Menu
quarta, 23 de junho de 2021
Assembleia de MS - Campanha Mãos - Junho
Andorinha - Maio
Geral

Taxistas se revoltam com transporte clandestino realizado por bolivianos em Corumbá

17 maio 2016 - 13h03Gesiane Medeiros
Mais uma vez o transporte clandestino de passageiros realizado por bolivianos em Corumbá entra em evidência. No final da manhã desta terça-feira (17) um taxista, com mais de dez anos de trabalho na cidade, flagrou um boliviano deixando passageiros na região central da cidade. A Agência Municipal de Trânsito (Agetrat), compareceu ao local e levou o taxista e o boliviano para Delegacia de Polícia, alegando que ambas as partes infligiram a Lei. O taxista Adelson Mineiro, trabalhador em Corumbá há mais de 10 anos, foi quem flagrou o ocorrido, "estava passando pela esquina das Ruas Joaquim Murtinho e Antônio Maria quando avistei o boliviano descarregando as malas do passageiro, eu simplesmente perguntei se ele se estava fazendo trasporte clandestino e ele disse que não, mas vi que estava mentindo e por isso chamei a Agetrat, que pelo visto está dando razão a ele. Todos os dias somos vítima da nossa própria legislação, porque ele será liberado e continuará trabalhando na irregularidade, enquanto nós, trabalhadores legalizados saímos no prejuízao".Segundo o Agente de Trânsito, Miguel, “o taxista não tem o direito de abordar o motorista boliviano, mesmo que clandestino, da forma como fez, ele fechou o carro do boliviano para questionar o fato, já o boliviano realizava sim transporte irregular e por isso teve o carro apreendido e foi encaminhado para a DP da cidade”, explica o Agente. O Agente de trânsito explica ainda que o taxista cometeu o exercício ilegal da profissão, já que realizou o trabalho de fiscalização e abordagem que é de responsabilidade da Agetrat e demais forças de segurança atuantes no município, já o boliviano foi enquadrado por realizar transporte clandestino de passageiros, “nós quanto agentes de trânsito constatamos a infração e por isso ele foi trazido para delegacia, o passageiro confirmou que pagou ao motorista irregular para vir da fronteira até o centro da cidade”, ressalta o Agente.Para o presidente Sindicato dos Taxistas de Corumbá, Seo Amaral,  a Agetrat deveria dar mais ênfase a fiscalização, “observamos os bolivianos fazendo transporte clandestino diariamente na cidade, e nunca dá em nada, nós ficamos aqui parados, sem faturar, dando depoimentos, mas sabemos que isso não irá dar resultado algum.O boliviano será liberado e dias depois já estará nas ruas novamente trabalhando na irregularidade, enquanto nós somos prejudicados e corremos o risco de perder os veículos com o baixo faturamento, por conta da concorrência desleal”.    

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
Receita Federal em Corumbá-MS destina celulares ao IFMS
GERAL
Alvo de investigações, Ricardo Salles pede demissão
GERAL
Reitora do IFMS é a nova presidente do CRIE-MS
GERAL
Sanesul informa que poderá faltar água em alguns bairros de Corumbá
CAPTURA DE ANIMAL
PMA de Corumbá captura gambá em lixeira de residência na área Central
TEMPO
Defesa Civil alerta para perigo potencial de vendaval nesta quarta-feira
CULTURA
São João do Pantanal vence primeiro concurso de Mini Andor em Corumbá
CULTURA
Com duas categorias, Prefeitura divulga resultado do Concurso de Andores Juninos
CULTURA
Fé e cura são os pedidos de devotos de São João
VACINA
Vacinação contra a Covid-19: pessoas com 18 anos ou mais podem se cadastrar no site

Mais Lidas

FISCALIZAÇÃO
A partir de julho de 2022, bomba de combustível terá assinatura digital para evitar fraudes
NA PANDEMIA
Feiras livres como atividades essenciais é o que pede vereador na Câmara
POLICIAL
Polícia Militar Ambiental de Corumbá autua infrator em R$ 5 mil por incêndio em terreno
GERAL
Sanesul informa interrupção no fornecimento de água em Ladário