Menu
terça, 30 de novembro de 2021
Cassems - Rede Amo
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Seguradora paga tratamento de mulher atropelada por ônibus da Cattani

28 dezembro 2015 - 11h45
Pouco mais de um mês após o acidente ocorrido no dia 31 de outubro, com Ana Maria de Arruda Lobo, que transitava de bicicleta pela principal Rua do Conjunto Padre Ernesto Sassida, a seguradora efetuou os pagamentos pendentes com o Hospital de Corumbá, o médico cirurgião, fisioterapeuta e demais profissionais envolvidos na recuperação da vítima, que teve antebraço esquerdo esmagado em atropelamento por ônibus da empresa Cattani Transporte e Turismo, terceirizada da Mineradora Vale para transporte de funcionários. Os pagamentos foram iniciados no dia nove de dezembro e agora Ana Maria se dedica exclusivamente a sua recuperação nas sessões de fisioterapia. O caso foi colocado à público após apuração feita pelo Capital do Pantanal, em matéria publicada no dia 1° de dezembro, após diversos contatos com a seguradora, realizados pela própria vítima e pelo médico cirurgião Thiago Bueno, envio de documentos, comprovantes e receitas médicas, o justo venceu a batalha. A seguradora reuniu a documentação necessária e após o prazo imposto pela burocracia os profissionais tiveram seus pagamentos efetuados. Funcionário da Siaze Seguradora, Patrick Azevedo, enviou e-mail para o Capital do Pantanal no dia 24 de dezembro, informando os depósitos e datas no qual foram efetuados. O Hospital de Corumbá e o médico cirurgião que já acreditavam ter levado o “calote” enfim puderam receber o que lhes eram de direito. Veja abaixo imagem do e-mail recebido pelo Capital do Pantanal. e-mail patrick Em entrevista com Ana Maria, que agora se recupera da cirurgia de retirada dos pinos, no dia 17 de dezembro, ela agradece pelo trabalho de acompanhamento desenvolvido pelo funcionário da Catanni, Patrick Azevedo, que conduziu a situação desde a denúncia realizada pelo site Capital do Pantanal. "Sou muito grata a todos que estão ajudando de alguma forma na minha recuperação. Agradeço a Siaze Seguradora que constatou o certo e não deixou na mão aqueles que me salvaram de uma possível deficiência”, afirma Ana Maria. A luta de Ana Maria agora segue com o INSS, a data de sua perícia está marcada apenas para fevereiro de 2016, já que os médicos do órgão estão em greve.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Farsa
Bolivianos são presos ao tentavam ir para a Europa com documentos paraguaios
Doe Vida
Nesta terça e quarta Corumbá realiza campanha de doação de sangue
Economia Local
Servidores municipais recebem salário de novembro hoje e 13º no dia 15 de dezembro
Alerta
Estudantes de medicina denunciam faculdade boliviana por aulas presenciais com casos de Covid
Transporte Aéreo
Voo ligando Corumbá a Campo Grande é solicitado durante sessão da Câmara
Vigilância
Nota técnica alerta população para doença mão-pé-boca
Direito Trabalhista
Primeira parcela do décimo terceiro deve ser paga até hoje
R$ 450 bilhões
Receita paga hoje restituições de lote residual do IRPF de novembro
Saúde Pública
Segunda etapa de vacinação contra febre aftosa termina hoje para Região do Planalto
Drenagem
Vereadora cobra por obras do Fonplata no bairro Cravo Vermelho

Mais Lidas

Oportunidade
IFMS abre 482 vagas em cursos de graduação gratuitos
No Pantanal
Estrada que liga ponte do Naitaca a rodovia tem previsão de entrega antecipada para janeiro de 2022
Corumbá
Bombeiros evitam explosão de gás de cozinha em casa do centro
Corumbá
Motorista abandona condutor de moto ferido após colisão