Menu
domingo, 26 de maio de 2024
Andorinha - Novos ônibus - agosto 2023
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

Promotor vê falhas e pede suspensão da vistoria obrigatória do Detran

10 junho 2016 - 10h23Correio do Estado

Motivo de insatisfação de alguns motoristas sul-mato-grossenses, a vistoria obrigatória para licenciamento de carros com mais de cinco anos de fabricação pode estar com os dias contados. Isso porque hoje o Ministério Público Estadual (MPE) recomendou que o procedimento, realizado desde janeiro de 2015, seja suspenso pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MS).

Desde o ano passado o MPE apurava denúncias de motoristas insatisfeitos com a vistoria. O promotor Fernando Martins Zaupa elencou uma série de argumentos que embasam a recomendação.

Conforme o MPE, a justificativa do Detran para a criação do tributo foi a relação feita entre a má conservação de carros e o aumento no número de acidentes. Para o departamento, com a obrigação de uma vistoria que teria de analisar mais de 50 itens, veículos em más condições e que poderiam causar acidentes seriam tirado das ruas.

Para Zaupa, não há comprovação técnica da justificativa apresentada pelo Detran. Outro argumento do promotor tem relação com o trabalho das empresas credenciadas, contratadas pelo Detran para fazer a vistoria. Segundo ele, há relatos de veículos aprovados em vistoria sem que todos os itens estivessem regulares.

“Desde a forma de atendimento como discrepância intensa nos índices de aprovação ou reprovação de veículos vistoriados de uma para outra empresa”.

Zaupa também afirma que o departamento “passou por cima” da competência do Estado, da União e de órgãos nacionais de trânsito na criação no tributo .

Diante disso, o promotor pede que o Detran suspensa a exigência da vistoria no prazo de 15 dias e que cancela todos os contratos com as empresas credenciadas que atualmente realizam a vistoria em parceria com o órgão. Se o departamento não cumprir a recomendação, o MPE promete ingressar com ação.

A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa do Detran, que afirmou que o departamento analisará a recomendação e emitirá posicionamento sobre a recomendação.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Meio Ambiente
Relatório da ONU sobre o clima responsabiliza a humanidade por aumento de fenômenos extremos
Facilidade
Mais de R$ 1,8 milhão em taxas judiciárias já foram pagos via Pix
Variedades
Cassinos Online: Sorte e estratégia na era digital
Reitoria
Colégio Eleitoral da UFMS mantém Camila Ítavo em primeiro lugar na lista tríplice
Meio Ambiente
Juiz mantém proibido o desmate no Parque dos Poderes
Crime
Na delegacia, assassino "confesso" diz que conheceu corretora em aplicativo
Educação
UEMS e Fundect investem R$ 4 mi para fortalecer ensino superior em Mato Grosso do Sul
Em Maracaju
Estudantes do IFMS levam tecnologia a maior evento agro do Estado
Destaque
Dia da Indústria: Longen destaca força do setor industrial de Mato Grosso do Sul
Extrema magreza
Polícia resgata cães em situação de maus-tratos no Popular Nova

Mais Lidas

Tráfico de Drogas
Boliviana é presa com 12,7 kg de cocaína em botijão de gás transportado dentro de mala
Soldado Cidadão
Projeto da Marinha vai oferecer formação de condutores para recrutas em Ladário
Interdição
Ponte sobre o rio Paraguai fecha às 17 horas deste sábado; interdição deve durar 19 horas
Investigação
Polícia Civil prende homem acusado por furto de joias e celulares na cidade