Menu
quarta, 28 de fevereiro de 2024
Vetorial - fevereiro 2024
Vetorial - fevereiro 2024
Geral

Setembro Verde: Luta de conscientização para a doação de órgãos

24 setembro 2018 - 08h26Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

No dia 27 de setembro é comemorado o Dia Nacional de Doação de Órgãos e Tecidos e a intenção é conscientizar a população da importância de ser um doador. Em alusão à data, o mês também é lembrado como Setembro Verde, uma luta para que mais pessoas se tornem doadoras.

Conforme dados da Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO), o País vive o melhor cenário de doações em 20 anos. Em 2016 foram, aproximadamente, 25 mil transplantes e, no ano passado, os números chegaram em torno de 27 mil, um aumento significativo, segundo Levantamento do portal Governo do Brasil.

O site mostra ainda que a Força Aérea Brasileira transportou 512 órgãos em dois anos, sendo 235 fígados, 143 corações, 76 rins, 21 pâncreas, 27 pulmões, seis tecidos ósseos e quatro baços.

Mato Grosso do Sul

A Central Estadual de Transplantes (CET) já realizou neste ano, em Mato Grosso do Sul, 33 doações de órgãos, além da captação de 153 córneas. Nos últimos três anos, a Central captou 108 órgãos e 730 córneas, mas nem todos os órgãos doados no Estado foram direcionados para pacientes em Mato Grosso do Sul. Muitos vão para outras localidades, já que os transplantes acontecem de acordo com a fila de espera nacional.

Desde o início dos trabalhos da CET, já foram enviados para outros estados 26 corações, 914 córneas, 40 corações para retiradas de válvulas cardíacas, 114 fígados, 10 pâncreas, 291 rins e quatro pulmões.

Mato Grosso do Sul realiza os transplantes de rim, tecido musculoesquelético e córnea, sendo o último o mais comum. 

Doador

As doações de órgãos acontecem a partir de pacientes que tiveram morte encefálica, que estão em ambiente hospitalar, em UTI e podem doar os órgãos e tecidos (córnea). No entanto, o indivíduo que tem parada respiratória, quando os órgãos param de funcionar, só pode fazer a doação de tecidos, já que estes não precisam de vascularização para funcionar.

Para se tornar um doador de órgãos é preciso apenas informar a família de sua vontade, ficando a mesma responsável pela autorização da doação mediante duas testemunhas.

A Central de Transplantes realiza constantemente ações de conscientização como palestras, distribuição de materiais informativos em diversos segmentos da sociedade. No mês de setembro as ações são intensificadas.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Ensino
Curso "Me salve!" está com matrícula grátis e 1ª mensalidade para 10 de março
Saúde Pública
UTI Neonatal em Corumbá é tema de audiência pública hoje, na Câmara
Justiça Eleitoral
Toffoli anula provas que embasam ação contra Delcídio no TRE
Reconhecimento
Policiais são homenageados por resgate de família que vivia em cárcere privado no Pantanal
Serviço Público
Santa Casa anuncia fechamento do setor psiquiátrico em Corumbá
Atração confirmada
2º Festival de Cerveja de Bonito terá show de Raimundos
Consenso
Deputados aprovam proibição da pesca do Dourado por mais um ano em MS
Valorização
Adicional de fronteira a policiais e integrantes do Corpo de Bombeiros é solicitado na Câmara
Eleições 2024
TSE determina revalidação de biometria feita há mais de 10 anos
Campanha
Corumbá abre três postos para multivacinação neste sábado, 02 de março

Mais Lidas

Designada
Presídio feminino de Corumbá tem nova diretora
24 horas
Três vítimas são transportadas para o Pronto Socorro no último plantão
No acostamento
Traficantes abandonam caminhão com 360 kg de drogas na fronteira de Corumbá
Grátis até 2032
Mais de 14 mil novas identidades já foram emitidas em MS