Menu
sábado, 17 de abril de 2021
Andorinha Fevereiro
Andorinha Fevereiro
Geral

Promotor manda acabar com nepotismo em cidade do MS e cita STF

14 novembro 2018 - 12h18Sylma Lima

O Ministério Público há muito tempo vem combatendo o nepotismo nas prefeituras municipais do Mato Grosso do Sul.

Na data de hoje (14) foi publicado no diário oficial do MP-MS mais uma investigação e recomendação contra o prefeito de Figueirão-MS Prefeito Rogério Rosalin ( PSDB) para exonerar Flávia Angélica Ladislau ou Paulo Roberto Salomão Sousa Alves; André Nogueira Barbosa ou Frasia Catarina de Araújo; e, Karina Santos Barbosa, e ainda realizar pesquisa em todo o funcionalismo para verificar casos e situações que afrontam a Súmula Vinculante nº 13 do Supremo Tribunal Federal.

Na recomendação do Ministério Público assinada pelo promotor Michel Maesano Mancuellho da Comarca de Camapuã-MS, são citados a Constituição Federal, Art.§ 7º do Art. 27 da Constituição Estadual e a Súmula Vinculante nº 13 do STF que proíbem o nepotismo na Administração Pública de qualquer Poder. O promotor cita ainda o julgamento no STF no processo n. 834.722 – Recurso Extraordinário de 27/08/2015, afirmou que a Súmula Vinculante n. 13, que veda o nepotismo, também pode ser aplicada a ocupantes de cargos políticos, e que o gestor pode responder por improbidade administrativa.

A investigação contra o prefeito de Corumbá Marcelo Iunes ( PSDB) continua no Ministério Público sob a responsabilidade do promotor de justiça Luciano Bordigon da 5º Promotoria de Justiça da Comarca de Corumbá de Proteção do Patrimônio Público e Social, Defesa do Consumidor, Curadoria dos Registros Públicos e Fundações.

No município de Laguna Carapã-MS a Justiça chegou a afastar o prefeito Itamar Bilibio ( MDB) em julho de 2018, mas o prefeito conseguiu derrubar a liminar e voltou a cargo no dia seguinte. Contudo, teve seus bens bloqueados e multa de quase 1 milhão de reais.

Em Corumbá continua

Já em Corumbá continua a apuração no Ministério Público contra o prefeito Marcelo Iunes ( PSDB) por ter nomeado a esposa Amanda Cristiane Balancieri Iunes com Secretária Especial de Cidadania e Direitos Humanos, e a cunhada Glaucia Antonio Fonseca dos Santos Iunes como Secretária de Assistência Social . O salário de cada uma é de R$ 12.480,00, conforme Portal da Transparência da Prefeitura de Corumbá.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
SES lança serviço de consulta a resultados de exames da Covid-19 no próprio site
GERAL
Deputada visita Hemonúcleo de Corumbá e constata caos
GERAL
Salão de Beleza em Ladário pega fogo
COVID-19
Corumbá destaca-se em número de altas a pacientes com Covid
GERAL
Cassems realiza Assembleia Geral Ordinária para prestação de contas no dia 22
GERAL
UFGD e Prefeitura de Ladário querem ampliar projetos na Base Baía Nega
ACESSIBILIDADE
Projeto de Lei obriga símbolo do TEA em placas de atendimento prioritário
GERAL
Prazo para preenchimento do PGDI começa nesta quinta-feira
DIREITOS HUMANOS
Agressões contra crianças aumentaram na pandemia, diz especialista
GERAL
Projeto de Lei prevê publicação de lista de espera de procedimentos médicos na internet

Mais Lidas

COVID-19
Corumbá destaca-se em número de altas a pacientes com Covid
GERAL
Salão de Beleza em Ladário pega fogo
OPERAÇÃO
Polícia Federal investiga fraude em Concurso Público
GERAL
Deputada visita Hemonúcleo de Corumbá e constata caos