Menu
segunda, 08 de março de 2021
Andorinha Fevereiro
Andorinha Fevereiro
Geral

Somente 12 municípios de MS atualizaram o piso salarial dos professores

02 março 2016 - 13h31Gesiane Medeiros
De acordo com a Lei do piso salarial dos professores, nº11.738/2008, o reajuste deve ser aplicado a partir do dia 1º de janeiro de cada ano, de acordo com o percentual de crescimento do valor aluno/ano nacional do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB), referente aos anos iniciais do ensino fundamental urbano. Em 2016 este índice foi definido pelo Ministério da Educação em 11,36%. O que fez o Piso Nacional passar de R$ 1.917,78 para R$ 2.135,64. O valor deve ser pago para docentes com formação de nível médio. Segundo a FETEMS, que acompanha o quadro dos salários em Mato Grosso do Sul, através dos seus 73 sindicatos, apenas 12 municípios do Estado concederam o reajuste nacional aos professores das Redes Municipais de Ensino. São eles: Itaporã, Selvíria, Costa Rica, Aparecida do Taboado, Cassilândia, Pedro Gomes, Dois Irmãos do Buriti, Camapuã, Porto Murtinho, Rio Verde de Mato Grosso, Alcinópolis e Terenos. Todos os meses a FETEMS elabora um quadro demonstrativo do Ranking Salarial do Estado, uma forma de visualizar e acompanhar com clareza a situação. Segundo o presidente da FETEMS, em fevereiro a entidade encaminhou um ofício para todas as Secretarias de Educação solicitando a documentação de atualização do Piso. “Nós encaminhamos este ofício no intuito de deixar as Prefeituras Municipais cientes de que vamos publicar e acompanhar de perto a situação da valorização dos professores em nossos municípios”, afirma. O Ranking Salarial da FETEMS aponta os municípios que estão nos primeiros lugares como Campo Grande (R$ 3394,74), Angélica (R$ 3025,10) e Mundo Novo (R$ 2496,92). Ressaltando que nenhum dos três reajustaram o Piso Salarial este ano, os valores são de 2015. O primeiro município que consta no Ranking, em 5° lugar, que já reajustou o salário este ano é Itaporã (R$ 2492,10).   Rede Estadual Os professores da Rede Estadual receberão o reajuste nacional a partir da folha de fevereiro, resultado de uma verdadeira luta da FETEMS. Com os 11,36% de reajuste o salário base do professor estadual de MS, por 40 horas, passará de R$ 2.830,26 para R$ 3.151,78. Em 2015 os professores da Rede Pública Estadual de Mato Grosso do Sul receberam um reajuste de 20,11%, índice acumulado em relação ao salário de 2014. Esse montante é resultado dos 13,01% do reajuste do Piso Nacional, em 2015 e o índice de 6,28% que foi pago no mês de outubro, referente à porcentagem para integralizar o Piso por 20 horas. Dessa forma os professores estão recebendo atualmente 73,78% do valor do Piso nacional por 20 horas. RANKING_SALARIAL_2016     Informações cedidas pela assessoria de comunicação da FETEMS

Deixe seu Comentário

Leia Também

BOLETIM COVID
SES registra mais 25 mortes por covid e MS chega a 3.469 óbitos
ESPORTE
Estadual de Futebol 2021: Jogos do grupo B terminam empatados em 1 a 1 neste domingo
MULHERES
Reinaldo Azambuja assina decretos que fortalecem políticas públicas para as mulheres
EDUCAÇÃO
Inep publica resultado das análises de recursos do Revalida
PROCESSO SELETIVO
Funsau abre processo seletivo para contratação de agente de farmácia, farmacêutico e médico
CRIME DE RECEPTAÇÃO
Homem vai para a delegacia por conduzir na BR 262 veículo roubado
POLICIAL
Homem é preso por receptação e apreende moto furtada no bairro Vila Mamona
DIA INTERNACIONAL DA MULHER
Na linha de frente, mulheres fazem gestão de excelência no combate da pandemia da Covid-19
POLICIAL
PM prende homem com mandado de prisão durante rondas no bairro Vila Guarani
POLICIAL
PM de Corumbá recupera motocicleta roubada minutos após o crime no bairro Popular Nova

Mais Lidas

GERAL
Ônibus clandestino com 34 bolivianos é apreendido no Brás em São Paulo