Menu
sexta, 22 de janeiro de 2021
Andorinha Janeiro/Fevereiro
Andorinha Janeiro/Fevereiro Mobile
Geral

Setembro Verde: Luta de conscientização para a doação de órgãos

24 setembro 2018 - 08h26Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

No dia 27 de setembro é comemorado o Dia Nacional de Doação de Órgãos e Tecidos e a intenção é conscientizar a população da importância de ser um doador. Em alusão à data, o mês também é lembrado como Setembro Verde, uma luta para que mais pessoas se tornem doadoras.

Conforme dados da Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO), o País vive o melhor cenário de doações em 20 anos. Em 2016 foram, aproximadamente, 25 mil transplantes e, no ano passado, os números chegaram em torno de 27 mil, um aumento significativo, segundo Levantamento do portal Governo do Brasil.

O site mostra ainda que a Força Aérea Brasileira transportou 512 órgãos em dois anos, sendo 235 fígados, 143 corações, 76 rins, 21 pâncreas, 27 pulmões, seis tecidos ósseos e quatro baços.

Mato Grosso do Sul

A Central Estadual de Transplantes (CET) já realizou neste ano, em Mato Grosso do Sul, 33 doações de órgãos, além da captação de 153 córneas. Nos últimos três anos, a Central captou 108 órgãos e 730 córneas, mas nem todos os órgãos doados no Estado foram direcionados para pacientes em Mato Grosso do Sul. Muitos vão para outras localidades, já que os transplantes acontecem de acordo com a fila de espera nacional.

Desde o início dos trabalhos da CET, já foram enviados para outros estados 26 corações, 914 córneas, 40 corações para retiradas de válvulas cardíacas, 114 fígados, 10 pâncreas, 291 rins e quatro pulmões.

Mato Grosso do Sul realiza os transplantes de rim, tecido musculoesquelético e córnea, sendo o último o mais comum. 

Doador

As doações de órgãos acontecem a partir de pacientes que tiveram morte encefálica, que estão em ambiente hospitalar, em UTI e podem doar os órgãos e tecidos (córnea). No entanto, o indivíduo que tem parada respiratória, quando os órgãos param de funcionar, só pode fazer a doação de tecidos, já que estes não precisam de vascularização para funcionar.

Para se tornar um doador de órgãos é preciso apenas informar a família de sua vontade, ficando a mesma responsável pela autorização da doação mediante duas testemunhas.

A Central de Transplantes realiza constantemente ações de conscientização como palestras, distribuição de materiais informativos em diversos segmentos da sociedade. No mês de setembro as ações são intensificadas.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Mais de 30 mortes por coronavírus são registradas em apenas um dia no Estado
Denúncia
Mato, esgoto estourado e lixo tomam conta de Ladário
UTILIDADE PÚBLICA
Sanesul informa que poderá faltar água no bairro Jardim Aeroporto e imediações
Meio Ambiente
Em liberdade e monitorada: onça resgatada em incêndio do Pantanal é devolvida à natureza
POLICIAL
PM prende homem com mandado de prisão após ocorrência de furto de moto no Cristo Redentor
PRORROGADO TOQUE DE RECOLHER
Toque de recolher é prorrogado em Mato Grosso do Sul
EDUCAÇÃO
Enem 2020 tem novidades em acessibilidade
ESQUEMA DE COMBUSTÍVEL
PRF flagra esquema de furto de combustíveis e condutor entregou óleo diesel em Corumbá
GERAL
Prazo para aderir ao Simples Nacional termina em 29 de janeiro
Regime tributário garante o tratamento diferenciado para os pequenos negócios
GERAL
Corpo de Bombeiro atende ocorrência de queda de árvores em residências

Mais Lidas

OPORTUNIDADE
Senai de Corumbá está com vagas abertas para cinco cursos técnicos presenciais e EAD
GERAL
Índios guatós comemoram chegada de internet em aldeia no Pantanal
GERAL
Desconto em cursos do Senac Corumbá vai até o dia 31 de janeiro
MEIO AMBIENTE
Serviço Geológico do Brasil divulga prognóstico para cheia na bacia do rio Paraguai