Menu
domingo, 28 de fevereiro de 2021
Andorinha Fevereiro
Andorinha Fevereiro
Geral

Saúde de Ladário vai intensificar captura de animais soltos pelas ruas

05 março 2016 - 14h39Redação
Animais soltos em via pública representam um perigo potencial para motoristas e pedestres. Pensando na segurança de seus habitantes, o município por meio da Secretaria de Saúde publicou uma Lei Complementar 078/2014- 22/12/2014 em seu Diário Oficial, alertando a população sobre os riscos e enfatizando quais seriam as penalidades sofridas pelo dono do animal, caso fossem pegos. A luta da Secretaria de Saúde para que cenas de animais de grande porte transitando pelas ruas não sejam frequentes é incessante. “Nós disponibilizamos disque denúncia, começamos a aplicar multas severas aos donos e ainda sim, vemos cavalos, bois e outros animais soltos. É muito importante que o ladarense se conscientize que nos ajude a fiscalizar, pois esse é um hábito ilegal que pode acarretar em sérios problemas para a própria população”, alertou o Secretário de Saúde, Cléber Colleone. Quando um animal for avistado solto, o procedimento a ser seguido funciona da seguinte maneira; entre em contato com a Secretaria de Saúde (3226-5165) e com a Guarda Municipal (3226-5404), e informe a localização dos animais. Dessa forma, atitudes serão tomadas imediatamente. Após a ligação, as equipes responsáveis entram em contato com a empresa privada contratada para realizar o serviço de captura do animal. O proprietário do animal capturado poderá, conforme previsto na lei, pagar multasno valor de 30 UPFL- Unidade Padrão Fiscal de Ladário, o que equivale R$ 10,00 cada UPFL, sendo a multa no valor de R$ 300,00 por animal aprendido, tendo até 15 dias corridos, para efetuar a retirada dos animais que estarão no NCZ, localizado na Rua Emilia Alves, sem número, esquina com a rua Frei Liberato, Alta Floresta I. Em caso de não pagamento da multa aplicada, o dono perde o direito de propriedade sobre o animal capturado que automaticamente será incorporado ao patrimônio da PML, podendo ser doado, leiloado, ou até mesmo em caso de constatação de algum problema sanitário, ser feito a eutanásia.    A Polícia Civil de Ladário também é parceira desta ação com o seu poder de polícia. Conforme informações do delegado da Polícia Civil de Ladário, Fernando Araújo da Cruz, o proprietário do animal que for identificado poderá responder na área cível por posse irresponsável de animais e se forem constatados dano material e lesão corporal, contra outros, poderá responder criminalmente pelo ato.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

PGE
Vídeo sobre planejamento financeiro está disponível no canal da PGE/MS
SAÚDE
Fiocruz espera ter 'protagonismo' na vacinação em abril com 30 milhões de doses
NOTA MS PREMIADA
Chance de ganhar no Nota MS Premiada é 28 vezes maior do que na Mega-Sena
TRÂNSITO
Capotamento na BR-163 mata adolescente e deixa motorista em estado grave
EDUCAÇÃO
IFMS oferece vagas para portadores de diploma e transferências no Campus Corumbá
SAÚDE
Brasil tem recorde de mortes por covid-19 pelo terceiro dia seguido
ECONOMIA
Acumulada, Mega-Sena sorteia hoje R$ 50 milhões
ECONOMIA
Banco do Brasil ajuda estados e municípios a cobrar impostos via Pix
TURISMO
Fornatur e ABEAR se reúnem para alinhar acordos com empresas aéreas durante pandemia
GERAL
Agesul conclui manutenção de muitas estradas após período de chuvas

Mais Lidas

EDUCAÇÃO
IFMS oferece vagas para portadores de diploma e transferências no Campus Corumbá
TRÂNSITO
Capotamento na BR-163 mata adolescente e deixa motorista em estado grave
GERAL
Complexo hospitalar de Corumbá está com 85% de sua estrutura pronta
PESCA
PMA lança e disponibiliza Cartilha do Pescador 2021 com todas regras de pesca