Menu
quarta, 20 de janeiro de 2021
Andorinha - campanha dezembro
Andorinha - Dezembro
Geral

Projeto de Lei prevê instalação de equipamento eliminador de ar na rede de água

06 junho 2019 - 10h02Câmara de Corumbá

Instalação de um equipamento para eliminar ar na tubulação da rede distribuidora de água em Corumbá, é o que prevê Projeto de Lei do vereador João Mário para atender consumidores locais, evitando que o ar presente no encanamento de água, eleve o valor das faturas.

Ao apresentar a proposta, João Mário citou que o equipamento, que é instalado próximo ao hidrômetro, elimina o ar que faz os ponteiros girarem como se fosse água. “Isso tem gerado aumento da conta de água e o consumidor acaba sendo penalizado”.

O Projeto de Lei obriga a Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul), a instalar o equipamento, atendendo solicitação do consumidor. Conforme João Mário, o aparelho deverá estar de acordo com a Portaria n° 246 do INMETRO, item 9.4, e estar devidamente patenteado.

A proposta prevê também uma ampla divulgação por meio de informação impressa na conta mensal de água, emitida pela empresa, nos três meses subsequentes à publicação da lei, bem como em seus materiais publicitários.

Além disso, obriga também que os hidrômetros a serem instalados, após a promulgação da lei, deverão ter o eliminador de ar instalado conjuntamente, sem ônus adicional para o consumidor.

“É de conhecimento de todos que, a água fornecida aos consumidores é distribuída sob pressão nas redes de abastecimento. Como a água é bombeada por ar, é comum e perfeitamente compreensível a presença de ar dentro das tubulações. O que não podemos aceitar é o fato de que o consumidor pague por este ar, como se água fosse, e no preço desta, uma vez que o ar representa, pelo menos, cerca de 20% a 30% do consumo cobrado”, afirmou.

João Mário ressaltou que a sua proposta vai beneficiar principalmente aos moradores da parte alta da cidade que sofrem constantemente com a falta de água. “E que mesmo sem ter água no encanamento, os moradores observam o relógio marcando o consumo, ou seja, o ar. Por isso mesmo estamos apresentando esta proposta, para evitar que o problema continue”, reforçou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
Justiça do Trabalho leva sinal de internet para guatós que vivem isolados no Pantanal
SAÚDE
Vacinação contra a covid-19 já teve início em quase todo o país
CLIMA
Chuva forte e volumosa e temporais em SC, no PR, em MS e em SP
CULTURA
Sesc Corumbá abre inscrições para cursos de música, dança e pintura à distância
POLICIAL
Empresário de MS é preso durante Operação da Polícia Civil contra crime organizado
SAÚDE
Servidora há 30 anos, Vitória aplicou primeiras doses da vacina contra COVID-19 em Corumbá
COVID-19
MS ultrapassa a marca de 2,7 mil mortes e 152 mil casos confirmados de coronavírus
PRIMEIROS IMUNIZADOS
Corumbá e Ladário já tem os primeiros imunizados contra a Covid-19
GERAL
Casa tem princípio de incêndio após vela de altar derreter
GERAL
Corpo de Bombeiro captura jacaré que estava andando na rua em Ladário

Mais Lidas

POLICIAL
Empresário de MS é preso durante Operação da Polícia Civil contra crime organizado
SAÚDE
Servidora há 30 anos, Vitória aplicou primeiras doses da vacina contra COVID-19 em Corumbá
PRIMEIROS IMUNIZADOS
Corumbá e Ladário já tem os primeiros imunizados contra a Covid-19
GERAL
Justiça do Trabalho leva sinal de internet para guatós que vivem isolados no Pantanal