói ponte de madeira na Estrada Parque
Queimada
Fogo cresce na região do Bracinho e brigada da Apa Baía Negra fica sob alerta
Dsdobramentos
Prefeitura divulga resultado preliminar da avaliação psicológica do Concurso da Guarda Municipal