Menu
segunda, 15 de abril de 2024
Câmara de Portas Abertas
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

Travessia clandestina de bolivianos põe em risco saúde pública de Corumbá

20 junho 2020 - 15h16Gesiane Sousa

As estradas e trilhas clandestinas que ligam a Bolívia à cidade de Corumbá, não é novidade nem surpresa para quem mora na região de fronteira entre os dois países, muito menos para as autoridades que fiscalizam a divisa territorial. Segundo o Exército, empenhado em ações de combate a clandestinidade migratória desde o dia 20 de março, as operações na faixa de fronteira são constantes. 

A cidade boliviana, vizinha a Corumbá, Puerto Quijarro, apresenta altíssimo índice de contaminação. Vice-presidente do Conselho Municipal já pediu a decretação da calamidade sanitária da cidade, que deve ser aprovada em lei municipal, já nesta segunda (22). Porém enquanto isso, apesar da fronteira está fechada em ambos os lados, desde o mês de março, bolivianos continuam chegando à Corumbá por vias clandestinas sem dificuldades, pelas chamadas estradas "Cabriteiras".

Os bolivianos chegam à Corumbá pelos assentamentos do Taquaral, área rural da cidade, que faz ligação com Mutum, na Bolívia. As estradas de barro, muito utilizadas pelo tráfico de drogas e outros contrabandos, agora são rota dos bolivianos que se aventuram na travessia ilegal, sem temer por fiscalizações, e sem pensar na saúde coletiva, não apenas dos brasileiros, como do seu próprio povo. O site Capital do Pantanal recebeu denúncias e imagens de postagens feitas pelos atravessadores, com máxima tranquilidade, como se estivissem em um esporte de aventura.

Uma vala foi aberta em triha clandestina no final de março para impedir a travessia. Foto: Divulgação

No dia 24 de março, agentes da Força Nacional e da Polícia Federal, que na época integravam ações da Operação Hórus, em combate ao tráfico de drogas e outros ilícitos no Estado, identificaram trilha clandestina e cavaram uma vala com retroescavadeira para impedir a travessia de veículos. Até o momento, nenhuma outra ação foi divulgada. Há necessidade de fiscalização intensa e inteligente com continuidade. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Policial
Carro que saiu de Corumbá com 98 kg de cocaína é interceptado na BR 163
Educação
Prazo para solicitar isenção da taxa de inscrição do Enem começa hoje
Flagrante
Ex-detentos são presos arremessando cocaína para dentro do presídio de Corumbá
Em Campo Grande
Inscrições para oficinas do Festival da Juventude na UFMS encerram hoje
Intercâmbio
Guardas de Corumbá vão a Dourados conhecer as atividades de Segurança Escolar Comunitária
Até 30 de abril
Prefeitura prorroga pagamento à vista do IPTU; parcelamento vence hoje
Preço baixo
De perfumes a eletrônicos, leilão da Sefaz/MS abre visitação
Internacional
Embrapa Pesca e Aquicultura participa de missão técnica na Malásia
Vila Guarani
Autor de homicídio morre em confronto com a Polícia
Hoje
Seminário divulga ciência e conhecimento sobre a conservação de felinos no Pantanal

Mais Lidas

Vila Guarani
Autor de homicídio morre em confronto com a Polícia
Tráfico de Drogas
Brasileiras são flagradas com 10 kg de cocaína na BR 262
Saneamento
Força-tarefa vai combater fraudes em ligações de rede de água no Estado
Oportunidade
MS possui 4.130 vagas de emprego disponíveis na Funtrab