Menu
sexta, 21 de junho de 2024
Câmara - Queimadas 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Geral

Terceira edição do Ninhal de Dança acontece neste final de semana

16 setembro 2022 - 09h37Gesiane Sousa

Neste sábado e domingo, dias 17 e 18 de setembro, os corumbaenses vão respirar arte com a realização da 3ª edição do Ninhal de dança na cidade. O evento organizado pela Fundação da Cultura e do Patrimônio 
Histórico e conta com o apoio do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, através da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul. 

O nome do encontro parte de um dos símbolos do Pantanal, os Ninhais. A solidez da estrutura desses espaços, esculpidos pela ciência da natureza, para abrigar aves, simboliza a gênese, o início de um ciclo. Dali, os pássaros podem partir para um verdadeiro balé a céu aberto. 

E é através da poesia do corpo que o evento apresenta uma a das linguagens artísticas mais fortes do nosso estado, a dança, que contará com apresentações de companhias locais, regionais e nacionais, ofertando à comunidade um retorno às atividades presenciais com muita arte.  

Confira a programação da 3º edição do Ninhal de Dança:

Dia 17 de setembro, Sábado, à partir das 20h, na Praça Generoso Ponce 

Cia de Dança do Pantanal 
Coreografia: Pas de deux de Cisne Branco 
Coreógrafo: Lev Ivanov 
Remontagem: Rudy Candia 
Bailarinos: Brenda Ribeiro e Kauan Coelho  

Studio de Dança Ana Paula Honório 
Coreografia: Encanto e véus 
Coreógrafa: Ana Paula Honório  

Cia de Dança do Pantanal 
Coreografia: Pas de deux de Cisne Negro 
Coreógrafos: Marius Petipa e Lev Ivanov 
Remontagem: Rudy Candia 
Bailarinos: Yasmin Rodrigues e Rudy Candia  

Academia Patrícia Gonzalez 
Coreografia: Identidades 
Coreógrafas: Patrícia Gonzalez e Sara Carolina  

Oficina de Dança de Corumbá 
Coreografia: A Bordo 
Coreógrafo: Kelven Alex   
 
Studio de Dança Ana Paula Honório 
Coreografia: O Segredo das Fadas 
Coreógrafa: Ana Paula Honório  

Grupo S’Dance 
Coreografia: Slomo 
Coreógrafa: Suzimeri Ribeiro  

Oficina de Dança de Corumbá 
Coreografia: Let’s Go 
Coreógrafa: Patrícia Ximenez   
 
Studio de Dança Ana Paula Honório 
Coreografia: Permissão 
Coreógrafo: Wenderson Cruz  

Grupo de Dança do PCAF 
Coreografia: Resistência 
Coreógrafo: Lyniker Cesar  

Grupo Royal Move Crew 
Coreografia: Gang! 
Coreógrafo: Juan Alenkar  

Instituto Moinho Cultural Sul-Americano 
Coreografia: Sambalelê 
Coreógrafo: Wellington Júlio  

Oficina de Dança de Corumbá 
Coreografia: Nagô 
Coreógrafo: Edelton Mendes Amorim  

Ginga Espaco de Dança (Campo Grande/MS) - Participação Especial 
Coreografia: Pelintra 
Coreógrafo: Diógenes Antonio Pivato 
Bailarinos: Diógenes Antonio Pivato e Brendon Feitosa 
Coreografia premiada com a primeira colocação na categoria Danças 
Populares Brasileiras do Festival Internacional de Dança de Joinville/SC, no ano de 2021  

Oficina de Dança de Corumbá 
Coreografia: Contratempo 
Coreógrafo: Kelven Alex  

Instituto Moinho Cultural Sul-Americano 
Coreografia: Fuga 
Intérprete-criador: Marcos Souza   

Studio de Dança Ana Paula Honório 
Coreografia: Vagalume 
Coreógrafa: Ana Paula Honório  

Grupo Urbe 
Coreografia: Made In... 
Criação coletiva  

Casa de Dança Elton Roberto 
Coreografia: Embalo do Forró 
Coreógrafo: Elton Roberto  

Academia Patrícia Gonzalez 
Coreografia: Liberdade 
Coreógrafa: Lorrainny Moura  

Studio de Dança Ana Paula Honório 
Coreografia: New Energy 
Coreógrafa: Ana Nabor  

Oficina de Dança de Corumbá 
Coreografia: Playground 
Coreógrafo: Edelton Mendes Amorim  
 

Dia 18 de setembro, Sábado, à partir das 20h, na Praça Generoso Ponce 

Ginga Espaco de Dança (Campo Grande/MS) - Participação Especial 
Coreografia: Omolú 
Coreógrafo: Diógenes Antonio Pivato 
Bailarinos: Diógenes Antonio Pivato e Brendon Feitosa 
Coreografia premiada com a primeira colocação na categoria Danças  Populares Brasileiras do Festival Internacional de Dança de Joinville/SC, no ano de 2022.  

