Menu
sexta, 14 de junho de 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Geral

Sinfonia da Sobrevivência: documentário vai retratar as queimadas de 2020 no Pantanal

O documentário é produzido de forma independente e teve algumas cenas adiantadas na novela Pantanal

06 agosto 2022 - 08h11Gabrielle Tavares do CG News

Em 2020, as queimadas que atingiram o Pantanal queimaram cerca de 4 milhões de hectares e destruíram 26% do bioma. A tragédia ganhou repercussão nacional e internacional, o que motivou o documentarista Michel Coeli a produzir um longa sobre o assunto. 

Produzido de forma totalmente independente, "Sinfonia da Sobrevivência" está sendo finalizado e será lançado em breve, mas a data de lançamento ainda não foi divulgada.   

Algumas cenas do documentário já foram adiantas na novela Pantanal, quando a dramaturgia implementou o problema anual dos incêndios na história.   

"Feliz por contribuir com a novela e poder ajudar contar essa história que foi e é muito dramática", publicou Coeli em seu Instagram.   

No site de divulgação, o documentarista explica que foi testemunha imersiva da luta dos animais por sobrevivência em busca de água e comida após os incêndios.   

"Sinfonia da Sobrevivência é um documentário necessário e urgente, que propõe ao espectador uma reflexão sobre a nossa relação com o meio ambiente, em especial ao Pantanal e seu ecossistema, os grandes personagens do filme", detalha. 

Por fim, Coeli detalha que mesmo a preservação da natureza sendo uma pauta importante, as florestas, rios e animais ainda sofrem com a exploração humana.   

Pantanal - A estação úmida do bioma, que conecta lagoas e forma ampla área alagada, costuma ocorrer entre os meses de outubro e março, enquanto a seca se estende de abril a setembro.   

De janeiro a julho, o Pantanal já perdeu mais área por incêndios que no mesmo período, no ano passado. O aumento no território queimado foi de aproximadamente 29%, de 99,5 mil para 128,9 mil hectares, segundo o Lasa (Laboratório de Aplicações de Satélites Ambientais) da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro).   

Em 2021, os Ministérios Públicos de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul apontaram que a maior parte (60%) das queimadas no bioma, que resultaram em "impactos incalculáveis à biodiversidade, à saúde humana e à economia", têm como principal hipótese uma ligação com atividades agropastoris. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Capacitação
Qualifica Ladário está com inscrições abertas até 20 de junho
Novidade
Sorveteria de Caio Castro inaugura loja nesta sexta em Corumbá
Evento
Sábado tem Festival de Pipa em Ladário
Em até 9X
Ladário: prazo para incluir taxa do lixo na fatura de água encerra dia 14
Economia
Reunião aprovou prioridades e novas áreas de financiamento do FCO para 2025
Cidadania LGBTQIA+
Certidão de nascimento garante cidadania, direitos e renascimento de novas histórias
Viva a São João
Estão abertas as inscrições para concursos de Andores, Miniandores e Quadrilhas Juninas
Praça da Independência
Cerimônia cívico-militar comemora os 157 da Retomada de Corumbá
Edital
Sindicato convoca trabalhadores da J&F Mineração para Assembleia Geral
Economia
Em novo recorde para o mês, Junta Comercial registrou abertura de 960 empresas em maio

Mais Lidas

Edital
Sindicato convoca trabalhadores da J&F Mineração para Assembleia Geral
Infraestrutura
Moradores falam de melhor qualidade de vida após lajotamento de vias no Cravo Vermelho
Novidade
Sorveteria de Caio Castro inaugura loja nesta sexta em Corumbá
24 horas
Colisão entre carro e bicicleta faz duas vítimas na manhã desta quinta