Menu
sábado, 06 de março de 2021
Andorinha Fevereiro
Andorinha Fevereiro
Geral

Taxistas protestam contra regulamentação de aplicativos em SP

27 abril 2016 - 16h20G1
Taxistas bloqueavam o Viaduto Jacareí, no Centro de São Paulo, desde a manhã desta quarta-feira (27). O grupo protesta contra projeto de lei que deve regulamentar aplicativos de caronas e compartilhamento de carros, como o Uber. Desde as 6h30, havia manifestantes em frente à Câmara Municipal e, às 12h30, outros motoristas ainda se concentravam na Praça Charles Miller antes de participar do ato. Às 15h havia centenas de manifestantes em frente ao prédio do Legislativo paulistano. Eles soltavam fogos, tocavam buzinas e cantavam refrões contra o projeto enquanto aguardavam o início da votação. O policiamento estava reforçado na região e os portões estavam fechados. Os motoristas devem evitar o entorno da Câmara no início da tarde. O trânsito estava congestionado e a CET realizava os desvios. Quem saía da Avenida São Luís era desviado para as ruas Xavier de Toledo ou Consolação, já que a passagem para o Viaduto Nove de Julho estava bloqueada. Está marcada para as 15h desta quarta a votação em segunda discussão do projeto de lei 421/2015, que pode regulamentar os aplicativos de caronas e compartilhamento de carros em São Paulo. O texto final deve estabelecer que os motoristas da Uber e de outros aplicativos tenham de obter autorização e comprar créditos da Prefeitura para trabalhar. Dois artigos preveem pagamento de preço público para exploração de serviços. O projeto já foi aprovado em 1ª votação em plenário em dezembro do ano passado e passou por duas audiências públicas, em que houve confusão. Autor do projeto, o vereador Police Neto  (PSD) disse que  o parlamento tem a responsabilidade e talvez até obrigação de estabelecer as regras para proteger o usuário, garantir segurança, garantir que esses créditos que o Executivo ofereceu como alternativa regulem número de passageiros por carro. O vereador Adilson Amadeu (PTB), um dos representantes dos taxistas, disse aos representantes da Uber para comparecer à Câmara neste dia 27, quando deve ocorrer a votação final do projeto, com "um time bom". " O jogo é bom, o jogo é 90 minutos. Quem vai bater o pênalti final é o taxista, porque ele tem o direito, não os senhores."

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Aumento da gasolina também causa impacto no preço do etanol
OPORTUNIDADE
Receita Federal abre vagas de estágio em Corumbá
CULTURA
Eleitos os representantes não governamentais para o Conselho de Cultura do município
SEGURANÇA PÚBLICA
Em MS, Senad defende proposta de agilizar leilões de bens do crime organizado
POLICIAL
Bandidos armados usam carro oficial do Governo de MS para roubar casal na Afonso Pena
GERAL
Mãe é detida após espancar bebê de 9 meses com pedaço de madeira em cidade de MS
ESPORTE
Estadual de Futebol 2021 prossegue com mais quatro partidas neste fim de semana
SAÚDE
Redução de testa: Dermatologista de MS explica sobre melhores formas de tratamento
GERAL
Mulher tem bebê em casa e bombeiros prestam atendimentos
SAÚDE
Endometriose pode afetar 10% das mulheres brasileiras

Mais Lidas

POLICIAL
Homem é preso por roubo na forma tentada no bairro Maria Leite
POLICIAL
Em Corumbá três são presos com mandado de prisão em aberto
INCÊNDIO
Consultório Odontológico pega fogo no Maria Leite
POLICIAL
Polícia Militar de Corumbá prende homem por violência doméstica no Dom Bosco