Menu
sábado, 17 de abril de 2021
Andorinha Fevereiro
Andorinha Fevereiro
Geral

Professor de artes marciais é condenado a 12 anos de prisão por estuprar aluna de 10 anos

04 setembro 2018 - 09h11Midiamax

Professor de artes marciais, de 44 anos, foi condenado a 12 anos de prisão por estuprar uma aluna de dez anos. O crime aconteceu em 2017, Brasilândia – cidade a 399 quilômetros de Campo Grande. De acordo com a sentença, publicada nesta terça-feira (4), no Diário da Justiça de Mato Grosso do Sul, ele foi denunciado por dois crimes de estupro e condenado por apenas um deles.

“(…) por tudo o mais que dos autos consta, julgo parcialmente procedente a pretensão punitiva estatal deduzida na denúncia do Ministério Público, para condenar *, qualificado nos autos, pela prática do crime de estupro de vulnerável, previsto no art. 217-A, caput, do Código Penal, relativamente à 2ª imputação à pena de 12 (doze) anos de reclusão, no regime inicial fechado, bem como, absolvê-lo da prática do crime de estupro de vulnerável, previsto no art. 217-A, caput, do Código Penal, relativamente à 1ª imputação, por falta de provas, nos termos do art. 386, inciso VII, do Código de Processo Penal”.

Entenda o caso

O professor de artes marciais foi lutador premiado e também atuava na cidade como profissional de fisioterapia. A prisão aconteceu depois que a mãe de uma menina de dez anos descobriu que a filha foi vítima de estupro.

Depois de sofrer a violência, a criança passou a não querer mais frequentar as aulas de artes marciais, mentindo para os pais que o professor teria cancelado, além de apresentar comportamento arredio. Em uma conversa com a filha, a mãe descobriu o que tinha acontecido. Ela procurou a delegacia de polícia e fez a denúncia contra o professor que acabou preso.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
SES lança serviço de consulta a resultados de exames da Covid-19 no próprio site
GERAL
Deputada visita Hemonúcleo de Corumbá e constata caos
GERAL
Salão de Beleza em Ladário pega fogo
COVID-19
Corumbá destaca-se em número de altas a pacientes com Covid
GERAL
Cassems realiza Assembleia Geral Ordinária para prestação de contas no dia 22
GERAL
UFGD e Prefeitura de Ladário querem ampliar projetos na Base Baía Nega
ACESSIBILIDADE
Projeto de Lei obriga símbolo do TEA em placas de atendimento prioritário
GERAL
Prazo para preenchimento do PGDI começa nesta quinta-feira
DIREITOS HUMANOS
Agressões contra crianças aumentaram na pandemia, diz especialista
GERAL
Projeto de Lei prevê publicação de lista de espera de procedimentos médicos na internet

Mais Lidas

COVID-19
Corumbá destaca-se em número de altas a pacientes com Covid
GERAL
Salão de Beleza em Ladário pega fogo
OPERAÇÃO
Polícia Federal investiga fraude em Concurso Público
GERAL
Deputada visita Hemonúcleo de Corumbá e constata caos