Menu
sexta, 23 de fevereiro de 2024
Geral

Rapaz diz estar sendo seguido, invade escola e é imobilizado por professor de taekwondo

27 setembro 2018 - 10h28Midiamax

Um jovem, com idade entre 20 e 23 anos, provocou confusão na manhã desta quinta-feira (27), na entrada da Escola Municipal Ana Lúcia Ferreira, no bairro Paulo Coelho Machado, em Campo Grande.

De acordo com as mães, o rapaz dizia estar sendo perseguido. Ele pulou os muros das residências vizinhas, entrou na escola, tentou se esconder atrás das crianças e acabou imobilizado pelos professores de taekwondo.

Uma das mães que estava na escola, Edir Chaves, 43 anos, disse que estava chegando com o filho quando viu o homem no telhado de uma das residências e achou que ele estava arrumando alguma coisa. Em seguida, segundo ela, o rapaz começou a pular nos telhados e muros quando uma motocicleta com dois homens passou pelo local.

Segundo as mães, o jovem dizia a todo momento que precisava se esconder da dupla de motocicleta. O jovem correu para a escola e tentou se esconder em meio às mães, pais e crianças. Ele chegou a segurar o braço de uma das mães para se esconder atrás dela. A mulher ficou muito assustada e, logo em seguida, ele pulou o muro da escola, estourando a cerca elétrica.

Dentro da escola, o rapaz acabou sendo imobilizado e amarrado pelos professores de taekwondo. Alguns moradores disseram que o rapaz estaria bebendo ou o usando drogas com a dupla de motocicletas.

A Polícia Militar e a GCM (Guarda Civil Metropolitana) foram até o local. A PM informou que acionaria o Corpo de Bombeiros para encaminhar o jovem até um CRAS (Centro de Referência de Assistência Social), pois ele aparentava ter problemas psiquiátricos além de estar sob o efeito de álcool ou drogas. O jovem também, segundo os militares, está em liberdade condicional.

O diretor da escola, Moacir da Costa, informou que no momento da confusão havia crianças com idades entre 4 e 11 anos. Com isso, ele deve registrar o caso na Polícia Civil, pois, o jovem quebrou a cerca elétrica e colocou em risco os alunos e funcionários.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Imunização
Vacinação contra dengue começa neste sábado (24) em Corumbá
Recuperação
Mineração retoma crescimento em MS com R$ 275,9 milhões de taxas de compensação em quatro anos
Variedades
Veja quais são as 5 seleções mais vitoriosas do futebol europeu
Oportunidade
Concurso da Caixa tem 3 vagas para Corumbá com salário de R$ 3,7 mil
Negociação
TJMS lança campanha de combate ao superendividamento nesta sexta-feira (23)
Destaque
Formação do Conselho de Pesca de MS é publicada no Diário Oficial
20 mil litros
Dois homens são presos por contrabando de combustível em Corumbá
Partidas Dobradas
Operação conjunta apura entrada ilegal de produtos estrangeiros pela fronteira de MS
Pagamento Especial
Bolsa Família antecipa pagamento para municípios do RS e ES
Leão
Receita abre consulta a lote residual do Imposto de Renda

Mais Lidas

Plantão
Pessoa é encontrada morta em casa do Popular Velha
Oportunidade
Concurso da Caixa tem 3 vagas para Corumbá com salário de R$ 3,7 mil
Você viu?
Bailarinos de Corumbá se apresentaram no palco do Caldeirão com Mion
Incentivo
Academia de Jiu Jitsu mobiliza doações para participação de 25 atletas em campeonato