Menu
quinta, 29 de julho de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Expresso Mato Grosso - Promoção de Junho
Geral

Santa Casa normaliza medicamentos e contrata empresa para manutenção de aparelhos

12 outubro 2018 - 08h27Prefeitura de Corumbá

A Santa Casa de Corumbá agora dispõe de todos os remédios e materiais necessários para o bom atendimento dos pacientes de Corumbá, Ladário e dos bolivianos que necessitam de socorro médico. Nesta semana, a Junta Interventora que administra o principal hospital da região conseguiu regularizar todo o estoque da farmácia e do almoxarifado.

Isso só foi possível graças à negociação direta feita entre os integrantes da Junta e fornecedores. Como acontece desde a intervenção determinada pelo Ministério Público Estadual, as diversas dívidas acumuladas pela Santa Casa ao longo dos anos dificultam desde a manutenção de serviços básicos até grandes ações no local.

No caso específico dos medicamentos e insumos hospitalares, hoje a Junta só consegue adquirir esses materiais à vista ou, no máximo, para pagamento integral em até 30 dias. E esse crédito só foi possível após muitas negociações e com o compromisso do hospital de quitar os valores atrasados e não deixar que novas demoras de pagamento aconteçam.

Paralelamente, a Junta Interventora contratou uma empresa, com capacidade técnica e profissional reconhecidas no cenário nacional, para fazer a manutenção de todo o parque tecnológico da Santa Casa. Até então, os equipamentos só eram consertados depois de apresentarem problemas. Agora, além da parte corretiva, essa empresa especializada também fará a manutenção periódica dos aparelhos.

O contrato com essa prestadora de serviço é de 12 meses. “É normal que um hospital tenha um contrato para manutenção, por exemplo, dos respiradores, outro para a autoclave e assim sucessivamente. Aqui conseguimos contratar uma única empresa para fazer tudo isso, o que garantiu uma condição melhor de negociação e economia nos valores”, explicou o diretor administrativo financeiro da Santa Casa, Marcelo Cesar de Arruda Ferreira.

“A população pode sim ficar tranquila que o hospital está abastecido. É de conhecimento de todos o momento difícil pelo qual passam as Santas Casas de todo o Brasil, e aqui não é diferente. Estamos buscando todos os credores e, individualmente, buscando condições de assegurar o funcionamento integral à população que tanto precisa. Estamos avançando, mas ainda temos um longo caminho e seguir”, finalizou.

Por orientação do prefeito Marcelo Iunes, o Município realiza aportes financeiros além do estabelecido por contrato, para viabilizar melhorias em ações em saúde e manutenção da instituição.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dia mais frio do ano
MS registra geada em 26 cidades e tem sensação térmica de -6ºC
Operação Vostok
Polaco volta a MS para depor na PF sobre crimes fiscais
Alerta
Prazos para regularização de infrações, veículos e habilitação voltam a ser cobrados
Após 4 anos parada
Além de produzir energia, usina termelétrica reativada vai gerar empregos e ICMS
Investigação
Acusado ganhava confiança das vítimas para praticar crimes de estelionato
Tempo
Frio ganha força e aumenta chance de geada nesta quinta-feira
Agricultura
Colheita do milho deve sofrer queda de mais de 2 milhões de toneladas
Destaque
MS mantém liderança no ranking da OPAS como melhor Estado que vacina contra Covid-19 no país
Olímpiadas
Tóquio: seleção brasileira vence a Arábia Saudita e avança às quartas
Calendário
Comprovação para a primeira chamada do Prouni termina hoje

Mais Lidas

Na Capital
Júri absolve assassino confesso por ele ter agido em "ato de desespero"
Ilumina Pantanal
Projeto leva energia solar para sete municípios e mais de 2 mil famílias no Pantanal
340 vagas
Matrículas para cursos de línguas do IFMS começam nesta quarta (28)
Monitoramento
Ladário sai da bandeira vermelha e volta para laranja