Menu
quinta, 23 de maio de 2024
Andorinha - Novos ônibus - agosto 2023
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

Seguradora paga tratamento de mulher atropelada por ônibus da Cattani

28 dezembro 2015 - 11h45
Pouco mais de um mês após o acidente ocorrido no dia 31 de outubro, com Ana Maria de Arruda Lobo, que transitava de bicicleta pela principal Rua do Conjunto Padre Ernesto Sassida, a seguradora efetuou os pagamentos pendentes com o Hospital de Corumbá, o médico cirurgião, fisioterapeuta e demais profissionais envolvidos na recuperação da vítima, que teve antebraço esquerdo esmagado em atropelamento por ônibus da empresa Cattani Transporte e Turismo, terceirizada da Mineradora Vale para transporte de funcionários. Os pagamentos foram iniciados no dia nove de dezembro e agora Ana Maria se dedica exclusivamente a sua recuperação nas sessões de fisioterapia. O caso foi colocado à público após apuração feita pelo Capital do Pantanal, em matéria publicada no dia 1° de dezembro, após diversos contatos com a seguradora, realizados pela própria vítima e pelo médico cirurgião Thiago Bueno, envio de documentos, comprovantes e receitas médicas, o justo venceu a batalha. A seguradora reuniu a documentação necessária e após o prazo imposto pela burocracia os profissionais tiveram seus pagamentos efetuados. Funcionário da Siaze Seguradora, Patrick Azevedo, enviou e-mail para o Capital do Pantanal no dia 24 de dezembro, informando os depósitos e datas no qual foram efetuados. O Hospital de Corumbá e o médico cirurgião que já acreditavam ter levado o “calote” enfim puderam receber o que lhes eram de direito. Veja abaixo imagem do e-mail recebido pelo Capital do Pantanal. e-mail patrick Em entrevista com Ana Maria, que agora se recupera da cirurgia de retirada dos pinos, no dia 17 de dezembro, ela agradece pelo trabalho de acompanhamento desenvolvido pelo funcionário da Catanni, Patrick Azevedo, que conduziu a situação desde a denúncia realizada pelo site Capital do Pantanal. "Sou muito grata a todos que estão ajudando de alguma forma na minha recuperação. Agradeço a Siaze Seguradora que constatou o certo e não deixou na mão aqueles que me salvaram de uma possível deficiência”, afirma Ana Maria. A luta de Ana Maria agora segue com o INSS, a data de sua perícia está marcada apenas para fevereiro de 2016, já que os médicos do órgão estão em greve.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Fiscalização
Ação conjunta apreende 4 toneladas de mercadorias em Corumbá
Esporte
Com trinta equipes, 1ª Copinha do Futuro de Futsal tem primeiro jogo nesta quarta-feira
Oportunidade
IHP abre vagas para jovens aprendizes com idades entre 16 e 20 anos
Afroturismo
Corumbá participa pelo segundo ano consecutivo do projeto Caminhadas Negras
Meio Ambiente
Show com Seu Jorge e Daniel Jobim vai arrecadar recursos para o Pantanal
Economia
Começa amanhã consulta a maior lote de restituição do IR da história
Economia
Quase 50 mil pessoas buscam negociar dívidas em MS
Saúde
Projeto que institui vacinação nas escolas vai à sanção presidencial
Na Zona Rural
Vereador quer equipes da Assistência Social, atendendo assentamentos de Corumbá
Segurança
Táxis de Corumbá tem até 21 de junho para implantar QR Code de identificação

Mais Lidas

Agenda Cultural
Evento de som automotivo arrecada doações para RS e Instituto Novo Olhar
Na Câmara
Projeto de Lei Municipal torna laudos de TEA permanentes
Segurança
Denúncia de moradora recupera moto furtada no bairro Vila Mamona
Gaeco
Operação apura desvio de R$ 6 milhões e 1.200 saques para driblar fiscalização no Futebol