Menu
sábado, 17 de abril de 2021
Ambiental MS Pantanal - Aegea
Andorinha Fevereiro
Geral

Rota do tráfico, MS fica de fora de reconhecimento facial nos aeroportos

03 agosto 2016 - 11h11Correio do Estado

Começou a funcionar na noite do domingo (31) o sistema de reconhecimento facial para voos internacionais que desembarcam em 14 aeroportos do país. A tecnologia operava em "fase de testes" desde a última quarta (27) mas, agora, passa a ser empregada em todos os voos vindos de outros países.

Os 32 equipamentos foram comprados pela Receita Federal, ao custo total de R$ 7,5 milhões. Além de Brasília, os equipamentos devem ser instalados em outros 13 terminais (veja lista abaixo). Não há prazo para que o sistema seja adotado nos demais aeroportos.

Mesmo o tráfico de drogas sendo um dos motivos da instalação do sistema de segurança, Campo Grande ficou de fora da lista. Uma das justificativas da Receita Federal é que foram escolhidas cidades com voos internacionais frequentes. Atualmente, o Aeroporto Internacional de Campo Grande não opera mais voos com origem paraguaia ou boliviana.

O reconhecimento facial identifica pessoas listadas não só pela Receita Federal, mas também pela Polícia Federal (PF) e pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin), como potenciais ameaças. Para isso, são cruzadas informações do passaporte, CPF, imposto de renda e dados de órgãos de inteligência nacionais e internacionais - inclusive o FBI, a polícia federal norte-americana.

A verificação será feita no momento em que o passageiro chega ao aeroporto, logo após o desembarque. As câmeras foram instaladas em frente ao guichê da Receita Federal, por onde passam todos os turistas que dizem não ter "nada a declarar" – compras acima do limite ou bagagens com restrição, por exemplo.

A câmera capta o rosto do passageiro e faz a correspondência com um banco de dados, composto por informações de possíveis criminosos ou pessoas monitoradas pela polícia, no Brasil ou no exterior. Se o sistema não achar nenhuma identificação, o turista segue caminho normalmente, sem qualquer procedimento adicional.

Confira a lista de terminais que ainda vão receber a tecnologia:

- Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre (RS)
- Aeroporto Internacional Afonso Pena, em Curitiba (PR)
- Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo (SP)
- Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP)
 - Aeroporto Internacional Hercílio Luz, em Florianópolis (SC)
- Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), no Rio de Janeiro (RJ)
- Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, em Manaus (AM)
- Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza (CE)
- Aeroporto Internacional Tancredo Neves (Confins), em Belo Horizonte (MG)
- Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante (RN)
- Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes - Gilberto Freyre (PE)
- Aeroporto Internacional de Salvador (BA)
- Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu/Cataratas (PR)

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
SES lança serviço de consulta a resultados de exames da Covid-19 no próprio site
GERAL
Deputada visita Hemonúcleo de Corumbá e constata caos
GERAL
Salão de Beleza em Ladário pega fogo
COVID-19
Corumbá destaca-se em número de altas a pacientes com Covid
GERAL
Cassems realiza Assembleia Geral Ordinária para prestação de contas no dia 22
GERAL
UFGD e Prefeitura de Ladário querem ampliar projetos na Base Baía Nega
ACESSIBILIDADE
Projeto de Lei obriga símbolo do TEA em placas de atendimento prioritário
GERAL
Prazo para preenchimento do PGDI começa nesta quinta-feira
DIREITOS HUMANOS
Agressões contra crianças aumentaram na pandemia, diz especialista
GERAL
Projeto de Lei prevê publicação de lista de espera de procedimentos médicos na internet

Mais Lidas

COVID-19
Corumbá destaca-se em número de altas a pacientes com Covid
GERAL
Salão de Beleza em Ladário pega fogo
OPERAÇÃO
Polícia Federal investiga fraude em Concurso Público
GERAL
Deputada visita Hemonúcleo de Corumbá e constata caos