Menu
quinta, 22 de abril de 2021
Andorinha Abril
Andorinha Abril
Geral

“Sofria agressões e ameças constantes”, diz acusada de matar marido a facadas

28 junho 2018 - 10h07Campo Grande News

Em julgamento na manhã desta quinta-feira (28), Elenir Pereira Mendes relatou momentos de terror até o ápice do assassinato do marido, no bairro Loteamento Nova Serrana, em 2014. Agredida constantemente, a ré ressaltou que as idas a unidades de saúde tinham virado rotina.

Questionada pelo MPE sobre o crime, Elenir afirma que agiu para defender. “Eu sofria agressões constantes e em uma das vezes levei sete pontos no rosto e quatro atrás da orelha”, disse.

O casal morava junto há 10 anos e um dia antes do crime, Haroldo Carlos de Souza saiu para trabalhar e só retornou no dia seguinte. Ao chegar, seguiu para o quarto e, neste momento, Elenir que estava armada com uma faca, golpeou o marido no lado esquerdo do tórax. Haroldo morreu antes que fosse socorrido.

Além de agressões físicas e psicológicas, a ré pontua que no dia do crime, o marido chegou em casa alcoolizado com uma faca em mãos dizendo que iria matá-la.

Inicialmente ela seria julgada por homicídio doloso – quando há intenção – qualificado. Porém, após pedido da defesa, o juiz titular da vara, Carlos Alberto Garcete de Almeida, decidiu que ela será julgada por homicídio simples.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
181 é ferramenta para denuncia anônima em Mato Grosso do Sul
EDUCAÇÃO
Reforma de escolas municipais é solicitada por vereador durante sessão da Câmara
ESPORTE
Vereador sugere transformar o Marina Gattass em espaço para esportes radicais
LÍNGUA DE SINAIS
Projeto de Lei obriga instituições a disponibilizar intérpretes de Libras na cidade
ECONOMIA
Caixa paga auxílio emergencial a nascidos em agosto
COVID-19
Polícia investiga empresa por fraude em oferta de vacina
CIDADE
Prefeito decreta luto oficial de três dias pelo falecimento de Dom Martinez
POLICIAL
PM de Corumbá prende foragido da justiça e apreende arma branca
POLICIAL
Homem é preso por porte de drogas no bairro Popular Nova
TEMPO
Massa de ar frio pode mudar o clima em Mato Grosso do Sul nos próximos dias

Mais Lidas

POLÍTICA
Câmara aprova projeto de lei que torna escolas serviços essenciais
MUDANÇAS NO CTB
Nova Lei abranda infração para motociclistas sem viseira ou óculos de proteção
GERAL
Vereador solicita recuperação da 21 de Setembro, após intervenções da Sanesul
SEGURANÇA
Tiradentes: no dia do patrono das polícias, Governo destaca investimentos na segurança