Oficina de Dança de Corumbá 
Coreografia: Mercedita 
Coreógrafo: Kelven Alex  

Academia Patrícia Gonzalez 
Coreografia: Let’s Shine 
Coreógrafo: Leandro Lincon  

Cia de Dança do Pantanal 
Coreografia: Variação masculina de Acteon 
Coreógrafo: Marius Petipa 
Bailarino: Pedro de Barros  

Studio de Dança Ana Paula Honório 
Coreografia: Dança do Bastão 
Coreógrafa: Ana Paula Honório  

Oficina de Dança de Corumbá 
Coreografia: Feel the Beats 
Coreógrafo: Juan Alenkar  

Instituto Moinho Cultural Sul-Americano 
Coreografia: Boa Noite 
Coreógrafo: Wellington Júlio  

Casa de Dança Elton Roberto 
Coreografia: Assim se dança sertanejo 
Coreógrafo: Elton Roberto  

Grupo Royal Move Crew 
Coreografia: Morphine 
Coreógrafo: Juan Alenkar  

Academia Patrícia Gonzalez 
Coreografia: Princesas 
Coreógrafa: Lorrainny Moura  

Oficina de Dança de Corumbá 
Coreografia: Umbrella 
Coreógrafos: Edelton Mendes Amorim e Juan Alenkar  

Grupo Femme Power 
Coreografia: Multiverso do Funk 
Criação coletiva  

Studio de Dança Ana Paula Honório 
Coreografia: Gentileza 
Coreógrafa: Ana Paula Honório 

Oficina de Dança de Corumbá 
Coreografia: PhotoShot 
Coreógrafos: Edelton Mendes Amorim, Kelven Alex e Juan Alenkar    
 

Cia de Dança do Pantanal 
Espetáculo: Migrantes 
Coreógrafo: Wellington Júlio 
Direção: Márcia Rolon 
Intérpretes-criadores: Agustín Salcedo, Aline Espírito Santo, Brenda Lopes Ribeiro, Frantielly Icassatt, Grasielly Juvencio, Izabelle Paiva, Kauan Coelho, Nayara Conceição, Núbia Santos, Pedro de Barros, Wellington Julio e Yasmin Rodrigues 
Figurino: Luiz Gugliatto  
 
 
M I G R A N T E S 

“De quantos mediterrâneos são feitos nossos mundos? Alguns gigantescos, ganham força e voz nas notícias de jornais. Outros tão minúsculos que só cabem nas pegadas que deixam em nossas frentes. Uns visíveis, geram comoções e empáticas manifestações. Outros tão pálidos, que apenas os abandonos verbais podem alcançá- los. 

“O espetáculo Migrantes, da Companhia de Dança do Pantanal, leva a refletir sobre quantas lutas épicas ou inglórias, calculadas ou precipitadas no seu fim, são feitos nossos gestos de acolhimento. Algumas registradas, comentadas, prometidas e esquecidas. Outras, cuja luminosidade atinge a quem interessa, sequer são sabidas.” (Marco Aurélio Machado de Oliveira Professor na UFMS e poeta)  
 
 
 

* Com informações da Fundação de Cultura e do Patrimônio Histórico de Corumbá 
 

 
 
 


 
 

 
 
 
 
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Orientação
Fumaça provocada pelas queimadas no Pantanal exige cuidados extras com a saúde
Flagrante
Dupla é presa com quase 4 kg de maconha em ônibus que seguia para Capital
IBGE
Empresas formadas apenas por sócios e proprietários eram maioria e pagavam menores salários em 2022
Reunião
Brigada Voluntária define plano de ação em caso de incêndio na Apa Baía Negra
Tradição
Banho de São João começa hoje com Concurso de Andores e show de Thaeme e Thiago
Frota
Saúde de Corumbá ganha reforço com nova ambulância UTI Móvel
Oportunidade
Senai e Governo de MS lançam edital de R$ 10 milhões para iniciativas de bioeconomia na indústria
Utilidade Pública
Paço Municipal terá atendimento ao público em horário diferenciado na segunda-feira, dia 24
Cidadania
Programa Povo das Águas atende ribeirinhos do Taquari a partir deste domingo
Operação
Grupo Técnico inicia trabalho de resgate à animais atingidos pelo fogo no Pantanal

Mais Lidas

Cultura Pantaneira
Concurso de Andores e show de Thaeme e Thiago abre Banho de São João nesta sexta (21)
Paredão de fogo
Equipes atuam em cinco frentes de combate ao fogo no Pantanal
Em Dourados
Justiça do Trabalho de MS determina redução de jornada para trabalhador acompanhar filho com TEA
O caso é de Dourados e a redução da jornada de trabalho é de 50%, sem compensação de horas ou perda salarial para o trabalhador
Assistência
Abertas as inscrições para Casamento Civil Comunitário 2024 em Corumbá