Menu
sexta, 24 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Retomada das aulas no país será tema de debate na Câmara Federal nesta terça-feira

07 julho 2020 - 16h00Midia Max

A comissão externa que acompanha as ações do governo de combate à Covid-19 realizará um debate virtual na Câmara Federal nesta terça-feira (7). O tema será a retomada das atividades escolares em todo Brasil. Desde de março, instituições de ensino de todo o país aderiram suspenderam as aulas em sala e aderiram ao ensino a distância como medida de proteção ao novo coronavírus.

Em alguns estados o retorno das aulas presenciais já está sendo programado para as próximas semanas. No Distrito Federal, por exemplo, o governador Ibaneis Rocha (MDB) decretou a retomada das aulas nas escolas particulares para o dia 27 de julho. Já nas escolas públicas, a previsão é de que isso aconteça no dia 3 de agosto. A Sociedade de Pediatria do Distrito Federal, sindicato dos professores e a associação de pais e alunos do DF se manifestaram contra o retorno das aulas.

Também na Câmara, no entanto no Plenário, os deputados também devem concluir nesta terça a votação da medida provisória que autoriza a suspenção da obrigatoriedade de escolas e instituições do ensino superior de cumprirem a quantidade mínima de dias letivos neste ano em razão da pandemia.

O texto-base da MP foi aprovado no último dia 30 e entre as propostas está a dispensa do cumprimento dos 200 dias do ano letivo, assim como a carga mínima de 800 horas, na educação infantil.

As escolas de ensino fundamental e médio deverão cumprir a carga horária mínima de 800 horas, mas não precisarão cumprir, necessariamente, os 200 dias letivos. No ensino superior, a MP propõe que não é preciso cumprir os 200 dias letivos, mas a carga horária prevista da grade curricular de cada curso deverá ser cumprida.

 

MEC lança protocolo de biossegurança

O Ministério da Educação lançou, na semana passada, um protocolo de biossegurança para o retorno das aulas nas universidades e institutos federais. O documento orienta, dentre outras ações, o escalonamento das equipes, o trabalho remoto para funcionários do grupo de risco, o respeito ao distanciamento mínimo de 1,5 metro entre uma pessoa e outra e a aferição de temperatura de todos que entrarem nos prédios e nas salas.

Embora favorável ao retorno das aulas nas instituições de ensino superior, o ministério não definiu uma data para isso. De acordo com o órgão, a essa decisão será de estados e municípios, de acordo com a realidade epidemiológica de cada local.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Bairro Vila Mamona
Funcionários de construção amarram autor de furto e acionam PM
Polícia
Três foragidos foram capturados nas últimas 24 horas
Flagrante
Dupla é presa por tráfico de drogas na área central de Corumbá
Capital
Presos usam celulares até em banho de sol na Máxima
Economia
Governo sanciona lei que permite retomada da loteria de Mato Grosso do Sul
Política
Em Campo Grande, vereador Luciano Costa confirma investimentos do governo em Corumbá
Prevenção
Dia D de vacinação antirrábica em Corumbá é neste sábado (25)
Campanha
IHP recebe doação de água potável para Bombeiros e Brigadistas que atuam no Pantanal
Economia
Sancionada lei que reduz ICMS da energia elétrica durante bandeira vermelha
Sujeito à Acidentes
Deputado pede ampliação dos trevos para evitar acidentes na BR 262

Mais Lidas

Óbito
Irmãos são esfaqueados e o mais velho morre no caminho do hospital
Sob Investigação
Suspeita de irregularidade no pagamento da reforma do Hospital
Cidade
Árvore de grande porte cai sobre casa na avenida Rio Branco
Violência Doméstica
Homem é preso após enforcar a ex no bairro Guaicurus